Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Dono do Parque Aquático Águas Finas, em Aldeia, é morto em assalto

23/04/2019

/ por casinhas agreste

O empresário foi socorrido em um hospital do Recife, mas não resistiu aos ferimentos

Portal Folha PE

Empresário Mário Gouveia, 75 anos.
Foto: Divulgação/ Por Aqui Aldeia.

Por volta das 3h desta terça-feira (23), pelo menos 15 homens encapuzados invadiram o Parque Aquático Águas Finas, no quilômetro 17 da Estrada de Aldeia, em Paudalho, e assassinaram a tiros o dono do local, o empresário Mário Cavalcanti Gouveia Filho, 75 anos. Em duas Fiat Toro, 15 pessoas invadiram o Parque Aquático de Águas Finas e roubaram 9 armas que faziam parte da coleção pessoal de Mário, além de um baú.

A ação, segundo informações da Polícia Militar (PM), tinha o objetivo de levar uma coleção de armas da vítima, além de dinheiro. Mário Gouveia teria reagido ao assalto. Ele ainda foi socorrido através do seu helicóptero particular e levado para o Hospital Português, mas não resistiu aos ferimentos.
Informações preliminares sustentam que o empresário reagiu à ação no ímpeto de tentar proteger a família. Um vigilante do local também reagiu e ficou ferido. Equipes do Instituto de Criminalística (IC) e do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) realizam perícia no parque aquático neste momento. O helicóptero da Secretaria de Defesa Social (SDS) sobrevoa a área em busca dos suspeitos.

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) afirmou que houve troca de tiros no local e um dos disparos atingiu o proprietário do parque. O caso ainda está sendo investigado. 
Encontrado veículo que pode estar ligado à morte de empresário

Foi encontrado na rua São Bento do Norte, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, um carro que pode estar associado ao assassinato de Mário Gouveia, de 75 anos, dono do parque aquático Águas Finas. O caso ocorreu na madrugada desta terça-feira (23). 

Aproximadamente às 4h50 do mesmo dia, um morador da região alega ter visto o banco do motorista pegando fogo, de portas abertas, com ninguém dentro do veículo. 

Também foram encontradas, além do banco queimado na região de cabeça e costas, poucas marcas de sangue no banco do passageiro e em um rolo de papel higiênico. Manchas de barro no assoalho e o pneu dianteiro esquerdo furado. Na mala externa do veículos, foram encontrados três estojos deflagrados e três munições intactas. Os três estojos eram originais de fábrica e possuem calibre 38.

O carro, um Fiat Toro de placa PCM 3897, de Santa Maria do Cambucá, no Agreste, não tem registro de roubo até agora.


A Perícia Criminial e a Polícia Militar seguem na investigação do caso.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados