São João de Aroeras dia 23

PARAÍBA: Água da transposição pode chegar até 30 de março em Boqueirão, diz Dnocs


Chuva na região do Cariri deve agilizar passagem da água pelo Rio Paraíba.
Na cidade de Monteiro, a água chegará um dia antes do prazo.

Do G1 PB
Facebook
ANA libera uso da água do açude de Boqueirão, na Paraíba (Foto: Reprodulção/TV Paraíba)
Açude de Boqueirão está com menos de 4% do volume total de água (Foto: Reprodulção/TV Paraíba/Arquivo)

As águas do Eixo Leste da tranposição do Rio São Francisco podem chegar ao açude de Boqueirão, no Cariri paraibano, no dia 30 de março. A nova previsão é feita pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) na Paraíba, depois de uma visita técnica que constatou que as chuvas registradas nos últimos dias estão ajudando a encharcar o leito do Rio Paraíba. A chegada da água em Monteiro também deve acontecer um dia antes do prazo estabelecido pelo Ministério de Integração, que antes seria até dia 6 de março.
saiba mais

    Transposição do Rio São Francisco concluiu metade do caminho até a PB
    Açude de Boqueirão atinge 4% do volume a dois meses da transposição
    MPF identifica esgoto em canal da transposição do São Francisco na PB

Segundo o coordenador do Dnocs na Paraíba, Alberto Batista, a previsão inicial era de que, depois que a água chegasse em Monteiro, ela levaria de 30 a 45 dias para chegar em Boqueirão, pois ainda precisa passar pelos açudes de Poções, Camalaú e pelo Rio Paraíba. Entretanto, com as chuvas e a melhora na condição do leito do Rio Paraíba, o Dnocs acredita que a água leve de 25 a 28 dias para chegar em Boqueirão.

Uma visita técnica foi feita à obra da transposição na quarta-feira (22). “Essa previsão de 30 a 45 dias era quando o rio estava seco. Mas, com essas chuvas na região do Cariri, o solo já está ficando saturado. Então a água vai ter uma maior facilidade de escoar pela calha do Rio Paraíba até chegar no açude de Boqueirão”, explicou ele.

Preparação dos açudes
Também para agilizar o processo de passagem da água pelos açudes Poções e Camalaú, que ficam no caminho entre Monteiro e Boqueirão, o Dnocs está abrindo canais de escoamento nas barragens. Assim, não vai ser necessário aguardar que os açudes cheguem aos 100% de volume para que a água siga o caminho. As obras do Dnocs nestes dois açudes vão ser concluídas na terça-feira (28), segundo o coordenador.

Depois de chegar ao açude de Boqueirão, a água vai perenizar o Rio Paraíba e seguir para as barragens de Acauã e Araçagi. Segundo o coordenador do Dnocs, depois a água ainda vai seguir para um perímetro irrigado que está sendo criado na região do município de Sapé, na Paraíba.
Chegada do túnel da transposição, eixo leste, em Monteiro (PB) (Foto: Artur Lira/G1)
Chegada do túnel da transposição, eixo leste, em
Monteiro, na Paraíba (Foto: Artur Lira/G1)

Transposição mais cedo em Monteiro
Sobre a chegada da água da tranposição em Monteiro, Alberto Batista disse que ela vai ser antecipada em um dia para que tudo esteja funcionando no dia da inauguração. “O presidente Michel Temer deve ir a Monteiro no dia 6 de março inaugurar a obra. Então a água vai chegar até o dia 5 para que ela já esteja correndo no dia da inauguração”, explicou o coordenador do Denocs. Ele visitou a obra na terça-feira (21), acompanhado do Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho.

Transposição passa por Sertânia (PE)
Nesta quinta-feira (23) a água da tranposição no eixo leste já está passando da barragem de Copiti, no município de Sertânia, em Pernambuco, com a ajuda das motobombas emprestadas pelo Governo do Estado de São Paulo. A água deve chegar na estação elevatória EBV5 no sábado (25) e depois segue para a EBV6, onde deve chegar no dia 2 de março. Depois da EBV6 a água elevada vai passar por um canal e um túnel, chegando a cidade de Monteiro no dia 5 de março por meio da gravidade.
Reacções:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

AO VIVO SÃO JOÃO DE AROERIAS