Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Taxa de ocupação de leitos de UTI reduz para 72% em PE

07/07/2020

/ por casinhas agreste
Ocupação de leitos de UTI da rede estadual para a Covid-19 é de 72% Diario de Pernambuco

A taxa de ocupação atual dos leitos de UTI voltados para pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), incluindo a Covid-19, é de 72% na rede estadual. Ao todo, são 796 vagas de terapia intensiva no estado. Nas enfermarias, com 968 leitos, o índice de ocupação está em 45%. A média de ocupação dos leitos no estado é de 56%. Em maio deste ano, Pernambuco chegou a ter uma fila com mais de 300 pacientes aguardando por uma vaga no sistema de saúde.

Nesta segunda-feira (6), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, 513 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 433 (84%) são casos leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Os outros 80 (16%) se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave. Agora, Pernambuco totaliza 65.642 casos confirmados, sendo 20.270 graves e 45.372 leves.

Além disso, o novo boletim registra 46.417 pessoas curadas da Covid-19 no estado. Desse total, 9.983 são de casos graves e 36.434 casos leves. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 180 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha e de ocorrências de pacientes de outros estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 20 óbitos, sendo 12 pacientes do sexo masculino e oito do sexo feminino. Com isso, o estado totaliza 5.163 mortes pela doença. As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 5 de maio e 5 de julho. Os pacientes tinham idades entre 48 e 90 anos. As faixas etárias eram: 40 a 49 (1), 50 a 59 (4), 60 a 69 (5), 70 a 79 (5), 80 anos ou mais (5).

Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Abreu e Lima (1), Bom Conselho (1), Buíque (1), Caruaru (2), Igarassu (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Jaqueira (1), Olinda (2), Palmares (1), Paulista (1), Petrolina (2), Recife (3), Santa Cruz do Capibaribe (1), Serrita (1), Tacaratú (1).

Dos 20 pacientes que vieram a óbito, 15 apresentavam comorbidades confirmadas, como doença cardiovascular (10), diabetes (6), hipertensão (5), doença hepática (3), doença renal (3), AVC (2), doença respiratória (2), histórico de tabagismo (1), obesidade (1). A SES-PE esclarece que um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais casos ainda estão em investigação pelos municípios.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 16.386 casos foram confirmados e 20.630 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede
pública - estadual e municipal - ou privada. Pernambuco foi o primeiro estado brasileiro a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados