Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Em aproximação ao DEM, Bolsonaro quer condenado como articulador político


Veja.com

Presidenciável anunciou Alberto Fraga, sentenciado por cobrança de propina no DF, como articulador político
Bolsonaro: proximidade com a bancada da bala (Fábio Motta/Estadão Conteúdo)

Além de já ter anunciado seu coordenador de campanha, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), como chefe da Casa Civil em seu eventual governo, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) deu novas demonstrações de aproximação com o Democratas. Em encontro com representantes da bancada da bala, o presidenciável fez acenos a outros dois políticos do partido para integrarem seu gabinete em 2019: Pauderney Avelino (AM) e Alberto Fraga (DF).

Apesar de o candidato do PSL destacar, entre suas bandeiras de campanha, o fim do que chama de “toma lá, dá cá” entre o Executivo e o Legislativo, a adesão do partido do Centrão seria vantajosa para o seu governo. O DEM elegeu 29 deputados no dia 7 de outubro. O PSL de Bolsonaro terá a segunda maior bancada, com 52 parlamentares. 

Derrotado na disputa pelo governo do Distrito Federal, Fraga reuniu cerca de 30 parlamentares que defendem o afrouxamento das regras para posse de arma na casa do presidenciável no Rio de Janeiro na última terça-feira.

“Já anuncio aqui que quem vai coordenar a bancada no Planalto vai ser o Fraga”, disse Bolsonaro, em vídeo divulgado pelo deputado — hoje, esta função cabe ao ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência. Fraga, por sua vez, disse que não houve conversas sobre cargos e o que existe é uma “identificação pessoal” do candidato com alguns nomes da legenda.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados