Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Pernambuco tem 19 casos do novo coronavírus e detecta a primeira transmissão comunitária

18/03/2020

/ por casinhas agreste
Novo boletim foi divulgado, na noite desta terça (17). Decreto proíbe eventos com mais de 50 pessoas, em todo o estado. Aeroporto de Noronha será fechado dia 21.
Por Pedro Alves, G1 PE
O boletim divulgado na noite desta terça-feira (17) aponta que Pernambuco tem 19 casos de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, um a mais do que a lista de segunda (16). O governo também informou que foi detectada a primeira transmissão comunitária, quando não é possível estabelecer de onde partiu o contágio (veja vídeo acima).

O governo de Pernambuco também anunciou, nesta terça, um decreto que proíbe eventos com mais de 50 pessoas, para tentar evitar o contágio pelo novo coronavírus. Também foi determinado o fechamento de museus, cinemas, academias e equipamentos culturais.

Outra decisão divulgada durante coletiva no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual, é o fechamento do aeroporto de Fernando de Noronha a partir de 21 de março, para turistas. Na ilha, já está proibido entrar na área do parque nacional.

De acordo com o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, o caso configurado de transmissão comunitária é de uma mulher de 63 anos, moradora do Recife. Ao todo, há 357 notificações para a doença Covid-19.

“Ela viajou internamente pelo Brasil, foi ao Rio Grande do Sul, e quando voltou teve sintomas da doença. Inicialmente, ela não entraria como caso suspeito, mas o médico tem autonomia para suspeitar, de acordo com a história, e pedir a testagem, mesmo que o paciente não esteja exatamente dentro das regras do Ministério da Saúde. Ela está em isolamento domiciliar, acompanhada pela Atenção em Saúde do Recife”, explicou.
Ainda segundo André Longo, há 250 casos ainda sendo investigados, 85 descartados e outros três prováveis, de pessoas que tiveram contato com pessoas que tiveram confirmação para a Covid-19. Do total de ocorrências notificadas, 223 são de mulheres e 134, homens.

“Um dos casos investigados é de uma pessoa em Fernando de Noronha. Por causa disso, a autoridade sanitária estadual está recomendando o fechamento do aeroporto local a partir do dia 21”, afirmou Longo.

De acordo com o administrador de Fernando de Noronha, Guilherme Rocha, a partir do dia 21, foi planejado um fluxo semanal de voos para a ilha, reservado a moradores e servidores estaduais, municipais e federais que trabalham no local.

“Iniciamos conversas com as duas companhias aéreas que operam na ilha e a Azul garantiu um voo semanal para moradores e servidores. Os turistas que estão na ilha precisam, antes disso, contactar suas companhias para organizar sua saída”, afirmou.

Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo,  anunciou o primeiro caso de transmissão comunitária no estado — Foto: Pedro Alves/G1Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo,  anunciou o primeiro caso de transmissão comunitária no estado — Foto: Pedro Alves/G1
Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, anunciou o primeiro caso de transmissão comunitária no estado — Foto: Pedro Alves/G1

Outra medida anunciada pelo governo federal é que os passageiros e tripulação vindos de países em que houve casos da Covid-19 e desembarcarem no Aeroporto do Recife deverão, se submeter a isolamento social domiciliar por, no mínimo, sete dias, mesmo que não apresentem qualquer sintoma relacionado à doença.

“O descumprimento pode ter pena de ser comunicado à autoridade policial. O próprio Código Penal caracteriza casos desse tipo como crime contra a saúde pública. O estado vai fiscalizar, a partir de uma lista de quem desembarcar aqui, que receberemos periodicamente”, afirmou o procurador-geral do Estado, Ernani Medicis.

Procedimento
Ainda de acordo com o secretário estadual de saúde, devido ao reconhecimento de transmissão comunitária em Pernambuco, o estado passou a unificar a conduta de atendimento para as síndromes gripais do estado, a exemplo de estados como São Paulo e Rio de Janeiro.

Sendo assim, o tratamento será o mesmo para pessoas que viajaram no exterior e casos suspeitos leves, que, sem testagem, passarão a não ser mais notificados. A testagem, assim, passa a ser realizada apenas em situações sentinela, que sejam importantes para o acompanhamento da Covid-19.

Apesar de estar em consonância com o que diz o Ministério da Saúde, a prática vai contra o que recomenda a Organização Mundial da Saúde, que alertou que a testagem em massa pode ser uma forma de dar mais transparência à gravidade da epidemia.

“Só devem procurar o serviço de saúde, como posto de saúde, preferencialmente, ou Unidades de Pronto Atendimento, quem tenha sintomas de alerta ou que tenha algumas características, como quadros gripais mais intensos, recém-nascidos, gestantes e puérperas. Nem tanto pela situação do coronavírus, mas pela própria questão da influenza, que tem uma característica particular nesses grupos, como idosos e pessoas com doenças crônicas. Os sintomas de alerta são falta de ar, dificuldade para respirar, dor no peito e febre que se prolongue por mais de 72 horas, mesmo com uso dos antitérmicos comuns”, declarou André Longo.
Plano para retirar passageiros e tripulantes de navio retido no Recife é elaborado

Navio
De acordo com André Longo, ainda não há data definida para remoção do navio e mais de 600 viajantes a bordo do Silver Shadow, atracado no Porto do Recife desde o dia 12, depois que um idoso de 78 anos foi socorrido com sintomas da Covid-19. Ele e outra pessoa que também estava a bordo do navio tiveram o quadro confirmado para a doença (veja vídeo acima).

“Nós continuamos em tratativas, essa operação é complexa, são passageiros de 18 nacionalidades, é um operativo que precisa ser feito e deve ser feito com toda segurança. Existe uma determinação de colocar esse passageiro que pudesse levá-los para a Europa e Américas e eles teriam que ser distribuídos e esse processo ficou um pouco mais complexo”, declarou o secretário André Longo.

Nesta terça, um dos passageiros do Silver Shadow contou ao G1 como é a rotina na embarcação. O médico francês Hervé Ganem, 67, disse que a temperatura de todos é checada todas as noites.

Planos
De acordo com o procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, todas as cidades, a partir de agora, terão que montar um plano de contingência contra o coronavírus.

“Cada prefeito vai ter que fazer seu plano de contingenciamento, com várias orientações, inclusive agora reduzindo aglomerações para 50 pessoas. É a orientação que a gente dá à sociedade, não é tempo de fazer aglomerações em shoppings, muito menos em praias. Falando bem claro, o Ministério Público vai tomar as providências legais para quem não cumprir, sejam criminais, sejam de improbidade administrativa ou, até mesmo, interdição do município”, afirmou o procurador.

Ainda de acordo com Francisco Dirceu Barros, é preciso que todas as cidades ajam de forma coordenada para conter a epidemia e evitar a superlotação do sistema de saúde.

“Sabemos que uma medida isolada não vai surtir efeito. Queremos que todos os prefeitos, independente de sua bandeira política, se irmanem no propósito de combater essa crise. A gente não pode mascarar para a sociedade, o momento é de crise, mas não é de pânico. Todas as autoridades de Pernambuco estão se reunindo 24 horas por dia para e a gente tem várias soluções, algumas drásticas como o novo decreto que vai sair hoje à noite, mas todas no sentido de prevenção”, disse.
Dicas de prevenção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1Dicas de prevenção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1
Dicas de prevenção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1

Proibição de eventos
Nesta terça-feira (17), a prefeitura do Recife anunciou a proibição de eventos com mais de 50 pessoas, sejam eles públicos ou privados. A medida faz parte de uma série de 11 ações anunciadas para integrar o Plano de Contingência contra o coronavírus na cidade. Outra medida é a determinação da redução de capacidade de bares e restaurantes.

Os shoppings do Grande Recife também adotaram medidas, como horário especial, cancelamento e suspensão de eventos.

Anteriormente, o prefeito Geraldo Júlio (PSB) havia determinado a proibição de eventos com mais de 500 pessoas. Em seguida, o governo do estado também adotou a mesma postura, em todo o estado.

O estado também medidas de prevenção em todo o sistema penitenciário do estado. A partir do sábado (21), os detentos podem receber a visita de apenas um parente por semana. Antes, era permitida a entrada de até três familiares por visita.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados