Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Resultado do Sisu já pode ser consultado

Informações podem ser pegas pela internet e pelo aplicativo


Foto: Reprodução/Internet
O Ministério da Educação (MEC) divulgou, no início da tarde desta segunda-feira (28), o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pela internet e pelo aplicativo. Os estudantes que não foram selecionados podem participar da lista de espera a partir desta terça-feira (29).

Já os que forem selecionados devem fazer a matrícula nas instituições de ensino no período de 30 de janeiro a 4 de fevereiro. Os estudantes devem ficar atentos aos dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em edital próprio.

O Sisu, cujas inscrições foram encerradas neste domingo (27), teve mudança no que diz respeito à lista de espera. O novo período para que os candidatos manifestem o interesse em participar dela é de 0h desta terça às 23h59 (horários de Brasília) de 5 de fevereiro.

A principal novidade deste ano é que os estudantes que forem selecionados em qualquer uma das duas opções feitas na hora da inscrição não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda opção podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Ao todo, o Sisu ofereceu, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, 3,5 milhões de estudantes preencheram os requisitos.

É por meio do Sisu que os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 podem pleitear uma vaga nas instituições de ensino. O sistema substituiu os antigos vestibulares feitos individualmente pelas universidades. Entre as universidades e institutos federais do estado, 15.094 vagas são oferecidas. Dessas, 14.284 são disponibilizadas em solo pernambucano, já que das 1.610 vagas ofertadas no sistema pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), apenas 800 são nos campi de Petrolina e Salgueiro. As demais são oferecidas nas unidades da Bahia e do Piauí.

O estudante Guilherme Cavalcanti, 17 anos, procurou entender o sistema para não ter dúvidas em relação às opções. "Nos anos anteriores, vi as notas e os pesos das provas para o curso que quero. Geralmente, as notas para entrar não mudam radicalmente, então dá para ter uma ideia de como será", disse. Ele busca uma vaga em física ou no conjunto de engenharias da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados