Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua pede demissão seis dias após ação depressiva de PMs no Recife

4.6.21

/ por casinhas agreste

Secretário de Defesa Social de Pernambuco deixa o cargo, seis dias após ação repressiva da PM contra manifestantes no Recife
O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, colocou o cargo à disposição no início da tarde desta sexta-feira (04). O governador Paulo Câmara aceitou e nomeou para responder pela SDS o atual secretário executivo, Humberto Freire.
A queda ocorre em meio à repercussão do episódio de violência policial praticado contra manifestantes no último sábado, no centro do Recife. Duas pessoas que nem estavam participando do ato ficaram feridas com perda da visão em um dos olhos. O Ministério Público de Pernambuco abriu investigação para apurar o caso. A Secretaria de Defesa Social (SDS) faz apurações internas. Sete agentes envolvidos na ação já foram afastados das funções.


Na manhã desta sexta-feira, o governador Paulo Câmara já havia empossado o coronel Roberto Santana como novo comandante da Polícia Militar, em substituição ao coronel Vanildo Maranhão.

“Quero agradecer ao secretário Pádua por todo o seu trabalho em defesa do Pacto pela Vida nesses quatro anos, e ressaltar que a missão dada ao secretário Freire e ao comandante Roberto é que o episódio do último sábado não seja esquecido, para que nunca se repita. Os protocolos precisam ser revistos para que um comando de tropa na rua não possa se sentir autônomo a ponto de agir da maneira que agiu”, afirmou o governador.

O delegado da Polícia Federal Antônio de Pádua estava à frente da Secretaria de Defesa Social desde 1º de julho de 2017. O secretário interino Humberto Freire também é delegado federal e fazia parte da equipe de Pádua desde o início da gestão dele.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados