Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Homem e duas mulheres são assassinados com vários tiros em casarão

09/06/2019

/ por casinhas agreste
Crime ocorreu na madrugada deste domingo (9), em Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Delegado informou que foram pelo menos dez disparos.
Por G1 PE
Casarão onde ocorreu o triplo homicídio fica em candeias, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife — Foto: Antonio Coelho/TV Globo
Um homem e duas mulheres foram assassinados, na madrugada deste domingo (9), em um casarão localizado em Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo o delegado Humberto Ramos, as vítimas levaram diversos tiros na cabeça, rosto e costas.

Na residência, que tem área de lazer, churrasqueira, vários quartos e piscina, a polícia encontrou pequenas porções de maconha e crack, além de bebidas alcoólicas. Também foi achado um carro na garagem.

O delegado, que atua na Força Tarefa de Homicídios da área a Sul do Grande Recife, informou que as mortes ocorreram por volta das 4h. “Vizinhos ouviram os disparos. Os peritos encontraram cartuchos e acredito que foram pelo menos dez tiros no total”, afirmou o delegado.

Os corpos, com roupas de banho, estavam na área de lazer. Uma das mulheres encontrava-se perto da porta. “Era como se se ela tivesse tentado fugir dos assassinos”, comentou o delegado.

Segundo Ramos, os documentos do homem, de 43 anos, foram encontrados. Por meio de nota, a Polícia Civil informou que ele foi identificado como Eduardo Antônio da Silva Pires.

As mulheres ainda não estão identificadas. “Uma mulher é loura e a outra tem cabelos pretos. As duas estão na faixa de 20 e poucos anos”, comentou.


O policial disse, ainda, que a casa foi alugada pelo homem encontrado morto e por outra pessoa, não identificada, há dois meses. “Acredito que eles estavam fazendo alguma festa”, disse o delegado.

Sobre a motivação do triplo homicídio, Ramos disse que ainda não é possível estabelecer apenas uma linha de investigação. “Foi uma execução, mas não sabemos se houve uma vingança ou outro problema”, declarou. O caso será investigado pelo departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados