Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Comércio de praia está liberado no litoral pernambucano

31/08/2020

/ por casinhas agreste
Trabalhadores devem respeitar protocolo de segurança para atuar nas praias

O comércio de praia está liberado em todo o litoral de Pernambuco a partir de hoje. A retomada do segmento faz parte da etapa 8 do Plano de Convivência com a Covid na Região Metropolitana do Recife (RMR) e nas Zonas da Mata Sul e Norte. As prefeituras serão responsáveis pela regulamentação das atividades nas praias e, caso queiram, poderão barrar o retorno dos comerciantes.
As atividades devem seguir protocolos de liberação, que já foram publicamos pelo governo do Estado. As recomendações seguem três pilares essenciais, de distanciamento social, higiene e comunicação, para que o contágio do novo coronavírus não aumente em Pernambuco. 

Entre as regras para o setor, estão o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas; respeitar o distanciamento mínimo de 4m entre as hastes dos guarda-sóis; os funcionários, prestadores de serviço e clientes, deverão utilizar máscaras; os cardápios devem ser de forma plastificada; disponibilização de álcool em gel a 70% para os clientes; além de acompanhar diariamente o estado de saúde dos funcionários; entre outros. 

Leia também
• Governo divulga protocolo para retorno do comércio de praia em Pernambuco• Comércio de praia está liberado em todo o litoral de Pernambuco a partir de segunda• Praias da RMR têm domingo de sol e de desrespeito ao protocolo estabelecido durante a pandemia
Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, é importante que as pessoas sigam os protocolos para não regredir no plano. “Nosso planejamento tem se mostrado correto, e temos conseguido avançar nas etapas do plano sem que as curvas de contaminação e óbito voltem a crescer. Com os dados analisados desta semana epidemiológica, o comitê decidiu que a Macrorregião 1 (RMR e Zonas da Mata) poderá avançar para a etapa 8 do nosso Plano de Convivência”, disse. 

O secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, o retorno chega como uma esperança para o setor que deve respeitar à risca os protocolos. “Com essa liberação, as prefeituras também tem que fazer a fiscalização. Só na área de Recife e Jaboatão dos Guararapes são 815 pontos de comercio de praia. Essa liberação mostra também uma esperança que nós temos, porque os números, de fato, reduziram, e podemos ter avanços em outras áreas, como as que tivemos. Mas é importante destacar que precisamos respeitar os protocolos para que não tenha um novo avanço dos casos em Pernambuco", reforçou o secretário de Trabalho.

Neste último domingo, a movimentação nas praias da Região Metropolitana do Recife foi intensa. Com um céu azul e sol forte, os pernambucanos lotaram as orlas, sem respeitar recomendações de distanciamento social e uso de máscaras, por conta da pandemia. 

A reportagem da Folha de Pernambuco, observou ainda um número considerável de comerciantes de praia atuando de forma irregular, neste domingo. Na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, muitas pessoas ocupavam a faixa de areia e também o calçadão, desrespeitando medidas do governo estadual. Os descumprimentos também foram encontrados pela equipe nas praias de Brasília Teimosa e do Pina, também na Zona Sul recifense. Já em Jaboatão dos Guararapes, nas praias de Candeias, Piedade e Barra de Jangada, muitas pessoas estavam aglomeradas. 

Uma das pessoas que aproveitou o domingo de folga foi a empreendedora Margareth Schimidt. Ela considera importante a volta do comércio de praia, já que as pessoas retornaram ao espaço. “Acho que está na hora, estão sem trabalhar há meses, se não fosse pra abrir a praia não haveria essa necessidade. Tomando o cuidado não tem problema, depende da colaboração da população, eles merecem retornar para voltar a movimentar a economia

FISCALIZAÇÃO
Para acompanhar o primeiro dia de liberação das atividades dos barraqueiros e ambulantes da praia nesta segunda-feira, a Prefeitura do Recife irá realizar uma vistoria na orla de Boa Viagem. Equipes vão verificar se os comerciantes e ambulantes cadastrados estão seguindo as orientações de segurança. Cerca de 120 profissionais vão realizar rondas ao longo dos 8 km de praia. Também haverá distribuição de máscaras.
Folha PE

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados