Em Surubim, Comerciantes prestam homenagem ao Comando do 22º Batalhão após reduzir criminalidade

Na tarde desta sexta-feira (05), empresários e comerciantes de Surubim, prestaram uma homenagem, ao Comandante do 22•BPM, Tenente Coronel Marcos Aurélio, pelos “relevantes serviços prestados”, os quais notadamente reduziram os assaltos no centro comercial daquele município, trazendo uma maior sensação de Segurança.

Segundo relatos, existiam comerciantes que estavam até pensando em fechar seus estabelecimentos e hoje estão mais motivados, em virtude do trabalho mais presente e atuante da Polícia Militar.
Do Agreste Violento
Leia mais

ONU defende direito ao aborto em países atingidos pelo Zika

Segundo porta-voz, garantir os direitos humanos de mulheres nesse contexto é essencial para que a resposta à emergência em saúde pública
Agência Brasil
O alto-comissário de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Zeid Ra’ad Al Hussein, defendeu nesta sexta-feira (5) que países com surto do vírus Zika autorizem o direito ao aborto em casos de infecção em gestantes, uma vez que o quadro pode estar relacionado ao aumento de bebês diagnosticados com microcefalia.

Segundo Hussein, garantir os direitos humanos de mulheres nesse contexto é essencial para que a resposta à emergência em saúde pública relacionada ao Zika seja efetiva. “Isso requer que os governos garantam às mulheres, homens e adolescentes o acesso a informações e serviços de saúde reprodutiva e sexual abrangentes e de qualidade, sem discriminação”, disse, durante coletiva de imprensa em Genebra.

Ainda de acordo com o porta-voz da ONU, os serviços em questão envolvem a contracepção (incluindo a oferta de pílula do dia seguinte), a saúde materna e o aborto seguro e legal. “Claramente, conter a epidemia de Zika é um grande desafio para os governos na América Latina”, disse. “Entretanto, a orientação de alguns governos para que mulheres adiem a gravidez ignora a realidade de que muitas delas simplesmente não podem exercer controle sobre quando e em que circunstâncias ficar grávida.”

Por meio de nota, a própria ONU reforçou que, em meio à contínua propagação do vírus Zika pelo mundo, autoridades devem garantir que as respostas em saúde pública estejam em conformidade com suas obrigações no campo de direitos humanos. A entidade destacou ainda que uma relação causal entre os casos de infecção pelo vírus, a microcefalia e casos de Síndrome de Guillain-Barré ainda estão sendo investigados.

Leia mais

Fiocruz detecta vírus zika com potencial de infecção em saliva e urina


Detecção não significa que a transmissão por esses fluidos está comprovada.
Mais estudos são necessários para entender melhor se ocorre transmissão.
Henrique Coelho
Do G1, no Rio

O presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Paulo Gadelha, disse nesta sexta-feira (5), no Rio, que o zika vírus foi encontrado de forma ativa na urina e na saliva. A descoberta foi feita a partir da análise de amostras de dois pacientes com sintomas compatíveis com o vírus zika.
Segundo Gadelha, isso  "muda o patamar e a forma que estamos tendo que desdobrar as pesquisas". No entanto,"o significado dessa descoberta na transmissão ainda deve ser esclarecido".


ZIKA

Os cientistas observaram que o material coletado nas amostras dos pacientes - além de conter a presença do vírus zika, confirmada pelos chamados testes PCR - também foi capaz de provocar danos em células em testes de laboratório.
Isso comprova a atividade viral, segundo os cientistas. Ainda assim, pesquisas aprofundadas serão necessárias para comprovar se necessariamente haverá infecção através de fluidos.
"O fato de haver um vírus ativo com capacidade de infecção na urina e na saliva não é uma comprovação ainda, nem significa que necessariamente o será, que há possibilidade de infecção de outas pessoas de maneira sistemica através desses fluidos", disse Gadelha.
 "Antes, só foram encontradas partículas não infecciosas. Mas ainda é preciso pesquisar para saber se é possível que se infecte outra pessoa", reforçou.
Pesquisadores da Fiocruz anunciam descoberta sobre zika vírus em coletiva nesta sexta-feira (Foto: Henrique Coelho/G1 RJ)
Pesquisadores da Fiocruz anunciam descoberta sobre zika vírus em coletiva nesta sexta-feira (Foto: Henrique Coelho/G1 RJ)
Ministério da saúde pede cautela
Depois do anúncio da Fiocruz, o Ministério da Saúde recomendou que as pessoas adotem "cautela e prevenção" e reforcem medidas de higiene para evitar o contágio pelo vírus zika. Entre as medidas sugeridas estão evitar compartilhar objetos de uso pessoal, como escovas de dente e copos, e lavar as mãos com frequência.
A Fiocruz também fez uma série de recomendações. O cuidado com gestantes é uma preocupação da pesquisa, segundo Gadelha.
"Recomendamos às gestantes que evitem grandes aglomerações, que evitem que compartilhem copos e materiais levados à boca. Pessoas que convivam com gestantes e tenham sintomas de zika devem ter uma responsabilidade adicional", afirmou.
"A evidência de hoje não faz com que nos digamos às pessoas que elas não podem ir para o carnaval", acrescentou Gadelha. Perguntado sobre a situação dos solteiros no carnaval em relação à possibilidade de infecção por Zika através da saliva, ele enfatizou que o maior cuidado tem de ser com as gestantes. "O risco estará aumentando. Mas não temos isso (evitar o beijo) como uma medida de saúde pública, pelo amor de Deus. Pode beijar!", exclamou.
O fato de haver a possibilidade de contaminação por urina e saliva, segundo a Fiocruz, não diminui a necessidade de se combater o mosquito Aedes aegypti.
Apesar da descoberta, a Fiocruz acredita que não há possibilidades altas de contaminação por zika durante os Jogos Olímpicos do Rio, realizados em agosto.
"O mês de agosto é um mês de baixa transmissão vetorial. Já está sendo feito um trabalho para o controle de vetores. A população agora talvez entenda que tem que ajudar neste controle", afirmou Gadelha.
Regular para colaborar
O presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, afirmou que tem a informação de que algumas amostras brasileiras de zika já começaram a ser enviadas para a Organização Mundial de Saude, mas alertou que é preciso regulação para que haja uma melhor colaboração com a comunidade científica internacional.
Uma reportagem da agência AP citou nesta quinta que, segundo cientistas estrangeiros, o Brasil não está compartilhando amostras do vírus como se espera. Gadelha é citado alegando ser ilegal enviar amostras desse tipo. O G1 ouviu o Ministério da Saúde e o Ministério do Meio Ambiente, e eles afirmaram que não haveria empecilho legal neste caso.
"Isso tudo tem que estar sob proteção e formas de regulação para que haja uma colaboração horizontal. Temos que ter cuidado também com a biopirataria, com a qual muitos países já sofreram", afirmou Gadelha.  Segundo ele, há entraves na regulação que podem trazer "insegurança jurídica", detalhou.
"Há interpretação de quem um material genético seja patrimônio do vírus, ou seja, nacional. Outros acham que seja de patrimônio genético humano, então poderia ser levado a outros países", explicou.

Leia mais

Policiais civis de Pernambuco desistem de iniciar greve no carnaval


Governo do estado se comprometeu a alterar Plano de Cargos e Carreira.
Tribunal de Justiça tinha decretado ilegalidade da mobilização.
Do G1 PE

 Sinpol suspendeu greve (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)
Policiais civis realizaram assembleia nesta quinta-feira (4) (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)
Após decretar greve, que seria iniciada no Sábado de Zé Pereira, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) desistem da paralisação, em assembleia realizada nesta quinta-feira (4) na sede do sindicato, no bairro de Santo Amaro, centro do Recife. A Justiça já tinha decretado ilegalidade da paralisação.

A decisão foi tomada depois que o governo do estado se comprometeu a enviar à Assembleia Legislativa de Pernambuco, no próximo dia 15 de fevereiro, um projeto de lei que altera o Plano de Cargos e Carreira da Polícia Civil, como deseja a categoria.

Em nota, o Sinpol informou que, caso o governo não cumpra o que foi acordado, os policiais vão realizar uma nova assembleia para discutir se deflagram uma greve. A categoria quer aumentar de 1,5% para 2% o percentual de reajuste concedido ao profissional à medida que ele cresce dentro da corporação.

Antes de a greve ser suspensa, o desembargador Ricardo Paes Barreto, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) atendeu a um recurso do governo do estado e concedeu uma liminar em que considerava a mobilização ilegal. Pela decisão, caso a categoria decidisse pela greve, o sindicato teria que pagar uma multa de R$ 100 mil por dia de paralisação.

Na decisão, o magistrado ressaltou o direito da população de ter segurança. "Em decorrência direta do movimento grevista, verifico que a permanência por tempo indeterminado da paralisação anunciada certamente conduzirá ao caos social, dada a natureza e a essencialidade da atividade policial", declarou.
O presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, disse que a suspensão da greve foi uma decisão tomada para não prejudicar a população. "O que levou importância para que isso (a suspensão) acontecesse foi um clamor do povo pernambucano, que estava inseguro para brincar o carnaval. A categoria levou isso em consideração", afirmou.


Leia mais

É HOJE, Bloco Biu Pereira, em Aroeiras PB, participe!

Hoje têm a apresentação do  do melhor e mais tradicional bloco Carnavalesco da cidade de Aroeiras, no Agreste da Paraíba. É o Bloco Biu Pereira que teráa concentração às 19:00 horas, hoje (05) na praça do Cristo em Aroeiras, Paraíba.
Veja a divulgação:

Vem aí o melhor bloco alternativo da cidade, Bloco Biu Pereira!! Completando bodas de prata, o casamento que deu certo com os foliões de Aroeiras!!! Vai ser muita cerveja, frevo e folia por todo percurso, que sairá de frente ao Cristo, às 19:00h do dia 5 de Fevereiro!!! Venha você também fazer parte dessa grande folia!!! Inscrições com Egnaldo Vieira Egnaldo e Francisco Lourenço!!

Leia mais

Jovem concilia estudos com trabalho no campo em PE e passa em medicina


Jeferson foi 3º lugar em curso da Universidade Federal de Campina Grande.
Ele é o 1º da família a fazer faculdade, os pais têm fundamental incompleto.
Paula Cavalcante
Do G1 Caruaru

 Jeferson Cesar Silva de Oliveira  (Foto: Jeferson Cesar/ Arquivo Pessoal)
Jeferson acordava às 5h para ajudar o pai a tirar leite da vaca (Foto: Jeferson Cesar/ Arquivo Pessoal)
Um jovem de 20 anos conciliou os estudos com o trabalho no campo e conseguiu ser aprovado em medicina. Todos os dias, Jeferson César Silva de Oliveira ajudava os pais a tirar o leite da vaca e nos trabalhos na roça. Além disso, cursava licenciatura em física em um instituto federal.
Ele mora no Sítio Lage do Carrapicho, zona rural de Alagoinha, Agreste pernambucano, e conquistou o terceiro lugar no curso da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), na Paraíba, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).


Não tive nenhum professor para me ajudar. Apenas pegava um tema na internet e treinava uma redação por semana"
Jeferson Silva de Oliveira, que tirou 920 na redação do Enem
O jovem é o primeiro da família a cursar o ensino superior – os pais só estudaram até a terceira série do ensino fundamental.
Jeferson disse que sempre teve vontade de cursar medicina, mas não tentou uma vaga antes por causa da seca que atingiu a região com mais intensidade em 2012. "Minha família não tinha condições financeiras para me manter em outra cidade."
Por isso, ele cursou licenciatura em física no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) durante três anos em Pesqueira, município vizinho.
A licenciatura não era o que jovem queria, mas era a mais conveniente na época. O jovem ganhava bolsas no antigo curso que, segundo ele, "ajudavam bastante" para alcançar o sonho de estudar para a profissão desejada.
Jeferson Cesar conciliou estudos com trabalho no campo em PE e passou em medicina (Foto: Jeferson Cesar/ Arquivo Pessoal)
Sozinho, jovem respondeu a mais de 6 mil questões de exames anteriores (Foto: Jeferson Cesar/ Arquivo Pessoal)
"Sempre que podia juntava um pouco do dinheiro para poder me manter pelo menos no início do curso de medicina em alguma cidade. Então, em 2015, quando percebi que nós estávamos nos reestruturando após a seca, decidi arriscar", relatou.
A inspiração para fazer medicina vem da realidade do lugar onde vive com os pais e a irmã de 10 anos. "Moro em uma cidade pequena, e todos nós sabemos a dificuldade para ter médicos para atender a população. Pensando no futuro, [escolhi medicina para] poder contribuir para o benefício das pessoas", contou.
Jeferson passou pelo sistema de cotas e aguarda o início das aulas, previsto para este semestre.
Jeferson Cesar passou em 3º lugar em medicina pelo sistema de cotas (Foto: Reprodução/SiSU)
Jeferson Cesar passou em 3º lugar em medicina
pelo sistema de cotas (Foto: Reprodução/SiSU)
Rotina de estudos
O dia de Jeferson começava cedo: às 5h acordava, tirava leite da vaca e trabalhava até umas 10h com o pai no campo. "Lá eu levava meu celular e com o fone de ouvido ia escutando algumas aulas que eu tinha encontrado na internet", afirmou.
Em seguida, ele tinha o tempo livre até as 14h, com o horário do almoço incluso.
E era nesse tempo livre que os livros tomavam conta das ocupações do jovem. Após resolver os trabalhos da faculdade, começava os estudos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ele chegou a responder cerca de 6.500 questões de exames anteriores.
"À tarde eu trabalhava até as 17h e ia me arrumar para a faculdade. Lá, estudava até as 22h", conta. Ao chegar em casa, Jeferson estudava por mais uma hora antes de dormir.
Matemática era a disciplina que ele mais se dedicava. Na redação do Enem, o jovem que nunca fez nenhum cursinho tirou 920 pontos. "Não tive nenhum professor para me ajudar. Apenas pegava um tema na internet e treinava uma redação por semana."
Leia mais

Zika pode ser transmitido pelo sexo? Os três casos que intrigam cientistas


BBC Brasil


O risco de transmissão sexual do vírus da zika ainda não foi comprovado cientificamente, mas três casos de possível contágio intrigam cientistas e já levaram médicos a recomendar que grávidas usem proteção durante relações sexuais.

O mais recente ocorreu no estado do Texas. Em entrevista à BBC, a vice-diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), Anne Schuchat, disse que “o laboratório confirmou o primeiro caso de zika vírus em um não-viajante. Nós não acreditamos que o contágio tenha ocorrido por meio de picadas de mosquito, mas sim por contato sexual”.

Questionada sobre a confirmação, Schuchat explicou que, até o momento, não há outras formas plausíveis que possam dar conta da transmissão, já que uma pessoa esteve na Venezuela, voltou aos EUA, apresentou sintomas de zika, e teve contato sexual com o parceiro.

O caso no Texas soma-se a outros dois que, embora não comprovados, são amplamente citados na literatura científica. Em um deles, o vírus foi detectado no sêmen de um paciente e, no outro, um cientista que havia estado em uma área de contaminação por zika voltou aos EUA onde teria contaminado a esposa.

Em 2013, durante um surto de zika na Polinésia Francesa, o vírus foi detectado no sêmen de um homem de 44 anos. Ele havia apresentado sintomas típicos da infecção por zika: febre, dores de cabeça e nas articulações. Após alguns dias, o paciente notou vestígios de sangue no sêmen e procurou atendimento médico. Exames detectaram o vírus no material coletado.

Neste caso, não houve a comprovação de infecção de uma segunda pessoa pela via sexual, mas, sim, da contaminação do sêmen pelo chamado vírus replicante, ou seja, capaz de gerar a propagação da doença. "Nossas descobertas apoiam a hipótese de que o Zika pode ser transmitido por via sexual", conclui artigo de fevereiro de 2015, disponível no site do Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês).

No segundo caso de possível contaminação sexual, o sêmen do paciente com zika não foi examinado. No entanto, a esposa deste paciente teve a zika diagnosticada e a única explicação plausível seria o contágio sexual.

Foi o caso do cientista americano Brian Foy, em 2008. Ele havia visitado uma região do Senegal afetada por zika e, ao retornar para casa, no Colorado, Estados Unidos, teria infectado sua esposa durante uma relação sexual um dia após seu retorno.

"Vivemos no Colorado, um Estado americano onde não há mosquitos na época do ano em que minha mulher contraiu o vírus. E onde não há ocorrência do Aedes aegypti (o mosquito transmissor do vírus). O mais provável é que minha mulher tenha sido infectada quanto tivemos relações, antes de eu me sentir doente, mas a ciência ainda não está nem perto de provar a possibilidade desse tipo de contágio", conta Foy, em entrevista por telefone à BBC Brasil.

O professor-assistente da Universidade Estadual do Colorado é um dos autores de um estudo que sugere a possibilidade de transmissão do zika por contato sexual. Inicialmente, Foy foi diagnosticado com dengue e médicos não conseguiram descobrir o que tinha se passado com sua esposa. Passou-se um ano até que eles descobrissem que se tratava de zika.

O americano acredita que a repercussão causada pela epidemia no Brasil incentive o financiamento de pesquisas buscando investigar o assunto. Foy afirma não haver dúvidas de que a picada do Aedes aegypti é a forma principal pela qual se pode contrair o vírus, mas defende a importância de que ao menos se descubra mais sobre a via sexual.

"Para atingir uma área de contágio tão extensa de forma tão rápida, o mosquito é a grande explicação. Pode ser até que o contágio sexual represente uma ocorrência rara e, diante dos problemas enfrentados pelas autoridades de saúde dos países afetados, como o Brasil, não esteja no alto da lista de prioridades. Como cientista, porém, sempre acredito na importância de se investigar outras possibilidades", completa.

Recomendação é que grávidas usem preservativo nas relações sexuais.© Foto: Fornecido por BBC Recomendação é que grávidas usem preservativo nas relações sexuais.
Em uma entrevista a uma rede de TV americana, Foy relatou ter sido constantemente picado por mosquitos enquanto fazia seu trabalho de campo no vilarejo senegalês de Bandafassi. Voltou para os EUA no final de agosto de 2008 e, dias depois, começou a se sentir mal, com sintomas que variavam de fadiga a dores no momento de urinar, além de inflamações na pele – a esposa teria notado o que parecia ser sangue no sêmen do marido.

Foy pediu ajuda a colegas do CDC, a principal agência voltada para a proteção da saúde pública dos EUA, para identificar a patologia com que tinha sido infectado. O diagnóstico de dengue não o deixou convencido, e muito menos a indefinição sobre o que teria acontecido com a mulher.

Um ano depois, um dos auxiliares do cientista na viagem à África, Kevin Kobylinski, que também ficou doente, estava conversando em um jantar com o entomologista Andrew Haddon, da Universidade do Texas, quando tocou no assunto.

Haddow, por uma grande ironia do destino, é neto de Alexander Haddow, um dos três cientistas que isolaram o zika pela primeira vez, em 1947, quando o extraíram de um macaco na Floresta de Zika, em Uganda. Quando soube que amostras de sangue de Kobylinski e dos Foy ainda estavam preservadas em um laboratório, o entomologista sugeriu que elas fossem enviadas para o virologista Robert Tesh. As três amostras testaram positivo para zika.

Em seu estudo, Foy apresenta outros argumentos para defender a hipótese de contato sexual. Joy, sua mulher, jamais visitou a África ou a Ásia e, na época da publicação do documento, já fazia quatro anos que não deixava os EUA. Antes da epidemia no Brasil e que começa a chegar a outros países da América do Sul, o zika jamais tinha sido reportado no hemisfério Ocidental.

Outros estudos envolvendo doenças transmissíveis por mosquitos há haviam sugerido a possibilidade de contágio sexual. Haddow, por exemplo, aponta para o fato de que a epidemia de zika na Micronésia (Oceania), em 2007, deu margem para especulações sobre este tipo de contágio.

Isso porque a proporção de mulheres infectadas foi 50% maior que a de homens – na maioria das doenças sexualmente transmissíveis, o sexo vaginal oferece riscos de contágio muito maior para as mulheres.

"É a explicação mais lógica. Outra possibilidade é que tivesse sido passado pela saliva ou outros fluidos corporais, mas temos quatro filhos, e eles não ficaram doentes.

Leia mais

Arécio recebia um terço da propina de Furnas, Diz lobista

Lobista delata Aécio em depoimento sobre Furnas a Sérgio Moro 1 / 38

Aos 15 anos, Hannah Herbst desenvolveu um projeto que pode ajudar países em desenvolvimento. A tecnologia transforma água do mar em água potável, por apenas 12 dólares.
Garota cria tecnologia barata para dessalinizar água

Calleri faz na estreia, Tricolor pressiona, mas empata na ida
 © Fornecido por Notícias ao Minuto
O lobista Fernando Moura afirmou, nesta quarta, em depoimento ao juiz Sergio Moro, que Furnas era uma empresa estatal controlada pelo senador Aécio Neves. Moura disse que a pessoa a ocupar a diretoria foi escolhida pelo tucano e aceito pelo governo Lula. Além disso, afirmou que o esquema de propina se assemelhava ao instalado na Petrobras: "É um terço São Paulo, um terço nacional e um terço Aécio."

Segundo a Folha de S. Paulo, Fernando Moura chegou a ser ameaçado de perder os benefícios da delação premiada depois de apresentar outra versão sobre o envolvimento do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, no esquema de desvio de recursos da Petrobras por meio de contratos de empreiteiras.

Aécio foi citado pelo lobista em uma reunião em 2002, após a vitória de Lula, onde se discutia a escolha de nomes para a diretoria de diversas estatais, entre elas a Petrobras, Correio, Caixa Econômica Federal, Furnas e Banco do Brasil.

Na ocasião, para a Petrobras, o nome indicado ao então ministro Dirceu foi o de Renato Duque.

Em nota, o PSDB definiu como "declaração requentada e absurda" a citação a Aécio e uma "velha tentativa de vincular o PSDB aos crimes cometidos no governo petista".



© Fornecido por Notícias ao Minuto MSN

Leia mais

Estuprador preso em Paulista PE


Policiais Civis da equipe de Malhas da Lei da 8aDESEC/DIM, comandados pelo Delegado Seccional Ivaldo Pereira, prenderam o ESTUPRADOR ALCIDES MANOEL DOS SANTOS FILHO, 40 anos, por ter sido sentenciado a 14 anos de prisão, pelo crime de estupro contra vulnerável, crime ocorrido no Alto do Bigode, Torres Galvão, Paulista/PE. Delegado Seccional IVALDO PEREIRA/8a DESEC/DIM.
Do Rota 190


Leia mais

Dupla presa acusada de roubar botijões de gás


Dois homens foram presos na madrugada desta quarta-feira (3) em São Bento do Una no Agreste, as prisões aconteceram quando o efetivo da ROCAM realizava rondas e flagrou os dois homens com três botijões de gás.

Após a abordagem e feitas algumas perguntas a dupla identificada como José Ricardo Rodrigues torres e João Luiz da Silva, revelou que o produto havia sido furtado de um depósito de gás, os PMs mantiveram contato com o proprietário do estabelecimento e vítima e acusados foram encaminhados ao plantão da Delegacia Seccional de Belo Jardim.  Do Agreste Violento

Leia mais

Ação Integrada resulta na prisão de integrantes de associação criminosa

Policiais Civis da Delegacia do Cordeiro/2aDESEC e da Delegacia de Ipojuca/10aDESEC/DIM, sob a coordenação do delegado João Gustavo Godoy Ferraz, em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Ipojuca, em deferimento à representação criminal subscrita pelo referido delegado, com o apoio de Policiais Militares do 13o BPM-DIM, localizaram e capturaram os cinco integrantes da referida associação criminosa voltada para crimes contra o patrimônio, são eles: JOSÉ WALTER DE SOUZA, vulgo "Camorim", JOSÉ MURILO DE SOUZA, AMARO MERCIVALDO DE SOUZA e JOSÉ WALDIR DE SOUZA, alcunha "Doca". Delegado João Gustavo/DP Cordeiro/2aDESEC/DIM. 
Do Rota 190







Leia mais

Elemento preso em flagrante com moto roubada em Taquaritinga do Norte

Policiais civis da Delegacia de Taquaritinga do Norte prenderam em flagrante delito meliante ELISSON JOSÉ FEITOSA, VULGO GALEGO, 27 anos, residia no Sítio Mateus Vieira, com ele apreendemos uma Honda Bros,cor preta, PLACA KIV 3299, roubada de Santa Cruz do Capibaribe em Outubro do ano passado. O acusado foi autuado, em seguida recolhido a Cadeia Pública local. Na ocasião da prisão. O autuado estava na companhia de ALEX FIGUEIREDO DE LIMA,VULGO ALEX DE MARIM, que encontrava-se de posse de várias sementes de Maconha.
Do Rota 190
Leia mais

Em PE, Municípios do Agreste vão ficar sem água após o carnaval


Moradores de Bom Jardim, Orobó e João Alfredo vão sofrer sem água nas torneiras de 15 a 18 de fevereiro Publicado em 03/02/2016, às 10:08
     
Da Rádio Jornal
No mês de fevereiro, três municípios do Agreste Setentrional ficarão sem abastecimento regular de água da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). De acordo com nota emitida pela companhia, no período de 15 a 18 de fevereiro, os moradores de Bom Jardim, Orobó e João Alfredo não terão água nas torneiras.De acordo com a Compesa, o fornecimento será suspenso em decorrência de uma manutenção, que será feita na estação de tratamento do Buraco do Tatu. A nota informa ainda que os operários farão a substituição do trecho de saída da tubulação de 450 milímetros. Se o serviço for concluído antes do prazo previsto, o abastecimento voltará à normalidade antes dos três dias. Caso o consumidor tenha alguma dúvida ou queira solicitar o abastecimento através de caminhão pipa, deve entrar em contato com a Coordenação de Produção de Palmeirinha, por meio do telefone 3628-8600
Leia mais

Laboratório indiano diz estar próximo de vacina contra vírus zika


Até o momento não existe vacina comprovada contra o vírus, transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti

    
Da AFP
Fabricante declarou que há um ano prepara duas vacinas contra o vírus
Foto: Rodrigo LôboAcervo/ JC Imagem
LEIA TAMBÉM
Técnicos americanos chegam ao Brasil para ajudar no combate ao Zika
Segundo caso de zika na Argentina em homem que viajou à Venezuela
País está trabalhando no desenvolvimento da vacina contra o zika vírus, diz Dilma
Um laboratório indiano anunciou nesta quarta-feira (3) que está próximo de desenvolver a primeira vacina do mundo contra o vírus zika, suspeito de causar má formação congênita.

Bharat Biotech, um fabricante de medicamentos da cidade de Hyderabad (sul), declarou que há um ano prepara duas vacinas contra o vírus, e que já está pronto para testá-las em animais.

Até o momento não existe vacina comprovada contra o vírus, transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti.

A doença está causando estragos na América Latina, particularmente no Brasil, onde tem havido um aumento acentuado nos casos de microcefalia em recém-nascidos.

"Nós somos os primeiros no mundo a solicitar uma licença para uma vacina contra o vírus zika", afirmou à AFP Rajarshi Dasgupta, chefe do setor de propriedade intelectual do laboratório, acrescentando que o processo foi aberto um ano atrás.

Bharat Biotech fez o anúncio um dia depois de o grupo farmacêutico francês Sanofi Pasteur declarar ter iniciado a preparação de uma vacina contra o mesmo vírus.

A Índia não registrou qualquer caso de infecção pelo vírus zika. Na Tailândia houve um caso e outro na Indonésia.

Nos Estados Unidos, as autoridades de saúde relataram um caso por contaminação sexual.

Leia mais

Senado aprova projeto que permite estender licença paternidade para até 20 dias


Esse programa foi criado a partir de uma lei de 2008 com o objetivo de estimular a prorrogação da licença-maternidade de quatro para seis meses

   
Do Estadão 
Homem solteiro ganha na justiça de Pernambuco direito a licença paternidade
O plenário do Senado aprovou nesta quarta (3), uma proposta que pode estender a licença paternidade de cinco para até 20 dias. O aumento da licença é condicionada à adesão da empresa ao programa Empresa Cidadã. Esse programa foi criado a partir de uma lei de 2008 com o objetivo de estimular a prorrogação da licença-maternidade de quatro para seis meses mediante concessão de incentivo fiscal.

A mudança consta do Estatuto da Primeira Infância, uma série de marco legal para o início da vida, dos zero aos seis anos de idade. A proposta foi a primeira votada pelos senadores em plenário na volta do recesso parlamentar. A matéria, que já passou pela Câmara, seguirá para a sanção da presidente Dilma Rousseff.

Além de aderir ao programa Empresa Cidadã, o pai terá de participar de cursos sobre paternidade responsável para garantir a ampliação do prazo da licença. Entre outras inovações e diretrizes traçadas, o projeto também prevê que as gestantes terão de receber apoio da União, dos estados e dos municípios durante todo o período de gravidez.

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN), relatora do projeto, afirmou que fez emendas de redação à proposta - que não alteram o mérito do projeto. Ela disse que o texto será sancionado pela presidente sem vetos.

"O reconhecimento de ser exatamente nesta fase, de zero a seis anos, que se deve ter o maior cuidado, porque é exatamente nessa fase que se tem um papel especial do ponto de vista da formação da criança, da formação do adolescente, da formação do adulto ou da adulta, que ele virá a ser, ou seja, os primeiros anos da criança são fundamentais para o bom desenvolvimento da sua capacidade cognitiva, da sua capacidade psicomotora", disse Fátima, em discurso no plenário.

Leia mais

Pernambuco confirma 12 casos de microcefalia ligados ao zika vírus


Até o dia 30 de janeiro, foram confirmados 153 bebês com a malformação.
Estado tem 1.447 casos notificados desde o dia 1º de agosto de 2015.
Do G1 PE

 Pernambuco confirma 12 casos de microcefalia associado ao zika vírus (Foto: Artur Ferraz / G1)
Pernambuco tem 12 casos confirmados de microcefalia relacionados ao vírus zika. Os dados foram repassados pela Secretaria de Saúde do estado nesta quarta-feira (3), em uma coletiva de imprensa. De acordo com o boletim mais recente, até o dia 30 de janeiro, 153 bebês tiveram o diagnóstico confirmado da malformação através de exames de imagem.

O diagnóstico de microcefalia ligado ao zika foi feito através de um exame alternativo, a sorologia, que procura detectar a presença de um anticorpo específico no Líquido Cérvico-Raquidiano (LCR), na medula da criança. As análises foram coletadas pelo centro de pesquisas Aggeu Magalhães, da Fundação Oswaldo Cruz.


MICROCEFALIA

"O ideal é detectar o vírus, seja pelo isolamento, seja pela procura do genoma do vírus. A outra possibilidade é por esse exame, que procura o anticorpo IGM, que não atravessa a placenta. E, nessas 12 crianças, foi encontrado esse anticorpo para microcefalia", explicou a pesquisadora Marli Tenório.
Ainda de acordo com a cientista, o número de casos relacionados ainda não é suficiente para comprovar que o zika pode causar a microcefalia nos bebês e as pesquisas continuam. "Estamos testando mais 28 amostras. Você tem que associar o achado laboratorial com a clínica", detalhou a pesquisadora. Das 12 crianças, 11 nasceram no Imip e uma no Hospital Barão de Lucena, ambos no Recife.

Segundo a secretária-executiva de Vigilância em Saúde, Luciana Albuquerque, foi necessário ser feito o exame alternativo porque os outros só conseguem detectar o parasita em casos mais recentes. “O que nós temos disponível é o PCR, que procura o genoma do vírus. O problema é que ele só consegue fazer o diagnóstico em casos muito recentes e, como as crianças foram infectadas durante a gravidez, em todas elas, o resultado deu negativo”, explicou.
Para a secretária, por enquanto, apenas com a sorologia, foi possível detectar a presença do vírus com mais precisão. “Não é uma evidência de estudo científico, mas agora chegamos perto de descobrir a relação entre o zika e a microcefalia”, ressaltou.

Desde 1º de agosto, 1.447 casos de bebês com microcefalia foram notificados em Pernambuco. Destes, 153 foram confirmados através de exames de imagem e outros 135 foram descartados pelos médicos. Também foram registradas 12 mortes de crianças com microcefalia, o que não significa que a malformação tenha sido a causa dos óbitos.

Do total de bebês notificados, 543 (37,5%) atendem aos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) para microcefalia, que identifica a malformação em bebês com perímetro cefálico igual ou menor que 32 centímetros.

Investimentos
Desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a disseminação do zika vírus como caso de emergência de saúde pública internacional, a secretária espera novos investimentos em pesquisas em Pernambuco. "Quando a OMS lança uma declaração de emergência, abrem-se novas possibilidades de investimentos em vacinas. Também haverá mais cooperação com o Brasil. Então, a expectativa é boa", declarou a secretária.

Já em relação à suspeita de que o zika vírus pode ser transmitido sexualmente, Luciana Albuquerque não descartou a ideia de investigar essas evidências no estado. "É provável que haja pesquisas sobre isso, mas, agora, vamos focar nas crianças e gestantes. Os Estados Unidos já estão investigando", reiterou.

Dengue, chikungunya e zika vírus
De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde, entre os dias 3 e 23 de janeiro, foram notificados 7.120 casos de dengue no estado, o que representa um aumento de 90% em comparação com o mesmo período no ano passado. Ainda de acordo com a SES, nove mortes estão sendo investigada e 142 municípios tiveram notificações da doença.

No mesmo período, houve 1.507 notificações de chikugunya. Desse total, 450 casos foram confirmados, e 589 descartados. Já em relação ao zika vírus, desde que as notificações da doença passaram a ser obrigatórias, no dia 10 de dezembro de 2015, foram 1.386 casos notificados. Ainda no ano passado, foram confirmados 14 casos. Doze foram descartados.

Leia mais

País está trabalhando no desenvolvimento da vacina contra o zika vírus, diz Dilma

País está trabalhando no desenvolvimento da vacina contra o zika vírus, diz Dilma
Desde a semana passada, a presidente assumiu a frente do que tem chamado de "batalha" contra o mosquito. Ela mobilizou diversos ministérios para mostrar que o governo está colocando em prática ações para resolver o problema

Por: Agência Estado
Publicado em: 03/02/2016 15:28 Atualizado em:
A presidente Dilma Rousseff disse que o governo federal, por meio do Ministério da Saúde, está buscando "incansavelmente" o desenvolvimento de uma vacina contra o zika vírus.

"Estamos em contato com os Estados Unidos para o desenvolvimento de uma vacina contra o zika vírus. Três instituições do Brasil estão fazendo pesquisas para fazer essa vacina", disse, durante entrega de unidades do Minha Casa Minha Vida em Indaiatuba (SP). "Há também o empenho do governo federal com Estados e municípios para combater o mosquito que transmite essa doença."

As declarações de Dilma a respeito do zika vírus foram feitas em meio a uma mudança no discurso do governo em relação à doença. Desde a semana passada, a presidente assumiu a frente do que tem chamado de "batalha" contra o mosquito. Ela mobilizou diversos ministérios para mostrar que o governo está colocando em prática ações para resolver o problema.

A presidente também convocou para esta quarta-feira um pronunciamento em cadeia de rádio e televisão com objetivo de pedir apoio de todos os segmentos da sociedade para combater o Aedes aegypti. O discurso irá ao ar às 20h20.

Na fala, que terá pouco mais de seis minutos e foi gravada na tarde de segunda-feira, a presidente pedirá a mobilização da população para combater os criadouros do mosquito evitando assim que o zika vírus continue a se proliferar.

Leia mais

Mais 15 prefeitos são notificados para pagar servidores em dia antes de gastar com carnaval. Em iniciativa do Ministério Público de Contas de Pernambuco e Ministério Público do Estado.

 Dc Sergio Ramos  

(Foto Iustração)
O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou a mais 15 prefeitos que não realizem gastos com o Carnaval, especialmente festas e shows, utilizando recursos públicos municipais enquanto a folha de pessoal do município estiver atrasada, incluindo os casos em que a inadimplência atinge apenas parcela dos servidores municipais, e mesmo que estes sejam ocupantes de cargos comissionados e contratados temporários.


Desta vez as recomendações são direcionadas aos gestores municipais de Mirandiba (Bartolomeu Tiburtino de Carvalho Barros), Itaíba (Juliano Nemésio Martins), Jataúba (Carlos Lucinaldo da Silva), Brejo da Madre de Deus (José Edson de Sousa), Pesqueira (Evandro Mauro Maciel Chacon), Ribeirão (Romeu Jacobina de Figueiredo), Santa Cruz do Capibaribe (Edson Vieira), Palmares (João Bezerra Cavalcante Filho), Paudalho (José Pereira de Araújo), Alagoinha (Maurílio de Almeida Silva), Arcoverde (Madalena Britto), Inajá (Leonardo Xavier Martins), Quipapá (Cristiano Martins), Escada (Lucrécio Jorge Gomes Pereira da Silva) e Poção (José Waldeilson). O município de Ribeirão também não deve realizar gastos com a Festa Municipal da Cana.
Os promotores de Justiça Thinneke Hernalsteens (Mirandiba), Ademilton das Virgens Carvalho Leitão (Itaíba), Jataúba e Brejo da Madre de Deus (Antônio Rolemberg Feitosa Júnior), Andréa Magalhães Porto Oliveira (Pesqueira), Emanuele Martins Pereira (Ribeirão), Natália Maria Campelo (Santa Cruz do Capibaribe), João Paulo Pedrosa Barbosa (Palmares), Carlos Eduardo Domingos Seabra (Paudalho), Andréa Magalhães Porto Oliveira (Alagoinha), Carolina de Moura Cordeiro Pontes (Quipapá), Emanuele Martins Pereira (Escada) e Filipe Wesley Leandro Pinheiro da Silva (Poção) ressaltam que há notícias de municípios, mesmo na situação de atraso de folha de pagamento, prevendo gastos com o carnaval, especialmente festas e shows, conforme consta no ofício do Ministério Público de Contas – TCMPCO – MP 008/2016, de 18 de janeiro deste ano. Entende-se que os gestores, ao realizarem gastos com festa carnavalesca enquanto as folhas salariais dos servidores estão atrasadas, em parte ou na sua totalidade, violam o princípio da moralidade administrativa, previsto no caput, artigo 37, da Constituição Federal.
Os gestores devem informar ao MPPE, mediante ofício, as providências adotadas para dar cumprimento às recomendações do MPPE.
Ação conjunta – As recomendações são resultado de uma ação conjunta do MPPE com o Ministério Público de Contas (MPCO) para que os promotores de Justiça emitam recomendações (ou outro instrumento jurídico adequado) para os prefeitos dos municípios que se encontram inadimplentes com o pagamento de folhas salariais de servidores municipais, além dos comissionados e temporários, e, em paralelo, se preparam para realizar gastos com o Carnaval, inclusive festas e shows, alertando-os da violação aos princípios da administração pública, especialmente aos princípios da eficiência e moralidade administrativa.

Leia mais

Campanha

Campanha

e

Casinhas-PE

Montagem criada Bloggif

Curta notícias

 
Casinhas PE Casinhas Agreste - Notícias do Agreste | Layout: Lenildo Ferreira Consultoria em Comunicação Contato © Blog de responsabilidade do professor Edmilson Arruda