Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Falsa representante de viagens de comunidade católica aplica golpe em fiéis


Cerca de R$ 50 mil teriam sido arrecadados pela mulher; ela sumiu depois de pedir aviso prévio à prefeitura de Vitória de Santo Antão, onde trabalhava

Por: Portal FolhaPE 
Foto: Priscilla Aguiar/Portal FolhaPE
Uma mulher que se passava por representante de vendas da comunidade católica Obra de Maria aplicou um golpe em um grupo de fiéis de Vitória de Santo Antão e Glória do Goitá, na Zona da Mata, e Gravatá, no Agreste. A promessa era de uma viagem a santuários religiosos em Portugal, com saída prevista para o próximo dia 14 de maio. 

Após algumas reuniões e pagamento das primeiras parcelas, o grupo desconfiou da situação quando a suposta funcionária pediu aviso prévio à prefeitura de Vitória, onde trabalhava. Cerca de R$ 50 mil teriam sido arrecadados para a suposta viagem do grupo. Pelo menos 20 pessoas foram prejudicadas.



"Ela tinha uma certa credibilidade no meio. Chegou a entregar roteiro de viagem, foi uma coisa muito bem elaborada", disse a professora Aline Raniere, de 33 anos, moradora de Vitória de Santo Antão e uma das lesadas pela provável estelionatária. "Entramos em contato com a comunidade que disse que não tinha nenhum dinheiro, nenhum repasse, não tinha nem contrato. Eles lamentaram o ocorrido", acrescentou Aline, que disse que a viagem custaria R$ 12 mil.

Segundo a professora, esta foi a segunda vez que a mulher aplicou o golpe. "Descobrimos que ela fez a mesma coisa em fevereiro com uma viagem para São Paulo. Vendeu a viagem e não repassou o dinheiro para a comunidade", disse Aline. Um boletim de ocorrência foi registrado à época. A professora conta que o grupo tem contratos, todos os documentos, boletos e queixas registradas em delegacia. "A viagem existe mesmo, mas o nosso nome não está lá", lamentou Aline.

Procuradas pela reportagem, a Delegacia de Vitória de Santo Antão e a Rosa Mística Viagens e Peregrinações - braço da comunidade Obra de Maria responsável pelas viagens - preferiram não comentar o caso.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados