Responsive Ad Slot

 


Últimas Notícias

latest

Em Garanhuns, Danilo Cabral se compromete de ampliar a rede de saúde

22.4.22

/ por casinhas agreste

Em Garanhuns, Danilo Cabral faz promessas para a saúde

Na cidade do Agreste pernambucano, o peessebista se comprometeu a ampliar a rede estadual de saúde caso seja eleito. Foto: Marcus Mendes/Divulgação
O pré-candidato ao governo de Pernambuco Danilo Cabral (PSB) esteve em Garanhuns, nesta sexta-feira (22), e se reuniu o prefeito Sivaldo Albino (PSB), vereadores da cidade e aliados em pré-campanha. Na cidade do Agreste pernambucano, o peessebista se comprometeu a ampliar a rede estadual de saúde caso seja eleito.

“A Saúde será uma prioridade, até pela demanda que precisa ser ampliada. Tivemos nesse período recente agora uma pandemia que mostrou a importância do SUS. Quero valorizar o papel do Sistema Único de Saúde, que muitas vezes foi criticado. Se não fosse ele, certamente, teríamos muito mais vítimas da pandemia, além das mais de 600 mil vidas que perdemos. O governo do estado tem tido uma atenção especial com esse tema; há um claro reconhecimento desse papel, inclusive, do governador Paulo Câmara no enfrentamento da pandemia”, disse o pré-candidato em coletiva.

Danilo, que também cumpre agenda em Capoeiras, São Bento do Una e São Caetano nesta sexta, afirmou que “o governo tem feito investimentos expressivos desde a época de Eduardo”.

“Inauguramos oito hospitais, quase um hospital a cada dois anos. Lá na região metropolitana e também no interior. Esse é um assunto especial; conversava com Sivaldo agora há pouco, para estruturar o Hospital Dom Moura. Ajudar Sivaldo na estruturação da rede municipal de saúde, que ajudará a desafogar a saúde do ponto de vista regional”, prometeu.

Danilo também mencionou o investimento em telemedicina como algo a ser realizado numa eventual gestão sua. “Uma coisa que vai acontecer e eu queria falar sobre isso é sobre o legado da pandemia. Temos que tirar as lições do que ela nos trouxe. Na questão da saúde, temos um serviço que foi utilizado na pandemia e já era utilizado em larga escala em outros países, mas não aprofundado pelo Brasil. Mas nós vamos fazer isso aqui”, propôs.

Nenhum comentário

Postar um comentário

DIVULGAÇÃO

 


Veja também
© Todos os Direitos Reservados