Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Técnica de enfermagem do Hospital Getúlio Vargas morre por Covid-19

05/04/2020

/ por casinhas agreste
Foto: Tarciso Augusto/Esp. DP Foto
Diário de PE

Uma técnica de enfermagem do Hospital Getúlio Vargas (HGV), Zona Oeste do Recife, morreu por Covid-19, neste sábado (4). A mulher, de 55 anos, foi internada no Hospital dos Servidores (HSE) na última quarta-feira (1°) com suspeita do novo coronavírus, tendo resultado positivo na sexta (3). Ela tinha histórico de diabetes, doença renal crônica e pneumonia crônica, e desempenhava funções na área verde da emergência do HGV.

A Secretaria de Saúde de Pernambuco ainda investiga o óbito de uma outra técnica de enfermagem, que trabalhava no mesmo hospital. O órgão aguarda o resultado do exame para identificar a causa da morte. A servidora tinha 52 anos, atuava na ala de ortopedia e faleceu poucas horas depois de dar entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ela era hipertensa, diabética e asmática grave.

A funcionária que ainda não teve o resultado divulgado estava de férias quando começou a apresentar os sintomas, ficando afastada de suas funções no período posterior. As informações foram confirmadas pela Secretária de Saúde de Pernambuco neste domingo (5).

Em nota, a SES-PE e a direção do Hospital Getúlio Vargas (HGV) lamentaram as mortes das servidoras da unidade hospitalar e se solidarizaram com os familiares e amigos "neste momento de dor". O Getúlio Vargas ainda ressaltou que ambas as servidoras "desempenhavam suas funções com afinco na unidade e que eram importantes para a assistência à população". 

Em um vídeo que circula nas redes sociais, uma enfermeira (de nome não revelado) lamenta as mortes das servidoras e afirma que os profissionais estão trabalhando sem Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) necessários. "Perdemos duas amigas que dedicaram as suas vidas à assistência à sociedade. Pedimos a atenção dos governantes e da Justiça, além da mínima condição de trabalhar com EPIs. [...] Duas máscaras cirúrgica para passar 12 horas nos hospitais públicos do estado?", questiona.

No dia 20 de março, o Sindicato dos Enfermeiros no Estado De Pernambuco (SEEPE) aprovou o estado de greve da categoria em assembleia. Os profissionais denunciavam escassez de EPI para atender pacientes de casos suspeitos ou confirmados do novo coronavírus. No dia 21 do mesmo mês, o Tribunal de Justça de Pernambuco (TJPE) determinou a proibição da greve. A decisão foi do desembargador Fábio Eugênio Dantas de Oliveira Lima. Em caso de descumprimento da determinação, foi fixada pelo TJPE a multa diária de R$ 100 mil. A decisão atendeu ao pedido da Procuradoria Geral do estado de Pernambuco (PGE-PE).

Em nota, a SES-PE ressaltou que tem monitorado permanentemente o abastecimento e os estoques de equipamentos de proteção individual (EPIs) das unidades da rede estadual de saúde e deflagrado diversas ações para garantir o estoque dos EPIs e demais produtos essenciais ao funcionamento dos serviços e saúde, tanto com compras diretas, como requisições administrativas.

"Essas ações já garantiram quase 1,5 milhão de unidades de diversos insumos, como máscaras e luvas, que já foram distribuídos para as unidades da rede estadual. A Secretaria Estadual de Saúde também aguarda a entrega, nos próximos dias, de cerca de 5 milhões de itens que já tiveram o processo de compra iniciados, ou concluídos, pela gestão estadual. Além disso, na semana passada, o Governo de Pernambuco ampliou a testagem para Covid-19 no Estado e, na sexta-feira (03.04), a SES-PE publicou nota técnica orientando sobre a testagem prioritária dos profissionais de saúde", finaliza a Secretária.

* No domingo (5), às 14h55, a SES informou que os óbitos eram técnicas de enfermagem, e não enfermeiras (como divulgado inicialmente).

Aumenta o número de mortes por Covid-19 no estado 
Em boletim divulgado neste domingo (5), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou mais 25 casos de coronavírus em Pernambuco, subindo para 201 as ocorrências da doença no estado. Também foram confirmados mais 7 óbitos, incluindo a ténica de enfermagem que teve resultado positivo para o vírus (citada anteriormente na matéria). Seis dos pacientes faleceram em hospitais públicos e privados do Recife, sendo apenas um de Jaboatão dos Guararapes.

Ao total, o estado conta com 21 vítimas fatais. Entre os casos novos, 10 são do sexo masculino e 15 do feminino, com idades entre os 25 e 93 anos. Dos 201 casos confirmados da doença, 87 estão em isolamento domiciliar e 68 internados, sendo 19 em UTI/UCI e 49 em leitos de isolamento. Outros 25 pacientes já estão recuperados. Os casos estão distribuídos por 14 municípios (Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Paulista, São Lourenço da Mata, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Petrolina, Ipubi, Aliança e Goiana), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados