Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

GOLPE: Suspeito de 'vender' imóveis no Aluízio Campos é preso em Campina Grande


Homem prometia acesso a imóvel no Complexo Habitacional sem necessidade de participação na seleção pública da Prefeitura. Suspeito foi preso em flagrante quando recebia dinheiro de umas das vítimas.
Por G1 PB

 Homem preso prometia venda de imóveis do Complexo Habitacional Aluízio Campos, em Campina Grande, sem necessidade de participação na seleção pública da Prefeitura de Campina Grande — Foto: Reprodução/Prefeitura de Campina Grande/Arquivo
Homem preso prometia venda de imóveis do Complexo Habitacional Aluízio Campos, em Campina Grande, sem necessidade de participação na seleção pública da Prefeitura de Campina Grande — Foto: Reprodução/Prefeitura de Campina Grande/Arquivo

Um homem foi preso na tarde da segunda-feira (22) suspeito de prometer a venda de imóveis do Complexo Habitacional Aluízio Campos, em Campina Grande, sem necessidade de participação na seleção pública da Prefeitura. Ele foi detido em flagrante quando recebia uma quantia em dinheiro de uma vítima, no bairro Jardim Paulistano.

De acordo com o delegado de defraudações e falsificações Gerônimo Barreto, o homem prometia às vítimas o acesso aos imóveis. “A polícia recebeu denúncias e a equipe de investigação passou a monitorar o suspeito e então conseguimos pegar ele em flagrante”, relatou.

O delegado informou que, no momento da prisão, o homem fornecia recibo com dados identificadores falsos à vítima e recebia R$ 1 mil em dinheiro. A mulher iria entregar depois mais R$ 3 mil ao suspeito.

Ainda de acordo com Gerônimo Barreto, o homem alegava possuir vínculo com a Secretaria de Planejamento da Prefeitura e da instituição bancária responsável pelo financiamento do Complexo Habitacional e induzia as vítimas a apagarem até R$ 4 mil para garantir acesso à imóvel.

“As primeiras investigações da polícia apontam que mais de uma dezena de pessoas tenham sido vítimas desse homem. Ele mesmo confirmou que já teria tido outros clientes, mas se negou a informar quem seriam as vítimas” disse o delegado.

O homem, de 40 anos, é natural de Campina Grande. Ele foi conduzido para a Central de Polícia Civil e será apresentado à audiência de custódia na tarde desta terça-feira (23). Segundo o delegado, o suspeito já estava sob investigação por ter intermediado uma venda de veículo com financiamento fraudado em Campina Grande.

Na manhã desta terça, o delegado informou que a Polícia Civil ainda vai ouvir os órgãos da Prefeitura e outras testemunhas do caso.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados