Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Assaltos a banco em PE são feitos com armas do exército dos EUA, diz Polícia Civil


Coletiva de imprensa foi convocada pelo chefe da Polícia Civil após mais uma madrugada de assalto a agência bancária em Pernambuco
Em coletiva de imprensa, o chefe de polícia alegou que é preciso uma ação conjunta em todo o Estado / Foto: JC
Em coletiva de imprensa, o chefe de polícia alegou que é preciso uma ação conjunta em todo o Estado
Foto: JC
JC Online

Após mais uma madrugada de assalto a banco em Pernambuco, o chefe da Polícia Civil do Estado, Antônio Barros, convocou coletiva de imprensa para anunciar novas medidas que deverão ser tomadas contra esse tipo de investida dos bandidos. Na tarde desta quarta-feira (2), ele relatou que armas do exército norte-americano são utilizadas para os assaltos, e que a polícia não tem como lidar com o crime organizado a partir das delegacias locais do Estado.


Nesta madrugada, moradores do município de Gameleira, na Zona da Mata Sul, viveram momentos de terror após o assalto a uma agência bancária e lojas do município. Com esse, em todo o Estado já são mais de 248 roubos a bancos, de acordo com dados do Sindicato dos Bancários.

O assalto, que ocorreu de forma semelhante às demais ações dos bandidos no Estado, desafiou mais uma vez a polícia, "que não tem como lidar com o crime organizado a partir das delegacias de bairro", de acordo com fala de Antônio Barros.

Em coletiva de imprensa, o chefe de polícia alegou que é preciso uma ação conjunta com outros estados. " Não é um crime que acontece só em Pernambuco, a maior parte dos bandidos não são pernambucanos (...) é preciso uma ação conjunta entre os estados", disse.

Barros ainda garante que os bandidos têm feito uso de "munição utilizada em guerra pelo exército americano" e que mais de uma quadrilha tem atuado nos assaltos.

Uma portaria foi assinada para criar um plano operativo de inteligência para tentar conter os assaltos a bancos e carros fortes cometidos no Estado.

Assalto em Gameleira
Durante a madrugada desta quarta-feira (2), cerca de 15 a 20 homens em 5 veículos promoveram momentos de terror no município da Zona da Mata Sul do Estado. Caixas eletrônicos do banco Bradesco e do banco do Brasil além de lojas foram assaltadas. Moradores relatam que por mais de uma hora tiros foram disparados pela cidade.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados