São João de Aroeras dia 23

  • CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

    Para estar sempre por dentro das novidades de casinha agreste curta a nossa página e aproveite tudo que ela tem para lhe oferecer.

  • Venha fazer parte

    Não deixe de visita nossas postagem

  • Publicidade

    O melhor conteúdo e postagem da região.

Casinhas: Dê a sua nota ao Prefeito de Casinhas

Padre Fábio sobre a síndrome do pânico: 'Me escondia debaixo da cama'

Padre Fábio sobre a síndrome do pânico: 'Me escondia debaixo da cama' Religioso revelou que sofria de transtorno pela primeira vez no início do mês e afirma estar usando medicamentos para lidar com problemas

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco
Apesar de estar bem, Padre Fábio de Melo não se considera curado. Foto: Globo/Reprodução
O padre Fábio de Melo detalhou a luta contra a síndrome do pânico em entrevista concedida ao Fantástico na noite deste domingo (20), na qual relembrou os momentos mais difíceis e afirmou estar melhor, embora ainda não completamente curado. O sacerdote, que revelou publicamente sofrer do transtorno no início do mês, disse acreditar que compartilhar os estágios do tratamento pode ajudar outras pessoas a enfrentar o problema e contou como o uso de medicamentos o auxilia a seguir com a rotina.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

De acordo com ele, uma das crises mais graves ocorreu dentro de um avião. "Eu estava pousando em Fortaleza no fim de julho. Estava bem, mas senti um sintoma semelhante ao que tive há dois anos. Não tive vontade de sair do avião. Então peguei o medicamento, que já fica na bolsa, desci e entrei no hotel com sensação de desespero e mal estar. Quando cheguei na segunda em casa, eu desabei. Me escondia debaixo da cama, tamanho era pavor que eu sentia", relembra.

O religioso conta que recorreu à mãe, Ana Maria de Melo, para passar por uma crise: "Teve um dia que meu desespero estava tão grande que eu não queria falar com outra pessoa sem ser ela. Eu sou o Padre Fábio de Melo, mas eu continuo sendo o Fabinho da minha mãe". A síndrome do pânico chegou a afetar a fé do cantor, que pensou em desistir da batina. "Abalou muito. Foram dias que eu decidi tanta coisa rapidamente. Eu pensava que não queria mais ser padre. Pensava: 'Não tenho mais coragem de enfrentar as pessoas, de ser quem eu sou'", revela.

Apesar de estar bem, Padre Fábio de Melo não se considera curado. Ele está tomando medicamento para combater o transtorno e diz que vai começar tratamento com um psicanalista para seguir com a rotina, que inclui missas, shows e participações em programas de TV e rádio. "Estou bem melhor, graças a Deus. Medicado e vivendo um processo de recuperação diária. Sei que é por causa da química que já está em mim. O próximo passo é a análise", diz. E acrescenta: "Tenho muita humildade para dizer que não estou inteiro. Estou trabalhando e não posso parar porque parar hoje é deixar a Síndrome do Pânico tomar conta de mim".

Operação conjunta prende sete suspeitos de assalto a carro-forte,veja o vídeo

As políciais Militar e Civil apresentam nesta segunda-feira os detalhes da operação conjunta que resultou na prisão de sete suspeitos de integrar a quadrilha responsável pelo assalto a um carro forte, em Santa Cruz da Baixa Verde, no Sertão de Pernambuco. A investida aconteceu na sexta-feira passada na PE-365, nas proximidades do Distrito de Jatiúca. A ação também conseguiu recuperar o valor roubado e apreender armas, munições, dinamites e os veículos utilizados pelo grupo.

A entrevista coletiva está marcada para as 15h30, no Quartel da Polícia Militar, no Derby. Na ocasião, o comandante da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) e representantes da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) vão dar detalhes sobre a operação. Os suspeitos foram presos neste domingo, em um bloqueio montado pelo 14º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Serra Talhada.

Assalto - Doze homens assaltaram e explodiram um carro-forte da empresa Preserve Transporte de Valores na PE-365, por volta das 11h30 da sexta-feira passada, próximo ao distrito de Jatiúca, entre Serra Talhada e Santa Cruz da Baixa Verde. Na ocasião, a Polícia Militar conseguiu recuperar R$ 250 mil, mas não se sabe se esse era o valor total do carregamento ou se os bandidos fugiram com alguma quantia. Duas pessoas morreram durante a operação.

Segundo o delegado seccional de Serra Talhada, José Olegário de Lima Filho, os bandidos chegaram em duas caminhonetes, cercaram e explodiram o carro-forte. O 14º Batalhão da Polícia Militar foi acionado meia hora depois. Os bandidos conseguiram colocar o carregamento nos veículos, mas foram abordados pelos policiais militares alguns metros à frente. Houve troca de tiros. Um motorista de caminhão que passava na hora foi feito refém e acabou morrendo durante o tiroteio.

Segundo a assessoria da PM, um dos suspeitos que entrou em confronto com os agentes foi baleado. Ele foi socorrido para o Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães (Hospam), em Serra Talhada, mas não resistiu. “Foram apreendidos na ocorrência duas espingardas calibre 12, dois fuzis, um revólver calibre 38, um colete balístico e grande quantidade de munição”, disse a nota da PM. Os outros 11 assaltantes conseguiram fugir no sentido da Paraíba. 
Diário PE

AO VIVO ECLIPSE SOLAR: Sol sendo ocultado pela lua nesse exato momento


ASSISTA AO VIVO ABAIXO
 AO VIVO: Eclipse Solar Total diretamente da NASA

DEM terá candidato à Presidência em 2018, diz Rodrigo Maia



Para Maia, o voto distrital misto aprovado é muito além do que um simples imediatismo



Maia negou que o DEM tenha convidado o prefeito de São Paulo, João Doria, para ingressar no partido e ser candidato pela sigla ao palácio do Planalto em 2018 / Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Maia negou que o DEM tenha convidado o prefeito de São Paulo, João Doria, para ingressar no partido e ser candidato pela sigla ao palácio do Planalto em 2018
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Estadão Conteúdo


O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou nesta segunda-feira (21) que seu partido terá candidato próprio nas eleições de 2018. Em entrevista durante o Fórum Estadão, o parlamentar disse que as divergências dentro do PSDB abrem espaço para que o DEM trilhe caminho próprio.

Maia negou que o DEM tenha convidado o prefeito de São Paulo, João Doria, para ingressar no partido e ser candidato pela sigla ao palácio do Planalto em 2018. "Não, o Dória é do PSDB. O Dória e o Geraldo (Alckmin, governador de São Paulo) vão se entender no PSDB e o DEM vai ter candidato próprio à presidente", afirmou Maia.

"Divergências dentro do nosso principal aliado, que é o PSDB, são uma oportunidade que o DEM tem de construir o seu próprio projeto. Este foi nosso sonho e nunca foi possível", disse o presidente da Câmara aos jornalistas. Segundo ele, partido "serve para ocupar poder". "Então ninguém pode querer ter um partido para ser auxiliar dos outros."

Na entrevista, Maia negou interesse em ser o candidato do DEM para Presidência da República em 2018. Ele disse que é candidato à reeleição de deputado e, mais ainda, anunciou que pretende concorrer novamente à presidência da Câmara. "Sou pré-candidato a presidente da Câmara", afirmou o parlamentar fluminense.

"O caminho do DEM é organizar, entender toda a crise que o Brasil vive, conversar com a sociedade e construir uma nova mensagem." O partido defende as reformas estruturais e o corte de gastos, disse ele.

Para Maia, o voto distrital misto aprovado é muito além do que um simples imediatismo. "Será uma grande vitória para a democracia brasileira", afirmou aos jornalistas.

"Sou a favor de um fundo temporário até que Senado aprove doação empresarial", disse o parlamentar ao falar do financiamento das campanhas. Ao mencionar recursos públicos para o financiamento, Maia disse que o Brasil tem um déficit fiscal brutal e por isso, em qualquer despesa que se crie, é necessário saber de onde virão os recursos. "Não tem mais orçamento.", enfatizou.

Em Surubim, Vítima fatal em grave acidente na Rodovia PE 90 no Povoado da Lagoa do Choro

Aconteceu um grave acidente envolvendo uma motociclista na Rodovia PE 90, em Surubim
A vítima fatal Silvana Maria dos Santos pilotava uma motocicleta Biz cor preta quando bateu  em um veículo, com a gravidade dos ferimentos a mulher não resistiu aos ferimentos e faleceu.O trecho é muito conhecido por vários acidentes envolvendo moradores de Surubim e região.

Foto: Reprodução Facebook

SURUBIM: homem assalta dois mercadinhos, troca tiros com a polícia, leva tiro na perna e acaba preso



 (Foto: Reprodução Blog do Alberico)
Blog do Albérico


A Polícia Militar prendeu um elemento acusado de roubar, com um comparsa, dois mercadinhos, no loteamento Baraúnas, bairro do Coqueiro, em Surubim.  

O fato aconteceu neste sábado(19). De acordo com os militares, a dupla utilizou uma moto preta, que havia sido roubada no dia anterior, e já estava com a placa adulterada com fita isolante.

A PM fez buscas nas proximidades e localizou a dupla na estrada do sitio Taépe. Houve troca de tiros, e o garupa da moto Eduardo Moura da Silva, foi alvejado na perna esquerda.



O piloto abandonou a moto e conseguiu fugir. Ferido, "Lagarticha", como é conhecido, acabou capturado e preso.

Foram apreendidos um revólver, aparelhos celulares, um relógio, documentos pessoais e uma quantia em dinheiro, incluindo moedas.


A guarnição da PM foi atingida. Os PMs não foram feridos.

O acusado foi autuado em flagrante. Ele foi socorrido e levado para o hospital da Restauração, no Recife, onde encontra-se sob custódia policial.

Da Redação.

Pernambuco eleva taxa nacional de homicídios

Brasil registra 28 mil homicídios no 1º semestre

Em âmbito local, o aumento é puxado pelas elevações registradas em Estados nordestinos, como Pernambuco.Número indica que o País pode retornar à casa dos 60 mil casos anuais
Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil
Estadão Conteúdo

Do JC
O Brasil já ultrapassou a marca dos 28 mil assassinatos cometidos neste ano. De acordo com dados fornecidos pelas secretarias estaduais de segurança pública, no 1º semestre o País chegou a 28,2 mil homicídios dolosos, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios (roubos seguidos de morte). São 155 assassinatos por dia, cerca de seis por hora nos Estados brasileiros, onde as características das mortes se repetem: ligada ao tráfico de drogas e tendo como vítimas jovens negros pobres da periferia executados com armas de fogo. O número é 6,79% maior do que no mesmo período do ano passado e indica que o País pode retornar à casa dos 60 mil casos anuais.


O aumento acontece em um ano marcado pelos massacres em presídios, pelo acirramento de uma briga de duas facções do crime organizado (Primeiro Comando da Capital e Comando Vermelho), dificuldades de investimento dos Estados na área e um plano federal de apoio que avança menos que o prometido.

Em âmbito local, o aumento é puxado pelas elevações registradas em Estados nordestinos, como Pernambuco. Se o País teve 1,7 mil homicídios a mais neste semestre, boa parte, 913, se deve à derrocada do Pacto Pela Vida, programa pernambucano que vinha conseguindo reduzir os assassinatos na última década, enquanto a região mantinha a tendência de alta.

A onda de violência tomou as cidades pernambucanas, assim como foi intensificada no Ceará e no Rio Grande do Norte. Quatro dos 11 Estados que tiveram aumento no ano estão no Nordeste.

Se as disputas relacionadas ao tráfico de drogas explicam parte da alta, é necessário, em outra medida, alertam especialistas, entender como essa dinâmica funciona. O professor da Pontifícia Universidade Católica de Minas (PUC-Minas), e ex-secretário adjunto de Defesa Social do Estado, Luis Flávio Sapori se debruçou sobre inquéritos de homicídios de Belo Horizonte e Maceió para testar essa máxima.

Em estudo divulgado neste mês, chegou a conclusões importantes. "Os dados empíricos apresentados até o momento confirmam que a principal motivação dos homicídios nas capitais estudadas deriva de conflitos no mercado das drogas ilícitas. Entretanto, os patamares do fenômeno são bastante inferiores ao que é geralmente propagado por autoridades políticas e de segurança pública."


Ele explica que o tráfico e os traficantes acabam por gerar uma "difusão da violência". "Nas relações afetivas, nas relações familiares, nas relações de vizinhança e na sociabilidade cotidiana, os comerciantes das drogas ilícitas tendem a utilizar o mesmo padrão violento de resolução de conflitos vivenciado nas relações estritamente econômicas com parceiros, com concorrentes, com fornecedores e com clientes", diz. "E a posse da arma de fogo é elemento decisivo nesse fenômeno", completa.

O professor destaca que as conclusões, com base nessas duas cidades, podem ser usadas na análise da realidade do País. "Isso explica boa parte do que está acontecendo nas cidades brasileiras, onde o tráfico se consolidou como matriz dos homicídios. Mas é necessário fomentar estudos locais para entender as singularidades e levá-las em consideração na elaboração de políticas públicas", diz.

A antropóloga e professora da Universidade do Estado do Rio (Uerj) Alba Zaluar atribui o aumento da violência ao "fim do investimento nos projetos e nas polícias estaduais comprometidas" com a prevenção. Ela lembra os exemplos do Pacto pela Vida, em Pernambuco, o Fica Vivo, em Minas, o Estado Presente, no Espírito Santo, e as Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) no Rio. "Os efeitos benéficos começaram a ser revertidos, agora ainda mais evidentes pela ausência de investimento público neles. Em diferentes porcentuais, as taxas de homicídio voltaram ao padrão observado em 2009, antes da implementação desses projetos", escreveu ao Estado.

"Se os projetos queriam ganhar os jovens atraídos pelos comandos de crime organizado que atuam hoje em todo o território nacional, seria também crucial fazer com que a atração exercida por este importante ator nas trevas das atividades empresariais diminuísse. Infelizmente não diminuiu", diz. "Nada foi feito para mudar essa atração pelo negócio ilegal altamente lucrativo. Enquanto nada for feito, vamos ficar investindo muito para ver todo o gasto ir embora pelo ralo."
Ministério da Justiça

O Ministério da Justiça foi questionado pela reportagem sobre a elevação do semestre no País, mas não comentou. Sobre o Plano Nacional de Segurança, destaca que "os investimentos inicialmente previstos foram revisados e adequados com a realidade financeira da União e perfeitamente absorvidos pelos Estados, que adaptaram as ações propostas de modo a atingir os resultados. Paralelo a isso, ações de capacitação e doação de equipamentos estão sendo realizadas." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

[Vídeo] Tentativa de assalto a delegado de Santa Cruz do Capibaribe termina em Bandido morto e Delegado ferido, em Boa Viagem

O delegado ficou ferido e um assaltante morreu

Por: FolhaPE
Uma troca de tiros durante uma tentativa de assalto assustou os moradores do bairro de Boa Viagem, no Recife, na manhã deste domingo (20). Por volta das 10h30, três assaltantes teriam tentado roubar um delegado de polícia, nas imediações da rua Agenor Lopes, entre as ruas Ernesto de Paula Santos e a Ribeiro de Brito. O delegado reagiu.

Segundo o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), um assaltante e o próprio policial ficaram feridos no tiroteio. Um dos assaltantes, cuja identidade ainda não foi revelada, faleceu horas depois, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira. Os outros fugiram e estão sendo procurados pela polícia. O nome do policial baleado, segundo a Polícia Civil, é Rodolfo de Araújo Bacelar. Ele está fora de perigo.

Veja imagens gravadas por câmera de segurança na rua:

Quatro jovens se afogam em Boa Viagem; um deles continua desaparecido

Buscas são feitas no local com helicóptero e jetski

Por: Portal FolhaPE, com informações de Raquel Freitas
Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco


Um afogamento na tarde deste domingo (20) causou comoção na praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Quatro jovens entraram juntos no mar e precisaram ser retirados pelos bombeiros - um deles continua desaparecido, um rapaz de 23 anos. Os três outros jovens que estavam com ele foram salvos: a namorada dele, Rafaela Michele, de 20 anos, e os amigos Antônio Gomes, de 20 anos e Neyvson Carneiro, de 19 anos. Os quatro são funcionários da McDonalds de Casa Forte, na Zona Norte.

Um pescador que não quis se identificar afirmou que passava pelo local quando viu os quatro jovens se afogando. Ele pegou um isopor, entrou na água e conseguiu salvar Michele - ela estava mais desesperada, uma vez que não sabia nadar.

Os jovens contaram aos bombeiros que chegaram à praia por volta de meio dia. Ficaram na areia por um tempo e depois entraram no mar. O capitão Lamartine, do BPMar, responsável pela operação, explicou que, nesta área, há uma vala no mar que gera uma correnteza capaz de puxar uma pessoa com muita força. Lamartine pediu suporte de mergulhadores e helicópteros para fazer as buscas. Um helicóptero da Secretaria de Defesa Social (SDS) foi enviado ao local por volta das 16h.

As buscas começaram por volta das 15h. O Capitão Lamartine explicou que uma pessoa pode resistir no mar por aproximadamente uma hora, daí a pressa em concluir as buscas. Um jetski está no mar procurando o rapaz, que não sabe nadar segundo os amigos, e vários bombeiros estão na areia.

Segundo Lamartine, a maré vai baixar por volta das 21h30, o que pode ajudar na procura. O Capitão ressalta ainda que a busca vai continuar até encontrar o corpo.




Pernambuco se transformou em polo de obras inacabadas

Seis grandes empreendimentos enfrentam problemas de orçamento, corrupção e atraso
Refinaria Abreu e Lima ficou pela metade e depende de parceiro para ser concluída
Guga Matos/JC Imagem
Do JC

Durante anos, Pernambuco se gabou de ser o maior polo de atração de investimentos do Brasil. No Estado, marcado pela cultura secular da cana-de-açúcar, brotaram uma refinaria de petróleo, um polo naval, um complexo petroquímico e uma planta de hemoderivados. Também passariam por aqui os trilhos de uma ferrovia, integrando parte do Nordeste; e os canais da transposição, prometendo acabar com a sede no Semiárido. Hoje, o Estado reforça o status do Brasil como o país das obras paradas. Corrupção, problemas de gestão, erros nos projetos e falta de recursos integram o rol de motivos que provocaram estouro nos orçamentos e cronogramas esticados em mais de uma década. As obras foram tocadas na fase de lua-de-mel do governo Lula (PT) com o PSB estadual. Às vésperas de eleições gerais no próximo ano, o novo presidente terá que encontrar alternativas para que os empreendimentos não se transformem em esqueletos do futuro.
A Refinaria Abreu e Lima (Rnest) é o caso mais crítico de explosão do orçamento e perspectiva de conclusão. O investimento inicial de US$ 2,5 bilhões foi multiplicado quase dez vezes (US$ 20 bilhões), e a Petrobras estima para 2023 a entrega da unidade em pleno funcionamento. Se o cronograma se confirmar serão 16 anos entre o início da construção e a operação. No centro das investigações da Lava Jato, a obra é apontada como a mais caro do mundo no setor (para esses padrões) e está funcionando pela metade. Em Pernambuco, o então diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa (delator na Lava Jato) chegou a dizer em visitas a Rnest que a obra não seria executada a qualquer custo, ameaçando fazer licitação internacional para frear pedidos de aditivo das empreiteiras. Mais tarde, a Polícia Federal descobriria o esquema de propinas.
CRISE

Sem dinheiro em caixa para concluir a Rnest, a petrolífera só vai retomar a construção com um parceiro. “Para conseguir esse investidor, a Petrobras terá que ser transparente na política de preços dos combustíveis, evitando ingerência política como aconteceu no governo Dilma, que congelou os valores”, analisa o professor da PUC-Rio, Alfredo Renault.


O mercado não descarta a possibilidade de a Rnest ser vendida, a exemplo do que aconteceu com a Petroquímica Suape (outro exemplo de prejuízo aos cofres públicos). A construção do complexo custou R$ 9 bilhões e está sendo vendido à mexicana Alpek por R$ 1,2 bilhão. “O problema não foi o valor da venda, que estava dentro da expectativa de mercado, mas o custo da obra”, diz o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e vice-governador, Raul Henry, lembrando que o TCU apontou superfaturamento no projeto. Na PQS, os erros não se limitaram ao orçamento. Uma birra política deixou a Petrobras sozinha no empreendimento. A estatal desistiu da parceria com a italiana M&G, procurou outro sócio, mas não conseguiu.

A retomada da indústria naval foi outro projeto que desandou. O ex-presidente Lula queria ver tremular a bandeira brasileira nas embarcações da marinha mercante, em vez de importar. Na época, a ministra Dilma Rousseff recebeu o “apelido” de madrinha do setor. O plano era descentralizar a produção, construindo estaleiros pelo Brasil. Pernambuco recebeu o Atlântico Sul e o Vard Promar, mas as encomendas estavam todas ancoradas na Petrobras (por meio da Transpetro), e a corrupção também chegou ao setor.

O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado foi acusado de receber propina, e a empresa Sete Brasil (criada para comprar navios-sonda para o pré-sal) se transformou numa espécie de filial do petrolão. Em crise, a Petrobras cancelou um pacote de sete navios com o EAS, que só tem projetos até 2019. O estaleiro tenta conseguir novos clientes para manter viva a indústria naval, que naufragou no resto do País. “Os governos precisam manter os investimentos ativos, mesmo que o retorno demore mais a vir. Porque quando a crise passar as condições serão mais favoráveis para voltar a crescer”, alerta o economista da Fiepe, Thobias Silva.

Elemento invade casa, agride jovem grávida, realiza roubo em seguida é quase linchado

 Faltou pouco para um adolescente de 15 anos não ter sido linchado por moradores no Conjunto Ronaldo Cunha Lima, na zona oeste de Campina Grande.

Ele invadiu uma residência, agrediu uma jovem que está grávida e ameaçou matá-la.
A vítima contou que o marido não estava em casa.
O acusado partiu para cima dela e começou a apertar-lhe o pescoço.
O adolescente infrator recolheu objetos e quando se preparava para fugir, já na rua, populares apareceram.
O ladrão não teve muita sorte.
A polícia foi chamada para intervir e levou o menor para a Delegacia da Infância e Juventude.
O infrator não demonstrava “nenhum pingo de arrependimento”.
A mãe dele disse que já não sabe mais o que fazer.
Os conselhos, ao que parece, não têm surtido efeito.
Na mesma hora em que a polícia realizava os procedimentos com esse acusado, outro adolescente chegava a Central suspeito de furtar cinco celulares de trabalhadores em uma casa no Centro da Cidade.
Com o menor, que tem 14 anos, não foi encontrado nada, mas ele estava visivelmente sob efeito de droga.
Os flagrantes ocorreram por volta das 08h00 desta sexta-feira (18/08).
Blog do Ney Lima

Motoqueiro tem perna dilacerada após sofrer acidente na PE-160

Blog do Ney Lima

Foto: Fernando Lagosta.

Na noite desta sábado (19) aconteceu um acidente de trânsito na PE-160, nas proximidades do Oscarzão em Santa Cruz do Capibaribe, onde deixou ferida a vítima foi Jardiarijan Barbosa Pereira (40 anos).

Segundo informações, o mesmo guiava a sua moto vindo, porém não conseguiu frear e colidiu contra um Fiat Palio. Com impacto, a vítima foi arremessada da moto por alguns metros, tendo a perna direita dilacerada e várias escoriações pelo corpo.

Uma equipe do Samu esteve no local para prestar socorro a vítima que foi encaminhada para a UPA e em seguida transferida para o Hospital Regional do Agreste em Caruaru.

Ameaça de suicídio termina em capotamento de veículo na PE-160


Motorista admitiu que provocou o acidente

Fotos: Fernando Lagosta.
Blog do Ney Lima
O Condutor de um veículo Space Fox de cor branca, José Wellington Silva Santana (33 anos), sofreu um acidente de trânsito próximo a um parque de vaquejadas na PE-160, nas imediações de Pão de Açúcar, distrito de Taquaritinga do Norte.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o condutor relatou que teria tentado o próprio suicídio, pois estaria passando por momentos depressivos em virtude da morte da sua esposa, que ocorreu há alguns meses na BR-104.

Ainda de acordo com as informações repassadas, ele teria jogado o carro para fora da pista intencionalmente na tentativa de se matar e ressaltou que se ainda tiver outra oportunidade faria novamente.

O veículo ficou parcialmente destruído. O Samu esteve no local, onde percebeu o condutor fora do veículo, situação que deixou a equipe médica abismada, já o carro ficou destruído e ele sofreu apenas escoriações na perna direita.

José Wellington foi conduzido para UPA de Santa Cruz, onde recebeu atendimento.

FUTEBOL: Palmeirinha de Lagoa de Pedra comemora 1º ano de existência com realização de amistoso contra equipe de São Paulo


Equipe do Palmeirinha de Lagoa de Pedra, do município de Casinhas

Prestes a completar seu primeiro ano de existência, o Palmerinha Futebol Clube, da comunidade de Lagoa de Pedra, no município de Casinhas, vai comemorar a data em grande estilo. No próximo dia 26 de agosto, a partir das 9h, a equipe estará promovendo um jogo festivo com a participação do Esporte Clube Santo André, direto da cidade de Cubatão, localizada na Região Metropolitana da Baixada Santista, no estado de São Paulo. A partida e recepção comemorativa está sendo organizada pelo casal Serginho e Aninha e toda a família Palmeirinha.
Do Blog Mais Casinhas 

Torneio de sinuca de Aroeiras teve a participação do melhor jogador de sinuca de Pernambuco


.
Fotos: Edmilson Gonçalves
Vídeo: Edmilson Gonçalves
O Primeiro torneio de sinuca de Aroeiras, no Agreste da Paraíba, realizado no domingo (20) de agosto, teve a participação do atleta de sinuca do Estado de Pernambuco.
O torneio realizado pela primeira vez, têm como objetivo divulgar o esporte e reunir atletas das cidades da região. O torneio realizado na quadra Poliesportiva o Bezerrão  entregará troféus e premiação em dinheiro para os ganhadores.Eduardo atleta representante da cidade de Garanhuns PE.

Veja  todas as fotos no álbum abaixo
Postagens mais antigas → Página inicial

AO VIVO SÃO JOÃO DE AROERIAS