Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Operação Polícia nas Ruas prende 130 pessoas em PE durante 24h


Foram 41 mil abordagens no estado, incluindo pessoas, bares e veículos.
No Grande Recife, foram vistoriados 129 bares e 11 deles acabaram fechados.
Do G1 PE
FACEBOOK
  Em coletiva na SDS-PE, polícias Civil, Militar e o Corpo de Bombeiros divulgaram balanço da operação Polícia nas Ruas (Foto: Cláudia Ferreira/G1)
Em coletiva na SDS-PE, polícias Civil, Militar e o Corpo de Bombeiros divulgaram balanço da operação Polícia nas Ruas (Foto: Cláudia Ferreira/G1)
Após 24 horas com todo o efetivo das polícias Militar e Civil nas ruas do estado, 130 pessoas foram presas em Pernambuco. O balanço da Operação Polícia nas Ruas, realizada da meia-noite da quarta-feira (23) até o mesmo horário na quinta-feira (24) e que também contou com a participação do Corpo de Bombeiros, foi divulgado em uma coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE).
saiba mais
Defesa Social coloca todos os policiais nas ruas do estado por 24h
Polícia cumpre mandados de prisão e apura desvios na Câmara de Carpina
Bandidos explodem dois caixas eletrônicos no Centro de Convenções
Entrega de tornozeleiras para presos vira disputa entre governo e empresa
Outubro é mês com mais homicídios desde agosto de 2008, em PE
De acordo com o chefe da Polícia Civil, Antonio Barros, a polícia de Pernambuco nunca registrou um número assim em 24h. A Polícia Civil utilizou, ao todo, 939 policiais na operação, sendo 168 delegados e 771 agentes e escrivães, incluindo policiais cedidos pela Diretoria de Recursos Humanos (DIRH) da corporação e da SDS-PE.

“Fizemos um levantamento de vários mandados de prisão e fomos para a rua para cumpri-los. Então realmente foi um esforço muito grande, a operação de Polícia Civil chamou vários policiais que, ao mesmo tempo, cumpriram mandados de prisão e fazeram prisões em flagrante. E esse esforço vai ter continuidade. Há um comando claro por parte do secretário de Defesa Social, não é uma ação isolada”, prometeu o chefe de polícia.

Já a Polícia Militar colocou nas ruas 1.464 policiais a mais, que realizaram cerca de 41 mil abordagens em todo o estado. Foram abordadas 29.846 pessoas, 129 bares (junto com os Bombeiros) e 11.011 veículos. "O grande resultado que a gente pode tirar disso é a sensação de segurança que foi dada para a comunidade", afirmou o Coronel Carlos D'Albuquerque, comandante geral da Polícia Militar de Pernambuco.

Durante a coletiva, a SDS-PE informou que operações como essas serão frequentes no estado. A ideia é repetir a ação em áreas com maior índice de criminalidade e com uma frequência já estabelecida.
Com um número crescente de homicídios e a constante ocorrência de assaltos a bancos, a intenção da SDS-PE é tentar entregar uma sensação de segurança a população pernambucana.

Bar Seguro
Dentro da Operação Polícia nas Ruas, a ação Bar Seguro, na Região Metropolitana do Recife, teve o Corpo de Bombeiros de Pernambuco à frente. Foram vistoriados 129 bares no Grande Recife, dos quais 11 foram fechados, 13 foram interditados e oito notificados.

De acordo com o comandante geral da corporação, coronel Manoel Cunha, os que foram fechados não tinham condições de funcionar. Os principais problemas identificados foram falta de saídas de emergência ou sinalização que indique essas saídas e ausência de equipamentos de prevenção de incêndios móveis, a exemplos de extintores, e fixos, como hidrantes.

“Os interditados têm um prazo de 30 dias para se adequar e os que foram notificados têm pequenas melhorias a serem feitas”, explicou o comandante dos Bombeiros, que tiveram reforço de 50 homens nas ruas. “Lançamos mais duplas de guarda-vidas nas praias de Boa Viagem, Pina e Piedade e acrescentamos viaturas no serviço de resgate e no serviço de incêndio, por conta da grande difusão de queimadas nessa época do ano”, finalizou.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados