Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Pernambuco confirma primeira morte pela Variante delta outras 15 pessoas adquiriram a nova cepa

10.9.21

/ por casinhas agreste

O governo de Pernambuco confirmou, nesta sexta-feira (10), a primeira morte de morador do estado infectado pela variante delta da Covid-19, além de 15 novos casos da nova cepa do coronavírus. Com isso, subiu para 29 o número de ocorrências dessa linhagem, de acordo com as análises do Instituto Aggeu Magalhães, da Fiocruz.
Esta foi a segunda morte provocada pela variante Delta ocorrida em território pernambucano. A primeira foi de um tripulante filipino de um navio que ficou retido no Porto do Recife, em julho.
A nova morte confirmada para a delta foi de um idoso de 75 anos, morador do Recife, que faleceu no dia 23 de agosto.
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, ele tinha comorbidades como diabetes e doença cardiovascular crônica, além de ser portador de marcapassos.
No dia 18 de agosto, o governo estadual confirmou a transmissão comunitária desse tipo de variante do novo coronavírus. Esse tipo de transmissão fica caracterizado quando não é possível saber quem passou a doença.
De acordo com a SES, 22 amostras do novo coronavírus foram sequenciadas desde o dia 2 de setembro. Dessas, 15 (68%) foram identificadas como sendo da variante delta, mais transmissível que as cepas majoritariamente encontradas no estado.

Desses 15 pacientes, 14 são de cidades pernambucanas e um foi testado e notificado por Fernando de Noronha, mas é de Ubatuba (SP). As cidades em que houve novos registros da variante delta são as seguintes:

Araçoiaba (1);
Caruaru (4);
Escada (1);
Jaboatão dos Guararapes (1);
Jataúba (2);
Quipapá (1);
Recife (3);
Fernando de Noronha (1);
São Paulo/Ubatuba (1).



Sintomas da variante delta — Foto: Arte BBC


Entre os 15 novos casos da variante delta, sete foram identificados em homens e oito, em mulheres, com idades entre 11 e 75 anos.


As faixas etárias são: 10 a 19 (3), 20 a 29 (3), 30 a 39 (3), 40 a 49 (2), 50 a 59 (2), 60 a 69 (1) e 70 a 79 (1).

Das amostras que positivaram para a variante delta, 14 foram notificados como casos leves. Os municípios de origem foram orientados a investigar e acompanhar os casos. O único caso de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) foi do idoso morador do Recife que morreu.
Os outros sete casos sequenciados pelo Aggeu Magalhães foram da sublinhagem gamma (31,8%), em moradores de Fernando de Noronha (2), Frei Miguelinho (3) e Paulista (1), além de um de Mossoró (RN).


Veja 5 pontos sobre a variante delta

Histórico
Além dos 15 novos casos registrados nesta sexta-feira (10), quatro foram confirmados no dia 2 de setembro. Os pacientes eram de Olinda (1), Ipojuca (1), Caruaru (1) e Araripina (1).

Em 27 de agosto, houve oito casos: Recife (5), Olinda (1), Cabo de Santo Agostinho (1) e Exu (1). Antes disso, no dia 18 do mesmo mês, mais houve duas confirmações: Abreu e Lima (1) e Olinda (1).

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados