Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Dia D convoca 2 milhões para vacinação contra a gripe neste sábado (04)

02/05/2019

/ por casinhas agreste
Dia D convoca 2 milhões para vacinação contra a gripe
Apenas 22% do público-alvo em Pernambuco recebeu a imunização; ação ocorre no sábado (4)

Portal Folha PE

Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco
O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação ocorre neste sábado (4). A ação convoca os 2 milhões de pernambucanos dos grupos prioritários para receber a dose contra a influenza. Em Pernambuco, até esta quinta-feira (2), apenas 22% do público-alvo, um total de 582.859 pessoas, foi vacinado. A meta da campanha é imunizar, no mínimo, 90% de 2,6 milhões de pernambucanos inclusos na imunização até o dia 31 de maio. Os dados são de balanço da Secretaria Estadual de Saúde.
Dos grupos prioritários, gestantes, indígenas e puérperas (mulheres com até 45 dias de parto) já ultrapassam 40% do público vacinado. Já professores e idosos estão abaixo dos 15%. Os postos de saúde ficarão abertos no sábado do Dia D para melhorar os índices de vacinação. 
Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Ana Catarina de Melo, quanto antes for aplicada a dose, mais rápido a pessoa ficará protegida contra os três vírus da influenza inclusos na vacina. Por isso, é importante a ida a alguma unidade de saúde para tomar a vacina.

Devem receber a vacinação os seguintes grupos prioritários: 
- crianças entre 6 meses e 5 anos, 11 meses e 29 dias,
- gestantes, idosos (60 anos ou mais), 
- puérperas,
- trabalhadores da saúde,
- professores das escolas públicas e privadas,
- povos indígenas,
- portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais,
- adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas,
- população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional,
- policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas

Documentos
Além de levar a carteira de vacinação e um documento de identificação, parte do público-alvo precisa apresentar documentos que provem a necessidade da vacinação. Profissionais das redes públicas e privadas de educação e de saúde devem levar comprovantes laborais, como crachás ou carteira de trabalho, por exemplo. Mulheres puérperas necessitam de comprovação de que passaram por parto nos últimos 45 dias. Já as pessoas com comorbidade têm de apresentar encaminhamentos médicos justificando a aplicação da vacina.

Influenza 
A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos. Após contato com superfície recém-contaminadas, o agente infeccioso pode ser levado diretamente à boca, aos olhos e ao nariz. 

Complicações clínicas ou morte podem acometer as pessoas do grupo de alto risco. Crianças de até seis anos são as principais fontes de transmissão do vírus, que pode ser eliminado em até três semanas.

Sintomas: início súbito de febre, tosse, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, mal-estar, dor de garganta e coriza.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados