Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Nove barragens estão com volume de água acima da capacidade em Pernambuco

26/07/2019

/ por casinhas agreste
Apesar de os reservatórios estarem "sangrando", Compesa informou que não houve mudança no abastecimento de água.
Por G1 PE
Barragem de Pirapama, no Grande Recife, está 'sangrando' — Foto:  Barragem de Pirapama, no Grande Recife, está 'sangrando' — Foto: Compesa/Divulgação

As chuvas que atingiram o Grande Recife nos últimos dias provocaram o aumento do nível das barragens em Pernambuco. No estado, a água chegou a exceder a capacidade de armazenamento de nove reservatórios, de acordo com informações disponibilizadas no site da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).
Segundo informações divulgadas pelo governo do estado nesta quinta-feira (25), durante reunião do Comitê de Monitoramento de Chuvas, na próxima semana, está prevista a apresentação de ações para melhorar o abastecimento.
Por enquanto, apesar de nove barragens estarem "sangrando", a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que não houve mudança no regime de fornecimento de água, baseado em um rodízio.
O governo destacou que houve significativa melhora nos níveis das represas, principalmente na Região Metropolitana Norte, e ressaltou uma melhoria no interior. Mesmo com o grande volume de água nos reservatórios, a Apac afirma que não há risco paras as áreas vizinhas.
A barragem que mais encheu foi a de Mundaú, em Garanhuns, no Agreste. A capacidade do reservatório é de 1,969 milhão de metros cúbicos e, nesta quinta-feira (25), ela chegou a 2,278 milhões de metros cúbicos. O volume se encontra em 115,7% do total.
As quatro barragens do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, superaram seus volumes. Bita tem capacidade de 2,780 milhões de metros cúbicos e chegou a 2,898 milhões de metros cúbicos, com 104,2% de sua capacidade.
Gurjaú tem capacidade para 1,063 milhões de metros cúbicos, mas chegou a 1,172 milhões de metros cúbicos, com 110,3% acima do volume máximo.
A barragem de Pirapama tem capacidade de 58,436 milhões de metros cúbicos. Nesta quinta, ela estava com 58,473 milhões de metros cúbicos. O volume chegou a 100,1%.
O reservatório de Sicupema tem capacidade de 3,2 milhões de metros cúbicos e atingiu 3,305 milhões de metros cúbicos, nesta quinta. O acumulado é de 103,3% do total.

Em São Lourenço da Mata, a barragem de Matriz da Luz obteve 103,1% do seu volume total. O reservatório consegue conter 1,246 milhões de metros cúbicos, mas chegou a 1,285 milhões de metros cúbicos.

Em Vicência, na Zona da Mata, a barragem de Siriji pode conter 17,260 milhões de metros cúbicos. Nesta quinta, ela atingiu 101,9% de seu total, com 17,580 milhões de metros cúbicos.

A barragem de Pau Ferro, em Quipapá, na Zona da Mata, tem capacidade para 12,175 milhões de metros cúbicos e atingiu, nesta quinta, 101% de seu volume, com 12,294 milhões de metros cúbicos.

Em Canhotinho, no Agreste, a capacidade da barragem de São Jacques é de 404 milhões de metros cúbicos. O volume chegou a 102,7%, com 415 milhões de metros cúbicos.

Chuvas
Ainda segundo o governo, em 2019, choveu no Grande Recife 884,7 milímetros, em menos de sete meses. Isso corresponde a quase 70% do volume de chuvas que caiu em todo o ano de 2018. Nos 12 meses do ano anterior, foram registrados 1.260 milímetros de chuva.

Na Zona da Mata Sul, houve 1.050 milímetros de chuva, em sete meses. Isso equivale a 89% do que foi registrado em todo o ano de 2018, quando houve 1.168,3 milímetros de precipitações.

Na Zona da Mata Norte, foram contabilizados 839,8 milímetros de chuva, o que equivale a 84% dos 994,3 milímetros registrados no ano passado.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados