Responsive Ad Slot

 


Últimas Notícias

latest

Mais da metade dos bairros de Campina Grande apresenta alto risco de infestação por Aedes aegypti

12.4.22

/ por casinhas agreste

Ao todo, 35 bairros do município apresentaram alto risco de proliferação das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, como dengue, zika e chikungunya.
Por g1 PB 
Dengue, Aedes Aegypti — Foto: Reprodução/EPTV


Mais da metade dos bairros de Campina Grande apresenta alto risco de infestação por Aedes aegypti, conforme mostra o Levantamento Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa). Os dados apontam que 4,4% das 8.826 casas vistoriadas apresentaram focos do mosquito. Ao todo, 35 bairros tiveram alto risco de proliferação das doenças transmitidas pelo mosquito, como dengue, zika e chikungunya.

O LIRAa, que é o primeiro divulgado no ano, identificou que os bairros com maiores índices são Liberdade, Jardim Paulistano e São José (7,4), e os bairros com menores índices apresentados no levantamento foram Velame, Bairro das Cidades e o Conjunto Acácio Figueiredo (1,6).


Na escala de grau de infestação presente no levantamento com base nos parâmetros do Ministério da Saúde, os bairros que contabilizarem infestação acima de 4% são considerados em alta infestação; entre 1% e 3,9%, são considerados de médio risco; e até 0,9% é considerado baixo risco de infestação.

Dos 61 bairros e localidades inspecionados em Campina Grande, 35 apresentaram alto risco de infestação, e outros 26 apresentaram médio risco. Nenhuma localidade apresentou baixo risco de infestação.

Os moradores de Campina Grande podem denunciar onde existam criadouros do mosquito através do serviço DengueZapp, disponibilizado pela Prefeitura, enviando fotos, vídeos e informações para o número (83) 99884-9535.

Nenhum comentário

Postar um comentário

DIVULGAÇÃO

 


Veja também
© Todos os Direitos Reservados