Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Justiça autoriza ida de Lula a velório; trajeto será mantido em sigilo

01/03/2019

/ por casinhas agreste

Franklin Freitas/Estadão Conteúdo
Helicóptero da Polícia Civil chega a prédio da PF em Curitiba, de onde Lula seguirá para velório do neto


Neto do ex-presidente faleceu hoje, por volta das 12h, por meningite meningocócica
Lula soube da morte do neto pelo filho Sandro, por telefone
Lei autoriza saída temporária de presos em caso de morte de familiares
Neto de Lula deve ser cremado amanhã em São Bernardo do Campo (SP)
Segundo petistas, saída de Lula por morte do neto não deve ter manifestações políticas
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu autorização para deixar a prisão em Curitiba para acompanhar o funeral de um de seus netos em São Bernardo do Campo (SP). A informação foi confirmada por volta das 19h30 pela Justiça Federal do Paraná.

Arthur Araújo Lula da Silva, 7, morreu hoje em decorrência de uma meningite meningocócica. O enterro deve acontecer amanhã.

Segundo a assessoria de imprensa da Justiça Federal, os detalhes do deslocamento de Lula serão mantidos em sigilo para preservar a intimidade da família e garantir a segurança pública, bem como a integridade do ex-presidente.

Em uma petição enviada à Justiça no início desta tarde, a defesa do ex-presidente já havia assumido o compromisso de não divulgar o trajeto feito por ele caso a permissão para deixar a cadeia fosse concedida. Os advogados sugeriram, ainda, um acordo com as autoridades para "determinar providências específicas".

Segundo fontes ligadas ao PT, ainda há incerteza sobre a logística da viagem de Lula. Duas possibilidades estão sendo consideradas: a de o ex-presidente deixar a prisão ainda nesta noite ou a de ele sair de manhã. Caso o petista viaje hoje, há a possibilidade de que ele passe a noite na sede da Polícia Federal em São Paulo.

Na tarde de hoje, um helicóptero da Polícia Civil chegou ao prédio da PF em Curitiba, onde Lula está preso desde abril do ano passado. Ainda não se sabe se a aeronave será utilizada para deslocamento do ex-presidente.

Lula viajará a São Paulo em um avião do governo do Paraná, cedido pelo governador Ratinho Júnior (PSD) a pedido da PF.

Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente do PT, disse na tarde de hoje que o ex-presidente está muito abatido e já chorou várias vezes desde que soube da morte do neto. Ele recebeu a notícia pelo filho Sandro Luis, pai de Arthur, por telefone.

A autorização para que Lula deixe temporariamente a cadeia tem base na Lei de Execução Penal, que permite a saída de presos em regime fechado em casos de falecimento ou doença grave do cônjuge e de familiares.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados