Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Presidente da Câmara de Belo Jardim é condenado e pode perder mandato


O presidente da Câmara de Vereadores de Belo Jardim, no Agreste do Estado, Gilvandro Estrela (PV), foi condenado pela Justiça Federal por abuso de poder político e econômico. A decisão será encaminhada para o Tribunal Superior Eleitoral que decidirá se o parlamentar pode perder os direitos políticos e o mandato de vereador. O motivo da condenação foi uma denúncia feita contra o político no ano passado, alegando que ele advogava em troca de votos. 

Por meio de nota, o presidente da Câmara informou que os denunciantes são ligados a seu opositor político, o ex-prefeito João Mendonça, e que ele irá recorrer da decisão. “Estou de consciência tranquila, pois crime nenhum cometi, e se preciso fosse faria tudo de novo pelos necessitados de Justiça do nosso município”, diz a nota.

NOTA DE ESCLARECIMENTO PÚBLICA:
Venho através desta nota informar ao povo de Belo Jardim e a quem interessar possa, que acabei de ser informado pelo meu advogado, Dr. Rodrigo Albuquerque, que o Juiz Eleitoral de nosso município acabou de me CONDENAR, POR SENTENÇA de 1º grau, a PERDA dos meus direitos políticos e ao mandato de Vereador, por abuso de poder político e econômico, em razão de denúncia contra minha pessoa feita no ano passado por alguns advogado(a)s, a maioria deles ligado(a)s ao ex-Prefeito cassado João Mendonça.
Tal denúncia afirmava que eu advogava em troca de votos e que mesmo exercendo o cargo de Presidente da Câmara de Vereadores continuei advogando (PURA MENTIRA)!
Como é do conhecimento de todo(a)s, desde o ano de 1984 até o final de 2014, por exatos 30 anos, sempre defendi os interesses das pessoas pobres e humildes de Belo Jardim, inclusive daquelas principalmente ligadas ao meu COMPADRE JOÃO MENDONÇA, o qual entrou na vida pública em 1992, sempre contando com meu irrestrito apoio até meados de 2015, quando politicamente passamos a ficar em lados opostos.
A partir de Janeiro de 2015 até o momento atual, o qual se estenderá ao final de dezembro de 2018, em face da minha Presidência da Câmara, jamais ajuizei qualquer ação na Justiça e o próprio magistrado sabe disso.
Não cabe a minha pessoa entrar no mérito da decisão, pois a justiça me garante o direito de recursos aos Tribunais Superiores, e disso não abrirei mão para provar minha inocência!
Asseguro a todo(a)s que continuarei na vida pública, como Vereador e Presidente da Câmara Municipal, podendo ainda, caso deseje, até disputar um mandato de Deputado Estadual, o que não é minha pretensão.
Estou de consciência tranquila, pois crime nenhum cometi, e se preciso fosse faria tudo de novo pelos necessitados de justiça do nosso município.
Já outros políticos não podem dizer o mesmo, pois foram condenados, tiveram seus bens sequestrados pela justiça e ainda foram presos (ou estão na eminência de serem) por cometerem falcatruas com o dinheiro do povo!
Jamais utilizei dinheiro de Câmara ou Prefeitura para advogar, uma vez que criei meus filhos e mantive minha família com recursos obtidos como Professor da rede estadual de Pernambuco e também cobrando honorários de quem podia me pagar. A minha vida é um livro aberto e todo(a)s conhecem!
Nunca ninguém me chamou de ladrão do erário púbico e sabe da vida ilibada que possuo.
Vamos em frente, pois a vida continua, sempre com a proteção de DEUS, e um dia a verdade prevalecerá!

Gilvandro Estrela
Blog do Jamildo

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados