Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Mulher trans é assassinada a facadas em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco

8.7.21

/ por casinhas agreste

Diario de Pernambuco
Foto: Wagner Oliveira/DP
Uma mulher trans foi assassinada a facadas, na madrugada desta quarta-feira (7), em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste do estado. Fabiana da Silva Lucas, de 30 anos, estava em um bar quando perguntou onde ficava o banheiro. Um homem a seguiu e efetuou o crime. A Polícia Civil de Pernambuco informou que a motivação do crime ainda não foi desvendada, mas que investiga o caso.

O suspeito do crime não teve o nome revelado. Ele tentou fugir, mas foi alcançado e agredido por pessoas que estavam no local. De acordo com a polícia, o homem foi socorrido para o Hospital da Restauração, região central do Recife, onde está custodiado. 

Segundo a delegada responsável pelas investigações, Erica Fonseca, a polícia investiga o que levou o homem a matar Fabiana, tendo em vista que, "ao que tudo indica", conforme disse a delegada, a vítima não fez nada contra o suspeito. 

O corpo da mulher foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, também no Agreste do estado.  

Recorrência

Esse é o quarto caso de violência contra mulheres trans em menos de um mês. No dia 18 de junho, Kalyndra Selva foi encontrada morta dentro de casa, na Zona Sul do Recife. O companheiro da vítima é o principal suspeito do crime. 

No dia de São João, 24, Roberta Silva foi vítima de uma tentativa de homicídio ao ter 40% do corpo queimado por um adolescente, nas proximidades do Cais de Santa Rita. Ela encontra-se internada no Hospital da Restauração. Na última segunda-feira (2), a cabelereira Crismilly Pérola, também conhecida como Bombom, foi encontrada morta às margens do Rio Capibaribe após levar um tiro.

Segundo a ONG Transgender Europe (TGEU), o Brasil segue no topo das nações que mais matam travestis e transexuais no mundo.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados