São João de Aroeras dia 23

Quadrilha presa pela 'Operação Última Cartada' roubava carros por encomenda em PE

Os integrantes da quadrilha desarticulada pela ‘Operação Última Cartada’, deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco na quarta-feira (5), roubavam e furtavam veículos por encomenda. A informação foi repassada, nesta quinta-feira (6), no Recife, pelos delegados que comandaram as investigações, iniciadas há um ano. Trinta inquéritos apuram as ações dos bandidos.

Os agentes cumpriram 26 mandados de prisão preventiva e 21 de busca e apreensão, em nove cidades da Região Metropolitana e no interior do estado. De acordo com a polícia, a quadrilha costumava agir durante a madrugada em cidades do Grande Recife, a partir de pedidos feitos pelos receptadores, que vivem em cidades da Zona da Mata e Agreste.

O delegado titular de Repressão aos Roubos e Furtos de Veículos, Mauro Cabral, explica que os alvos eram principalmente veículos com valor alto de revenda no interior. “São Toyotas e Kombis. Os bandidos levavam os carros roubados para desmanches e tiravam peças, que eram comercializadas até em lojas especializadas”, afirmou.
Polícia apresentou o resultado da 'Operação Última Cartada' (Foto: Ascom/Polícia Civil) Polícia apresentou o resultado da 'Operação Última Cartada' (Foto: Ascom/Polícia Civil)

Polícia apresentou o resultado da 'Operação Última Cartada' (Foto: Ascom/Polícia Civil)

O delegado-adjunto de Repressão aos Roubos e Furtos de Veículos, Eduardo Aniceto, informa, ainda, que os receptadores dos carros, responsáveis pelas encomendas, eram sempre os mesmos. Três grupos diferentes praticavam os roubos e furtos, normalmente, de madrugada, no Grande Recife. “Eles levavam os automóveis para o interior”, observou.

Além de cumprir os mandados judiciais, os delegados e agentes conseguiram fazer um flagrante. “Tivemos informação de que a quadrilha faria mais uma ação em Timbaúba, na Zona da Mata Norte. Interceptamos o carro em que eles estavam e conseguimos prender quatro pessoas. Eles abriram uma casa, romperam os cadeados e levaram o veículo que estava na garagem”, disse.

O grupo, segundo a polícia, era organizado e tinha equipamentos para facilitar os roubos e furtos, bem como os desmanches. Foram encontrados selos de identificação do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), além de centrais eletrônicas.

“Os carros, normalmente, usam chaves codificadas, Com essas centrais eletrônicas, eles conseguiam dar a partida nos veículos. Os selos eram colocados nas placas para garantir a autenticidade do licenciamento”, comentou Aniceto.

A polícia afirma que ainda é preciso prender mais integrantes da quadrilha. Outros aspectos serão alvo da investigação. “Apreendemos carros de luxo, que podem ter sido comprados para facilitar a lavagem de dinheiro do crime”, declarou Mauro Cabral. “Vamos investigar como os bandidos conseguiram os selos do Detran”, reforçou Eduardo Aniceto.

A operação

Os agentes atuaram em Paulista, São Lourenço da Mata e Camaragibe, na Região Metropolitana, Paudalho e Timbaúba, na Mata Norte, além de Limoeiro, Surubim, Bom Jardim e Belo Jardim, no Agreste pernambucano. A ‘Última Cartada’ é a 23ª operação de repressão qualificada deflagrada pela Polícia Civil este ano.

A ação é fruto de uma investigação realizada pela Delegacia de Polícia de Roubos e Furtos de Veículos (DPRF), unidade do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri). Participaramm da ‘Última Cartada’ 160 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães. Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados para ao Depatri, no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife.
G1 PE

Reacções:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

AO VIVO SÃO JOÃO DE AROERIAS