Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Em São Paulo, mulher é morta carbonizada por marido na zona norte

21.2.21

/ por casinhas agreste

Uma mulher de 29 anos foi morta pelo marido, na travessa Olival, 10, no Tremembé, zona norte de São Paulo, por volta das 1h30 de sábado (20). Clayton Soares dos Santos, de 34 anos, teve a prisão em flagrante foi convertida em preventiva. Segundo o boletim de ocorrência, o companheiro da vítima, jogou álcool na casa, trancou a esposa no banheiro, e ateou fogo no local para matar a mulher.
O homem pretendia cometer suicídio após o crime, mas não aguentou ficar dentro do imóvel enquanto pegava fogo e se jogou do segundo andar do sobrado que vivia.
Na queda, Clayton fraturou a perna e foi socorrido ao Hospital Geral do Tatuapé. Ele também se queimou ao atear fogo na casa enquanto ainda estava dentro do ambiente. O homem ficou internado, passando por procedimento médico na unidade hospitalar. Chegando no local, a polícia encontrou o homem caído, aparentemente com as pernas quebradas, e parte do corpo queimado.

Raquel estava carbonizada no imóvel. A polícia ainda investiga se a mulher morreu por causa das queimaduras ou se o marido havia matado ela antes de colocar fogo no local. Foi solicitada perícia para o local e carro de cadáver para a vítima. A irmã da vítima, Thais Barboza da Silva, de 33 anos, foi chamada até a delegacia para prestar depoimento e contou que não presenciou o crime.

Ainda segundo relato da irmã, Raquel e Clayton eram casados há dez anos e não tinham filhos. Há cerca de cinco anos, a irmã passou a reclamar para a família que o casal discutia muito e que Clayton era muito nervoso e agressivo. Thais disse que Raquel nunca comentou que Clayton tivesse chegado a agredi-la fisicamente, mas dizia que iam se separar.

Clayton não queria sair da casa, pois queria primeiro vender o imóvel para dividirem o dinheiro. Dias atrás, sua irmã comentou com a família que tiveram uma nova discussão e que Clayton ameaçou dizendo que iria bater nela.

A irmã registrou boletim de ocorrência no 73º DP Jaçanã e foi aberto um Inquérito Policial, de procedimento número 204686-96.2021.010336, com pedido de Medida Protetiva. Clayton foi preso em flagrante por homicídio qualificado pelo feminicídio.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados