Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Em Bom Jardim, aumento de desconto previdenciário de 11% Para 13% gera polêmica




Um Projeto de Lei enviado pela prefeitura de Bom Jardim para apreciação e votação na Câmara Municipal de Vereadores está gerando polêmica e dividindo opiniões. O gestor municipal, João Lira (PSD), pretende aumentar de 11% para 13% o valor da alíquota para recolhimento previdenciário do servidor municipal, que é gerida por um Fundo Municipal de Previdência. Nessa terça (12), durante a sessão ordinária, vários funcionários do município ocuparam o plenário para impedir a aprovação. O documento diz a medida visa garantir a sustentabilidade do fundo previdenciário no futuro. Depois de debate entre situação e oposição, a votação foi adiada para a próxima semana. A mesa diretora informou que o gestor municipal foi convidado para prestar outros esclarecimentos na próxima reunião.

O vereador oposicionista Rufino Filho disse que a prefeitura deve adotar outras medidas e não comprometer ainda mais o salário do trabalhador. O parlamentar lembrou a necessidade de se promover concurso público. A vereadora Ana Nery também integra a bancada de oposição e disse que não votará favorável. Ela não vê o aumento como boa solução. Nenhum vereador da situação quis falar sobre o assunto. Atualmente, o Poder Legislativo conta com 13 vereadores: são 6 da base de oposição e 7 da situação, sendo a presidente da mesa, vereadora Valéria Lira, esposa do prefeito. O repórter Luís Correa acompanhou a reunião e trouxe detalhes na programação da Rádio Jornal Limoeiro.

BLOG DO AGRESTE

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados