Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Homens são presos por suspeita de assaltar ao menos 30 veículos de carga em um ano na BR-101

30/07/2019

/ por casinhas agreste
Operação BR Segura descobriu que grupo atuava no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, e em Escada, na Zona da Mata Sul. Quatro estão presos e dois, foragidos.
Por G1 PE
Produtos roubados pela quadrilha que atuava na BR-101, em Pernambuco, foram recuperados pela polícia — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Suspeitos de integrar uma quadrilha de roubo de cargas na BR-101, no Grande Recife, foram presos durante a Operação BR Segura, desencadeada pela Polícia Civil. De acordo com a corporação, o grupo tem relação com ao menos 30 assaltos no período de um ano.
As informações sobre a operação foram repassadas pelo delegado Edmilson Batista, titular da Delegacia de Repressão ao Roubo de Cargas, em entrevista realizada no Recife, nesta segunda-feira (29). As investigações tiveram início em 2018.
Ainda de acordo com a polícia, três prisões ocorreram ao longo de julho deste ano, no Cabo de Santo Agostinho e em Olinda, no Grande Recife. Foram capturados Fábio Leal da Silva, de 38 anos, Cristiano de Souza Ribeiro, de 33 anos, e Josenildo Joaquim de Santana, 21 anos.
A captura de Felipe Ricardo Gameiro de Moura, 32 anos, ocorreu em janeiro deste ano. Dois suspeitos de integrar o grupo estão foragidos, segundo a polícia. “Os foragidos são identificados como Raul Nascimento e Émerson Lopes David”, disse o delegado.
Segundo o delegado, a quadrilha atuava principalmente no trecho da rodovia entre as cidades do Cabo e de Escada, na Zona da Mata Sul.
Edmilson Batista disse que a quadrilha pode ter movimentado pelo menos R$ 1 milhão com os roubos de cargas. “Esse é o valor da nota fiscal. Quando esse material vai para o mercado paralelo, o valor é bem menor, pois o receptador vai revender assumindo o risco”, disse.
Cargas roubadas por quadrilha que foi presa durante operação no Grande Recife foram recuperadas pela polícia — Foto: Polícia Civil/Divulgação Cargas roubadas por quadrilha que foi presa durante operação no Grande Recife foram recuperadas pela polícia — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Cargas roubadas por quadrilha que foi presa durante operação no Grande Recife foram recuperadas pela polícia — Foto: Polícia Civil/Divulgação
O delegado afirmou que os assaltantes começaram com roubo de caminhões de combustível e depois passaram e a pegar mercadorias de supermercados, como alimentos e bebidas. “Eles também atuavam com cosméticos”, afirmou o policial.
A polícia identificou que a quadrilha operava de uma maneira semelhante e integrantes foram reconhecidos por motoristas. “Eles abordavam os motoristas, principalmente em áreas de subidas da BR. Usavam armas de fogo para intimidar e depois levavam as cargas”, comentou o delegado.
Segundo Batista, em um dos casos foi relatado que o motorista ficou refém do grupo. “Nos casos das cargas de cosméticos, por exemplo, eles tiravam as caixas dos caminhões e colocavam em carros para fazer a distribuição. Nas cargas de alimentos e bebidas, o material era levado para depósitos”, contou.
O policial disse, ainda, que foram identificados produtos roubados pela quadrilha em Caruaru, no Agreste, em Palmares, na Zona da Mata Sul, e em Goiana, no Grande Recife. Os presos, segundo a polícia, foram levados para presídios na Região Metropolitana.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados