Responsive Ad Slot

 


Últimas Notícias

latest

Em caso de privatização da Eletrobrás, 'eu tomo de volta', diz Ciro Gomes

31.5.22

/ por casinhas agreste

Correio Braziliense
crédito: Ed Alves/CB/D.A Press
O pedetista e pré-candidato ao Planalto, Ciro Gomes se posicionou contra a privatização da Eletrobrás, durante sabatina realizada pelo Correio Braziliense, nesta terça-feira (31). Ciro apontou que “há uma omissão indesculpável do Congresso brasileiro e do Supremo Tribunal Federal”, que teriam descoberto “um caminho absolutamente tortuoso para entregar o capital público brasileiro para interesses privados”, disse o ex-ministro a respeito do projeto cujos vetos presidenciais ainda pendem da avaliação no Congresso.

O pré-candidato disse que, caso seja eleito, mudará a maneira de calcular a tarifa de energia, que hoje é feita baseada no dólar. Essa seria “outra mamata” que Ciro afirma suspender. “Vão fazer o diabo para não deixar eu chegar lá [...], por isso é que eu vou até o fim: porque eu tenho segurança que o povo brasileiro vai acordar e vai ver o tamanho da canalhice que é vítima, nesses tempos trágicos que o Brasil está vivenciando. [...] Se fizerem isso, eu tomo de volta, mas não tem conversa. Pagarei as devidas indenizações, porque nosso país é sério”, pontuou.

Ciro aponta que haverá aumento da conta de luz caso a proposta seja sancionada. “É um crime que meteram jabutis ali que vão encarecer dramaticamente a conta de energia do povo, que só aqui em Fortaleza, subiu 25% em uma pancada só, sendo que nenhum dos custos da produção de energia brasileira cresceu sequer 5%. Canalhamente — lá vai a veemencia de Ciro Gomes — indexaram as tarifas de energia do povo brasileiro em dólar. E todo mundo aqui ganha em real”, criticou.

Diário de PE

Nenhum comentário

Postar um comentário

DIVULGAÇÃO

 


Veja também
© Todos os Direitos Reservados