Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Com dois de Wallace, Náutico atropela Sport e vira líder do Estadual


Meia do Timbu marcou dois gols da vitória na Arena de Pernambuco

Fã de Kuki, Wallace Pernambucano foi o herói do Náutico na Arena / Alexandre Gondim/JC Imagem
Do JC
“Quando Kuki fazia aqueles gols e a torcida ia ao delírio, eu ficava louco. Eu disse a ele: ‘vi você jogar e hoje estou trabalhando ao seu lado. É uma honra para mim”. Essas foram as primeiras palavras de Wallace Pernambucano com a camisa do Náutico. Na sua apresentação, o meia nascido em Escada não escondeu a felicidade de vir jogar pelo Timbu. Nesta quarta (24), foi ele que botou o sorriso no rosto dos alvirrubros. Com dois gols de Wallace, o Náutico bateu o Sport por 3x0, pela terceira rodada do Estadual, na Arena de Pernambuco. Triunfo que colocou o Náutico na liderança do certame local, com seis pontos.
Quer receber notícias todos os dias? 
Curta nossa página e receba notícias diariamente


Durante toda a semana, o favoritismo foi todo colocado no Sport. Com investimento 17 vezes maior que o Timbu no futebol (cerca de R$ 3,4 milhões x por volta de R$ 200 mil), o Leão está na Série A, enquanto os alvirrubros vão voltar a disputar uma Série C após 18 anos. Dentro de campo, porém, a conta bancária não entrou em campo, como previu o meia Júnior Timbó. E o clube da Rosa e Silva foi bem melhor que os rubro-negros nos 90 minutos.
O JOGO
Um primeiro tempo perfeito do Náutico. Nos 45 minutos iniciais, a equipe alvirrubra foi cirúrgica no ataque e segura na defesa. Já o Sport, mesmo com mais posse de bola, não conseguiu ser incisivo, com apenas um lance de perigo na primeira etapa.

O primeiro lance de perigo da partida foi logo para abrir o placar na Arena. Aos 11 minutos, jogada ensaiada do Náutico. Em escanteio, Gabriel Araújo rolou para Medina. Em cruzamento rasante, o meia encontrou Wallace Pernambucano, que deu uma cabeça forte e estufou as redes do Leão. Três minutos depois, o Sport deu seu único chute na primeira: Marlone cruzou na área e Anselmo cabeceou para boa defesa de Jefferson.

Próximas
Com a vantagem, o Timbu se fechou mais ainda, esperando as oportunidades no contra-ataque. Na primeira, aos 36, Negretti lançou Medina. Atrás de Sander e em velocidade, Medina recebeu pela direita e tentou encobrir Magrão, que defendeu com tranquilidade, Na segunda chance, o segundo gol de Wallace Pernambucano. Com 41, contra-ataque mortal do Náutico. William Gaúcho lançou Wallace Pernambucano, que ganhou na velocidade para Pedro Castro e tocou por cima do arqueiro rubro-negro.



Já a segunda etapa repetiu o roteiro da primeira: o Sport com mais posse de bola, mas poucas chances de gol, e o Timbu bem seguro na defesa e tentando sair nos contra-ataques. A única jogada de perigo leonina foi aos 15 minutos, quando Anselmo chutou e Jefferson defendeu. Novamente cirúrgico, o Náutico fez o terceiro com Tharcysio. Aos 47 minutos, o atacante arrancou pelo meio e venceu Magrão em chute forte.

FICHA DE JOGO

NÁUTICO
Jefferson; Thiago Ennes, Breno Calixto, Camutanga e Kevyn; Negretti, Willian Gaúcho (Hygor) e Josa; Medina, Wallace Pernambucano (Tharcysio) e Gabriel Araújo (Luiz Henrique). Técnico: Roberto Fernandes.

SPORT
Magrão; Felipe Rodrigues (Raul Prata), Ronaldo Alves, Durval e Sander; Anselmo e Pedro Castro (Thallyson); Marlone, Thomás (Juninho) e Gabriel; Rogério. Técnico: Nelsinho Baptista

Local: Arena de Pernambuco. Árbitro: Pericles Bassols (PE). Assistentes: Marcelino Castro e Bruno Vieira (ambos de PE). Gols: Wallace Pernambucano, aos 11 min e aos 41 min do 1ºT, e Tharcysio, aos 47 min do 2ºT. Cartões amarelos: Kevyn e Josa (N); Anselmo e Rogério (S). Público: 3.385. Renda: R$ 73.235,00.



Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados