Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Gado Bravo poderá ser governada pelo Presidente da Câmara Municipal até decisão do TSE

28.12.20

/ por casinhas agreste

Os bastidores da Política de Gado Bravo no Estado da Paraíba gera incertezas após a eleição deste ano que elegeu Evandro Araújo, Prefeito eleito com  2.783 votos o equivalente a 48,36%. O fato é o seguinte; após várias tentativas de reverter a situação de sua impugnação junto a justiça eleitoral, Evandro Araújo concorreu ao Superior Tribunal Eleitoral e não foi diplomado e terá que aguardar o julgamento do recurso. Como o TSE entrou em recesso tudo indica que Gado Bravo será governada pelo Presidente
 da Câmara. 
Nesta sexta feira 1º de janeiro acontece a eleição da mesa Diretora da Câmara, com a escolha do Presidente, há fortes chances do Município ser governado pelo Presidente interino até a definição  do Tribunal Superior Eleitoral se há nova eleição ou não. 
A questão agora é saber quem será o Presidente do Legislativo que terá a missão de chefiar o executivo até a decisão do TSE, o caso mantido ou não o indeferimento de Evandro Araújo até a realização de nova eleição. O nome só será conhecido no dia 1º de janeiro, quando os vereadores eleitos para o mandato de 2021- 2024 tomarão posse e elegerão a nova mesa diretora de Gado Bravo. A escolha definirá o Presidente, vice Presidente e Secretário. O Presidente eleito será o Prefeito interino de Gado Bravo. 

TSE paralisa pedidos de candidatos 'ficha suja' até definição do Supremo


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, decidiu no sábado (26) não garantir a diplomação de um candidato a prefeito de Pinhalzinho, no interior de São Paulo, que seria beneficiado com o esvaziamento da Lei da Ficha Limpa.

A decisão do ministro do STF Kassio Nunes Marques, encurtando o período de inelegibilidade para certos crimes, provocou uma corrida de candidatos a prefeito e vereador ao TSE. Barroso determinou a paralisação do processo de Pinhalzinho, até uma nova manifestação do Supremo sobre o assunto.

Ao menos cinco candidatos já acionaram o TSE para conseguir ser diplomados e assumir o cargo, em janeiro de 2021. Os casos foram encaminhados a Barroso, responsável pelo plantão do tribunal durante o recesso.
Segundo o jornal o Estado de S. Paulo, o ministro vai analisar cada caso para entender as peculiaridades de cada candidato, mas a tendência é que os demais processos também sejam suspensos à espera de uma decisão definitiva do plenário do STF.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados