Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Antes de morrer, vereador de Igarassu ofereceu R$ 30 mil a executores


Dupla de executores iria receber R$ 15 mil de contratante para assassinar o vereador Luiz dos Passos. Os criminosos foram presos logo após o crime
Segundo o delegado do caso, os executores receberam a proposta de R$ 15 mil de um contratante intermediário para cometer o crime / Foto: Cortesia
Segundo o delegado do caso, os executores receberam a proposta de R$ 15 mil de um contratante intermediário para cometer o crime
Foto: Cortesia
JC Online

A Polícia Civil divulgou, na manhã desta terça-feira (12), detalhes sobre as investigações do assassinato do vereador Luiz dos Passos, de 71 anos, que aconteceu no dia 16 do mês de maio em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Segundo o delegado Abraão Didier, titular das investigações, os executores Edvaldo Alves da Silva, conhecido como ‘Blindado’, e Abraão Francisco da Silva foram contratados por um agenciador, identificado como Cleydson Henrique Morais Monteiro, que os ofereceu uma quantia de R$ 15 mil para assassinar a vítima. Ainda de acordo com o delegado, Cleydson teria sido contratado por outro integrante do inquérito, que ainda não foi identificado.

De acordo com a Polícia Civil, Edvaldo e Abraão são ex-presidiários e se conheceram no presídio de Canhotinho, Agreste de Pernambuco. Cleydson já tem dois mandados de prisão por homicídio e já atuou com Abraão antes dele ter sido preso.

Leia Também
Igarassu decreta luto oficial de três dias após morte de vereador
Vereador de Igarassu é morto com tiro na cabeça após sequestro
Contratante e contratados
Cleydson Henrique recebeu o pedido para cometer o crime, mas morava próximo à vítima e poderia ser apontado como suspeito ou localizado mais facilmente. Dessa forma, contatou o ex-comparsa, Abraão, que também achou que poderia ser facilmente reconhecido por morar próximo. Abraão chamou Edvaldo e foi buscá-lo onde morava, em Caruaru, também no Agreste.

Ao voltar para a RMR, a dupla pegou um carro de placas clonadas e um revólver com Cleydson e foram cometer o crime.

De acordo com o delegado Abraão Didier, a motivação dos três identificados era apenas ganhar dinheiro, e que a motivação do principal mandante ainda estava em esclarecimento.



Negociação frustrada do vereador
Durante o sequestro, o vereador tentou negociar com Abraão e Edvaldo, afirmando que poderia pagar o dobro do valor oferecido a eles. De acordo com o delegado Didier, a dupla não foi ao sequestro com poder de barganha, apenas para cometer o crime.

Segundo o delegado Magno Feitosa, que participou na reconstituição do assassinato, Edvaldo fez com que a vítima deitasse no chão, colocou um dos pés sobre as costas dela e, quando recebeu a ordem de execução de Abraão, efetuou dois disparos contra o vereador.

O caso
O vereador Luiz dos Passos foi encontrado morto com um tiro na nuca em uma área de canavial em Igarassu, na manhã do dia 16 de maio. Dois homens abordaram o político quando ele estava a caminho da Câmara dos Vereadores. Segundo o vereador Neinho, genro da vítima, os criminosos estavam armados e mandaram Luiz entrar em um veículo do modelo HB 20. Ainda de acordo com o genro da vítima, o sogro não tinha inimigos e nem rixa política.

Abraão e Edvaldo foram capturados pela Polícia Militar pouco mais de quatro horas após o sequestro às margens da PE-75, no município de Goiana, Região Metropolitana do Recife. Segundo a PM, uma equipe do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) localizou o veículo, assim que acionada, cerca de quatro quilômetros do local de onde o vereador foi levado.

Dentro do carro, foi encontrado o revólver calibre 38 usado  e três munições. Os executores foram levados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), onde assumiram que haviam cometido o crime contra o vereador. Segundo o delegado David Medeiros, o crime teve características claras de execução.

A dupla teve a prisão em flagrante convertida em preventivo na audiência de custódia.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados