Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Vídeo - Protesto contra aumento do combustível é registrado na PE 90 em Surubim, no Agreste de PE

Portal Casinhas Agreste com Jornal do Comércio

Foi  registrado um protesto contra o aumento do preço do combustível, na cidade de Surubim, no Agreste de Pernambuco. A mobilização faz parte de uma série de movimentos contra as altas taxas e impostos embutido no preço do combustível. O protesto foi registrado na PE 90 nas proximidades da AABB.






 

Além de Surubim, vários protestos estão acontecendo em várias cidades de Pernambuco e na Capital.  Os Caminhoneiros protestam em Pernambuco pelo terceiro dia consecutivo.
Protestos também  acontecem na rodovia PE 90, em Vertentes, Toritama e Taquaritinga do  Norte em Pão de Açúcar.  Motoristas colocaram pneus e atearam fogo


Em Pernambuco, o protesto de caminhoneiros contra o aumento do preço do diesel continua em seu terceiro dia consecutivo. Desde a última segunda-feira (21), a categoria realiza manifestações nas rodovias federais de vários estado brasileiros. Nesta quarta-feira (23), há manifestantes em diversos pontos das BRs. Confira em quais locais acontecem protestos:

BR-316, km 80, em Ouricuri

BR-423, km 97, em Garanhuns

BR-428, km 142, em Petrolina

BR-316, km 143, em Parnamirim

BR-101, km 83, em Jaboatão dos Guararapes

BR-316, km 303, em Serra Talhada

BR-407, km 113, m Petrolina

BR-101, km 50, em Abreu e Lima

BR-104, em Caruaru, em frente à Rodoviária

BR-232, km 177, em Belo Jardim

BR-101, km 41, em Igarassu

Nessa terça (22), a Petrobras anunciou que reduzirá os preços de diesel e gasolina nas refinarias a partir dessa quarta. Registro de protesto também na Avenida Portuária, em Suape, fora da área de concessão da Rota do Atlântico.  

Protestos
Os caminhoneiros pedem a redução da carga tributária sobre o diesel. Reivindicam a zeragem da alíquota do PIS/Pasep e Confins e a isenção da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico). Os impostos representam quase a metade do valor do diesel na refinaria. Segundo eles, a carga tributária menor daria fôlego ao setor, já que o diesel representa 42% do custo da atividade.
Falta de combustível nos postos
A paralisação nacional dos caminhoneiros, que protestam por conta da alta do preço do diesel, tem reflexos diretos na vida do pernambucano. Na manhã desta quarta-feira (23), vários postos de combustíveis do Grande Recife registram falta de álcool e gasolina. A reportagem do JC esteve em postos na PE-15, em Olinda, em Água Fria, Zona Norte do Recife e na Barão de Souza Leão, em Boa Viagem, e encontrou o mesmo cenário: bombas vazias e motorista dando marcha a ré.

Ônibus do Grande Recife
Devido à paralisação dos caminhoneiros, a Região Metropolitana do Recife (RMR) terá menos ônibus nas ruas nesta quarta-feira (23). De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transporte, a medida emergencial foi tomada porque a paralisação começou a comprometer o abastecimento de óleo diesel nas empresas operadoras. O número de viagens, cerca de 26 mil por dia, sofrerá uma redução de 8% no início da manhã.

A frota nas ruas será a mesma utilizada no período de férias de janeiro de 2018. Dos cerca de 2.700 ônibus que circulam diariamente pela RMR, aproximadamente 200 não estarão em operação. Ao longo do dia, o consórcio vai acompanhar a operação dos ônibus e a paralisação dos caminhoneiros e poderá adotar outras medidas.



Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados