Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Paraíba dobra número de mortes por Covid-19 em 38 dias e chega a 2 mil óbitos em 145 cidades

10/08/2020

/ por casinhas agreste
Estado atingiu as mil mortes no último dia 2 de julho. Já o número de duas mil pessoas mortas, após infecção pelo novo coronavírus, foi confirmado nesse domingo (9).
G1 PB
A Paraíba dobrou, em pouco mais de um mês, o número de mortes causadas pela Covid-19. No início julho, mais especificamente no dia 2, o estado alcançou a marca de mil pacientes que morreram pela doença, enquanto nesse domingo (9) chegou em 2 mil óbitos causados pelo novo coronavírus. O G1 analisou os dados epidemiológicos estaduais, conforme informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES).
Ao todo, 145 cidades da Paraíba já registram mortes por Covid-19 até esse domingo (9).
Memorial das vítimas de Covid-19
Curva de contágio: evolução de casos confirmados, mortes, gráficos e dados
Saiba o que fazer se apresentar sintomas de contaminação na Paraíba
Curva das mortes por Covid-19 na Paraíba
G1 acompanha casos.
A primeira morte oficialmente registrada no estado foi a de um homem de 36 anos, com diabetes, que morava em Patos. Ele apresentou os primeiros sintomas no dia 25 de março e foi internado em um hospital no município. No dia seguinte, foi transferido para João Pessoa com suspeita de Covid-19, que foi confirmada no dia 30 de março. Um dia depois, ele morreu em decorrência da doença.

Uma das mortes mais recentes foi a de Geraldo Arnaud de Assis Júnior, mais conhecido por Dr. Geraldinho, que morreu na última quinta-feira (6). Ele foi vice-prefeito de Pombal e diretor do Hospital Regional da cidade sertaneja. O médico procurou uma unidade hospitalar de sua cidade em 22 de julho e cinco dias depois acabou sendo transferido para o Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, uma das referências no tratamento da doença.

Dr. Geraldinho era médico e foi vice-prefeito de Pombal entre 2009 e 2016 — Foto: Assessoria Pollyana Dutra / Divulgação
Dr. Geraldinho era médico e foi vice-prefeito de Pombal entre 2009 e 2016 — Foto: Assessoria Pollyana Dutra / Divulgação

No gráfico das novas mortes provocadas pela Covid-19 por dia, considerando a data da confirmação do diagnóstico, o dia 30 de junho foi o que apresentou mais mortes, com 46 óbitos confirmados, desde o início da pandemia.

Ao avaliar os óbitos por Covid-19 na Paraíba pela data da morte, é possível notar que o dia 3 de julho foi o que teve mais mortes registradas, no intervalo de 131 dias contados do dia da primeira morte até o domingo (9). Nele, 24 paraibanos morreram vítimas do novo coronavírus.

Já o gráfico dos óbitos por Covid-19 por faixa etária disponibilizado pela Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba mostra que o índice de mortes sobe, conforme o aumento da idade. Pelo menos 614 pacientes com idade a partir dos 80 anos morreram após serem contaminadas pelo novo coronavírus.

Faixa etária dos óbitos por Covid-19 na Paraíba
Dados disponibilizados até 06/08
Número de mortes
O grupo menos afetado por mortes, no estado, é do das crianças. No entanto, dois bebês que estavam internados no Hospital Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB) contraíram a doença e morreram. A unidade hospitalar chegou a suspender, no dia 30 de julho, internações na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal.

Um dos municípios sem casos e mortes confirmados pela doença é Ouro Velho, no Cariri do estado. No entanto, o Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba identificou que os testes para detecção da Covid-19 realizados na cidade estavam sendo feitos de forma inadequada e ineficaz.

Ainda de acordo com a SES, a taxa de letalidade da doença no estado é de 2,2%. João Pessoa, sozinha, concentra 699 das 2.000 mortes na Paraíba, enquanto Campina Grande ocupa a segunda posição no ranking de maior número de mortos, com 244 mortes.

Quase 58% das mortes por Covid-19 na Paraíba eram de homens, com 1.152 vítimas. As mulheres representam pouco mais de 42% das mortes, com 848 óbitos.

Sexo das pessoas que morreram por Covid-19 na PB
Dados disponibilizados até 06/08
Masculino: 57,53 %
Feminino: 42,47 %
Masculino
57,53 %
Fonte: SES
A maior parte dos pacientes que morreram por Covid-19 na Paraíba tinham hipertensão, diabetes ou eram cardiopatas. Segundo os dados da SES, 668 tinham diabetes, 619 vítimas eram hipertensas, e 426 eram cardiopatas, sendo que várias delas apresentavam duas ou mais comorbidades.

Também há registros de mortos que tinham obesidade, doenças neurológicas, doenças renais, doenças respiratórias, doenças hepáticas, doenças do aparelho digestivo, doenças hematológicas, transtorno mental, imunossupressão, neoplasia, tabagismo, etilismo, entre outros.

Doenças preexistentes em pessoas que morreram de Covid-19

Doença preexistente Quantidade
Diabetes 668
Hipertensão 619
Cardiopatia 426
Doença neurológica 133
Doença respiratória 122
Obesidade 116
Doença renal 106
Outros 69
Tabagismo 61
Imunossupressão 36
Doença hepática 32
Etilismo 30
Neoplasia 25
Doença hematológica 11
Transtorno mental 8
Doença do aparelho digestivo 4


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados