Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Deputado Federal Danilo Cabral cobra volta da Operação Carro-Pipa

7.3.21

/ por casinhas agreste
Da Folha PE

Por causa da suspensão do Programa Emergencial de Distribuição de Água, conhecido como Operação Carro-Pipa, o deputado federal Danilo Cabral, líder do PSB na Câmara dos Deputados, cobrou, através de pedido de informações, ao Ministério da Defesa, responsável pela ação em conjunto com o Ministério do Desenvolvimento Regional, a retomada da iniciativa. Segundo informações do governo federal, há problemas com a operação em todo país que o programa teria suas atividades completamente paralisadas em março.

“Temos recebido reclamações de vários municípios pernambucanos sobre a suspensão da distribuição de água por carros-pipa, que é uma importante iniciativa do governo federal para as localidades onde não há abastecimento d’água para consumo humano. Por isso, solicitamos aos ministérios informações e a pronta retomada do programa”, afirmou Danilo Cabral.

A Operação Carro-Pipa federal é executada há mais de 20 anos em toda a região rural do Semiárido, abrangendo os estados do Nordeste e parte de Minas Gerais e Espírito Santo. Em 2020, a média mensal de atendimento foi de cerca de dois milhões de pessoas em 600 municípios. No total, foram investidos R$ 603 milhões para o serviço. Uma das justificativas para a suspensão do programa é pelo fato de o Orçamento da União para este ano ainda não ter sido aprovado pelo Congresso Nacional.

“Mas os ministérios têm recebido créditos extraordinários para despesas emergenciais e a Operação Carro-Pipa, por ser recorrente, não é considerada emergencial. Isso é meramente burocrático. É claro que assegurar água potável para a população é uma questão urgente e que deveria demandar atenção do governo”, criticou Danilo Cabral. Em seu pedido de informação, o parlamentar questiona, inclusive sobre a operacionalização do programa neste ano.

De acordo com a vice-presidente da Amupe e prefeita de Surubim, Ana Célia, a situação de muitos municípios é dramática, sobretudo no Agreste de Pernambuco, onde o inverno não chegou. “Estamos em meio a uma crise sanitária, muitos reservatórios estão com níveis baixos e, onde tem água, não tem mais carro-pipa para captar e distribuir nas cidades e povoados”, declarou Ana Célia. A prefeita ressalta que, neste momento de grande dificuldade, a população precisa de proteção do Poder Público e não do corte de serviços básicos. "Nós só vamos conseguir vencer esta terrível situação se todas as esferas de governo fizerem a sua parte e atuarem juntas para proteger a vida dos nossos cidadãos e cidadãs”, acrescentou.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, tem 30 dias para responder ao pedido de informação a partir do seu recebimento, sob o risco de crime de improbidade.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados