Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Veja como os deputados pernambucanos votaram

11/07/2019

/ por casinhas agreste
Carreras vai contra o PSB e vota a favor de reforma; veja como pernambucanos votaram
O texto-base da reforma da Previdência foi aprovado no primeiro turno pela Câmara dos Deputados na noite desta quarta-feira (10) com 379 votos a favor e 131 votos contrários. Ao todo, são 71 votos a mais do que o que era necessário para a aprovação do texto. O placar entre os deputados pernambucanos também foi favorável à reforma, 14 a 11, tendo, entre eles, possíveis candidatos à Prefeitura do Recife. 

Na última segunda-feira, foi acordado pelo PSB, mesmo partido do governador de Pernambuco Paulo Câmara, que todos os 32 deputados federais da bancada, deveriam votar contra a reforma, podendo, em caso de descumprimento, sofrer consequências que podem chegar a expulsão do partido. Felipe Carreras, eleito deputado em 2018 e possível postulante do PSB à prefeitura nas eleições municipais de 2020, votou de forma contrária à posição adotada pelas lideranças do partido e, por isso, pode ser expulso da sigla.

Outra opção do Partido Socialista Brasileiro para tentar ocupar o cargo de Geraldo Júlio a partir de 2021 é João Campos, que votou contra o texto-base da reforma, aliado com a decisão do partido. Nas eleições de 2018, João, filho do ex-governador Eduardo Campos, foi o deputado federal mais votado do estado, com mais de 460 mil votos. 

Marília Arraes, do PT, também votou contra o texto da reforma da Previdência na Câmara. A petista chegou a ter sua pré-candidatura ao Governo do Estado encaminhada nas últimas eleições, mas acabou descartada após um acordo nacional do PT com o PSB. Marília pode ser a aposta do Partido dos Trabalhadores para a disputa municipal do ano que vem.

Quem também votou contra a reforma no primeiro turno e vê seu nome ventilado como opção à prefeitura da capital pernambucana é Túlio Gadêlha, do PDT. Ciro Gomes, terceiro lugar na disputa presidencial do ano passado, levantou a hipótese quando esteve em Recife para palestras no último mês de maio. "Túlio Gadêlha um militante padrão, um militante modelo. Ele representa o que há de melhor na cultura política nordestina que está em Pernambuco e no Recife", defendeu Ciro na época. 

A reforma da Previdência ainda precisa ser aprovada novamente no Plenário, dessa vez em segundo turno, por se tratar de uma PEC, Proposta de Emenda à Constituição. As expectativas é de que isso aconteça ainda nesta semana. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), planeja finalizar o processo no máximo até o próximo sábado (13). 

Confira os votos de cada deputado pernambucano no primeiro turno do texto-base da reforma da Previdência: 

A favor

André de Paula (PSD/PE)
André Ferreira (PSC/PE)
Augusto Coutinho (Solidariedade/PE)
Daniel Coelho (Cidadania/PE)
Felipe Carreras (PSB/PE) 
Fernando Coelho Filho (DEM/PE) 
Fernando Rodolfo (PL/PE) 
Luciano Bivar (PSL/PE)
Ossesio Silva (PRB/PE)
Pastor Eurico (Patriota/PE) 
Raul Henry (MDB/PE)
Ricardo Teobaldo (Podemos/PE)
Sebastião Oliveira (PL/PE)
Silvio Costa Filho (PRB/PE)


Contra

Carlos Veras (PT/PE) 
Danilo Cabral (PSB/PE) 
Eduardo da Fonte (PP/PE) 
Fernando Monteiro (PP/PE)
Gonzaga Patriota (PSB/PE)
João H. Campos (PSB/PE)
Marília Arraes (PT/PE)
Renildo Calheiros (PCdoB/PE)
Tadeu Alencar (PSB/PE)
Túlio Gadelha (PDT/PE)
Wolney Queiroz (PDT/PE) 

 Diário de Pernambuco


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados