Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

PDT descarta palanque duplo em PE e prepara giro de Ciro Gomes pelo País

26.10.21

/ por casinhas agreste

Por Carol Brito (interina)
Henrique Genecy/Folha de Pernambuco
A possibilidade do PDT permanecer na Frente Popular mesmo com o apoio do PSB ao ex-presidente Lula (PT) nas eleições de 2022 pode ter ganhado adeptos, mas ainda está longe de convencer a cúpula pedetista. O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirma que palanque duplo “significa apoio a dois candidatos e, no caso (de Pernambuco) é apoio a um só candidato (Lula)”, o que seria, segundo ele, uma “aliança impossível”. Segundo o dirigente, a situação é diferente das tratativas no Maranhão, Lá, o senador pedetista Weverton Rocha, pré-candidato ao governo maranhense, poderá ter os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Lula em seu palanque. “Lá, o candidato a governador é do PDT,e poderá abrir a campanha para outro candidato ,além do Ciro”, diferencia Lupi. Recentemente reunido com Ciro Gomes no Ceará, o presidente do PDT do Recife, Fabio Fiorenzano, se posiciona na mesma linha. "O PDT não trabalha com palanque duplo no momento. Trabalha com um palanque para Ciro. Essa diretriz é nacional. Trabalhamos com um palanque de Ciro forte e uma posição  do PSB Nacional concreta em 2022, temos tempo e estamos trabalhando forte para que isso ocorra. As lideranças progressistas nacionais também colocam Ciro como candidato competitivo. Até porque a dinâmica da política está muito rápida. Acreditamos que Lula alcançou o teto e Ciro tem ampla possibilidade de decolar, inclusive, temos isso atestado por levantamentos internos e pesquisas", afirma. Muito além das tratativas, há uma expectativa de que Ciro comece a circular pelo País até o fim do ano. O objetivo é se reunir com líderes locais e fazer plenárias com a militância.  Pernambuco deve ser uma das prioridades e poderá ser o destino do pedetista em dezembro. Na ocasião, ele deve se reunir com lideranças do PSB local. Para os pedetistas, é interessante que os socialistas deixem a decisão sobre o apoio presidencial para 2022. Isso porque há, segundo eles, uma expectativa de reversão do cenário atual com uma tendência de crescimento de Ciro nas pesquisas. Logo, quanto mais bem colocado o ex-ministro estiver nas amostragens, mais forte ele chega nas negociações com aliados.

Aliado presencial


O PSB ainda é visto como aliado preferencial do PDT pela afinidade programática entre as legendas. A despeito das conversas dos socialistas com Lula, os pedetistas dizem que “não vão jogar a toalha tão cedo”.

convite > Nas hostes do PP, a avaliação é de que o convite do presidente nacional do PL, Waldemar Costa Neto, para filiar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na legenda não deve afetar as negociações para atrair o gestor ao PP.

retorno > Os líderes dos partidos da Assembleia Legislativa realizaram uma primeira reunião ontem, para tratar do retorno aos trabalhos presenciais. Contudo, a discussão não foi conclusiva. Os legisladores analisam o formato adotado pela Câmara Federal e estão escutando a avaliação dos parlamentares.


afastamento > Por problemas pessoais de saúde em sua família, a jornalista Renata Bezerra de Melo precisou se afastar deste espaço, que ela comanda com a sua competência e brilho particular. Desejamos o seu breve retorno com notícias positivas.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados