Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

PARAÍBA: Após decreto de Bolsonaro, igrejas católicas mantêm missas suspensas e recomendam isolamento social

26/03/2020

/ por casinhas agreste
Decisão de suspensão de atividades com aglomeração de pessoas foi mantida mesmo após Presidente da República incluir atividades religiosas como essenciais.
G1 PB
As igrejas católicas da Paraíba decidiram manter a suspensão de celebrações com presenças de fiéis mesmo depois da edição do decreto do presidente Jair Bolsonaro, que inclui atividades religiosas como uma atividade considerada essencial durante o combate ao novo coronavírus. De acordo com a determinação, por ser considerado um serviço ou atividade essencial, está autorizado a funcionar mesmo durante a quarentena.

Arquidiocese da PB suspende presença de fiéis em celebrações e adia batismos e casamentos
Coronavírus: saiba o que fazer se apresentar sintomas de contaminação na Paraíba
Serviços afetados pelo coronavírus na Paraíba
Diocese de Campina Grande vai exibir missas pela web; batismos e casamentos são suspensos
De acordo com a Arquidiocese da Paraíba, as recomendações de isolamento social seguem para que todos os fiéis permaneçam em casa evitando aglomerações e o aumento no contágio do coronavírus. As missas dominicais continuam sendo celebradas a portas fechadas nas matrizes de cada paróquia com, na medida do possível, transmissão online para os fiéis por meio de plataformas digitais.

A Diocese de Campina Grande também confirmou a permanência das medidas presentes no decreto publicado pelo bispo Dom Dulcênio Fontes de Matos, que determinou a suspensão da celebração de missas com fiéis, batismos e confissões.

As medidas valem para Campina Grande e outros 61 municípios que integram a diocese. No decreto, a recomendação é que as igrejas continuem abertas, mas que as pessoas visitem sem aglomeração. Os sacerdotes devem atender fiéis apenas em casos de extrema necessidade e mantendo os cuidados de prevenção de contágio do coronavírus.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados