Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Governador Paulo Câmara afirma que não haverá aumento de tarifa de ônibus em 2020

17/01/2020

/ por casinhas agreste
Chefe do Executivo estadual disse, nesta quinta-feira (16), que a resolução é de "reajuste zero". Empresas queriam aumento de 14,13%
G1 PE

Governador afirma que não haverá aumento de passagem de ônibus em 2020

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), declarou, nesta quinta-feira (16), que não vai haver aumento de passagem de ônibus, em 2020. “Resolvemos dar reajuste zero”, declarou o chefe do Executivo estadual, em entrevista no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo, na área central do Recife (veja vídeo acima).

Na segunda-feira (13), o sindicato das empresas de transporte coletivo (Urbana-PE) apresentou uma proposta de reajuste de 14,13%. No mesmo dia, o governo afirmou que esse valor era “Inaceitável”.

Segundo Paulo Câmara, o governo “resolveu discutir as melhorias no sistema”. Ele declarou que um plano vai ser apresentado até o fim deste mês.

Ônibus não terão aumento em 2020, segundo governador — Foto: Everaldo Silva/TV GloboÔnibus não terão aumento em 2020, segundo governador — Foto: Everaldo Silva/TV Globo
Ônibus não terão aumento em 2020, segundo governador — Foto: Everaldo Silva/TV Globo

“Ele é fruto de discussões de tudo que foi diagnosticado em 2019, para que sejam feitas ações de melhoria do transporte público, nos terminais integrados e nas estações”, disse Câmara.

Ainda segundo o governador, também é preciso discutir a questão da pontualidade e dos equipamentos que são oferecidos para a população.

“ O momento não é de aumentar a passagem. É de melhorar o sistema e com planejamento, diferentemente do que a gente está vendo aí acontecer com o metrô”, declarou.

O G1 procurou a Urbana-PE para falar sobre a afirmação de reajuste zero feita pelo governador e não recebeu resposta até a última atualização desta reportagem.

Recife é a cidade com maior tempo de espera por transporte público em todo o Brasil

Espera
Dados de uma pesquisa divulgada na quarta-feira (15) pelo aplicativo Moovit aponta que os passageiros de ônibus, trem e metrô do Recife estão entre os que mais têm dificuldade para se locomover.

O estudo, feito a partir de análises de viagens registradas, mostra que a capital pernambucana é campeã brasileira em espera pelo transporte público. Ela também aparece como a sétima no mundo e a segunda no país com maior tempo gasto com deslocamentos (veja vídeo acima).

O levantamento foi realizado a partir de relatos de passageiros, segundo o aplicativo. Foram avaliadas, de acordo com o Moovit, milhões de viagens em 2019, “mostrando um panorama sobre tendências globais de transporte”. Também houve uma pesquisa de opinião pública.

Metrô
Além do tempo de espera e da demora de deslocamento, os passageiros do Recife enfrentam problemas na infraestrutura, como aconteceu, na quarta-feira (15), no metrô.

Por causa de uma pane elétrica, estações da Linha Centro ficaram fechadas das 5h até as 13h. Os ônibus tiveram que reforçar a operação para suprir a demanda.

Cerca de 400 mil pessoas andam nos trens na Região Metropolitana, todos os dias, sendo 250 mil na linha afetada.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) explicou que o problema foi provocado pelo rompimento de um cabo de energia elétrica. A pane foi registrada entre as Estações Joana Bezerra e Recife.

Nos primeiros sete meses de 2019, segundo a CBTU, o metrô do Recife parou e os passageiros tiveram que descer dos trens 73 vezes.

Em média, entre janeiro e julho, foram pouco mais de dez quebras a cada 30 dias. Em comparação aos sete primeiros meses de 2018, houve aumento de 28%, já que, entre janeiro e julho, houve 57 falhas.

No metrô do Recife, a tarifa atual é de R$ 3,70. O sistema passou a cobrar este valor após cinco aumentos escalonados, autorizados pela Justiça, a partir de 2019. Em março de 2020, a passagem vai subir para R$ 4.



Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados