Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Suspeitos de tiroteio que feriu jornalista em Caruaru são presos


Um quarto suspeito de envolvimento no tiroteio morreu e outro está foragido

Foram apreendidas duas espingardas, dois revólveres calibre 38 e uma pistola ponto 40 / Foto: divulgação Polícia Civil
Foram apreendidas duas espingardas, dois revólveres calibre 38 e uma pistola ponto 40
Foto: divulgação Polícia Civil
JC Online

Três suspeitos de envolvimento no tiroteio que feriu o jornalista Alexandre Farias na noite do sábado (16), em Caruaru, no Agreste do Estado, foram presos na tarde desta segunda-feira (18). João Ranieri de Oliveira, de 32 anos, Vagner Santos Figueiredo, 30, e Victor Luiz Bezerra da Silva, de 20 anos foram detidos no Sítio Maniçoba, Zona Rural da cidade. Além das prisões, um quarto suspeito, João Pedro, que não teve a idade revelada, foi morto durante troca de tiros com a polícia. Mais um homem que também estaria envolvido com os suspeitos detidos fugiu. O grupo foi preso depois de troca de tiros entre as polícias Civil e Militar com os suspeitos.

De acordo com a Polícia Civil, foram apreendidas duas espingardas, dois revólveres calibre 38 e uma pistola ponto 40. Durante as investigações, dois homens foram avistados com armas. O apoio da Polícia Militar foi solicitado. Houve perseguição policial e umas troca de tiros que durou cerca de 15 minutos. Os detalhes da investigação e das prisões dos suspeitos serão apresentados, esta noite, em coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Defesa Social, no bairro de Santo Amaro, área central do Recife.

Leia Também
Apresentador da TV Asa Branca é vítima de bala perdida em Caruaru
Apresentador baleado em Caruaru: SDS divulga Disque-Denúncia
Estado de saúde de jornalista baleado em Caruaru é crítico, diz médico
Polícia deve dar prioridade a caso de jornalista baleado em Caruaru
Polícia já tem retratos falados de suspeitos de atirar em jornalista em Caruaru
Polícia apresenta retratos falados de suspeitos de atirar em jornalista
Investigação
Na manhã desta segunda, durante a coletiva, o chefe da Polícia Civil em Pernambuco, Joselito Amaral, informou que cinco pessoas participaram do tiroteio, e duas delas foram reconhecidas por testemunhas. O retrato falado da dupla chegou a ser divulgado. Os suspeitos deverão responder por crimes de tentativa de homicídio, lesão corporal grave e crimes por roubo qualificado.



Entenda o caso
Na noite desse sábado (16), o jornalista Alexandre Farias foi baleado na cabeça dentro de seu carro enquanto seguia para casa, no bairro do Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. No caminho, ele ficou no meio de um tiroteio causado por uma perseguição policial contra bandidos que estariam em um carro roubado. Ainda durante a fuga dos suspeitos, dois socorristas do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), que atendiam a vítima de um acidente de trânsito, também foram atropelados pelos bandidos.

Os socorristas foram levados para o Hospital Regional do Agreste (HRA) e não correm risco de morrer. Alexandre foi socorrido pelo Samu para a mesma unidade de saúde, mas acabou sendo transferido para o Hospital da Unimed do município. Após cirurgia, ele permanece internado em coma induzido. Os médicos dizem que o estado de saúde dele é grave.

Mais informações em instantes.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados