Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Central domina o Náutico em todo jogo, vence e é líder

Com uma vitória categórica sobre o Náutico por 3×0, no Luiz Lacerda, neste domingo (21), o Central assumiu a liderança do Campeonato Pernambucano. A Patativa tem os mesmos quatro pontos do Sport, mas leva vantagem no saldo de gols. O Náutico fez seu pior jogo neste início de temporada, sendo completamente dominado no segundo tempo e tem que reabilitar-se justamente num clássico, pois enfrenta o Sport na próxima quarta-feira (24), na Arena de Pernambuco.

O time vermelho e branco não conseguiu ser superior ao rival em nenhum momento. Teve muita dificuldade na recomposição, mantendo pouca gente atrás da linha da bola quando era desarmado. No segundo tempo, os volantes não acompanhavam o ataque centralino e o time do Agreste sempre tinha gente livre dentro da área.

NO MEIO DO CAMINHO TINHA UM JUIZ
Nem Central nem Náutico. Quem começou o jogo mal posicionado foi o árbitro Luiz Cláudio Sobral. Num intervalo de 30 segundos de jogo ele estava onde não devia, no meio da disputa pela bola. Na primeira foi atropelado por um exame de alvirrubros e alvinegros na meia-luta. Na segunda, literalmente, pisou na bola e caiu sentado.

UM É POUCO, DOIS É BOM…
E três é demais. Depois de uma boa defesa no primeiro minuto, o goleiro Jefferson foi bombardeado no segundo. Primeiro, Júnior Lemos chutou da entrada da área. Ele espalmou. Douglas Carioca acompanhava a jogada e tentou. Jefferson defendeu de novo. Na terceira, Douglas tentou de novo e desta vez, o goleiro alvirrubro não pôde fazer o milagre.

FOGO AMIGO
A defesa do Central foi a responsável por quase todo perigo que o Náutico levou no primeiro tempo. Na primeira recuada de Douglas Carioca, Murilo estava mal posicionado e precisou sair correndo atrás da bola para jogar para escanteio. Na segunda, Vitão recuou de cabeça e a bola passou raspando. No terceiro perigo vermelho e branco, Gabriel bateu escanteio e Tharcysio, à queima roupa, cabeceou para grande defesa de Murilo.

DESLIZOU PARA O GOL
Esperava-se um Náutico tomando a iniciativa no início do segundo tempo. Mas quem veio desse jeito foi o time da casa. O Náutico não encontrou a marcação pelo lado direito e foi por lá que o time preto e branco ampliou aos quatro minutos. Junior Lemos arriscou da entrada da área e Jefferson deu rebote. O volante Graxa, como os melhores centroavantes, deslizou rápido para completar para as redes.

NAS PRÓPRIAS PERNAS
À medida que o tempo passava, o Náutico sofria cada vez mais. O Central recuou para o seu campo apenas esperando a chance da escapada e aconteceram várias. A maior delas numa falha bisonha de Mateus Issa. Leandro Costa foi à linha de fundo e rolou para o camisa 15. Ele bateu na ‘orelha’ da bola com o pé direito e ela foi na sua própria perna esquerda, que terminou jogando como zagueira.

PINTOU E BORDOU
Leandro Costa estava realmente inspirado. Aos 35 ele entrou na área pelo lado direito e derrubou Samuel duas vezes com dois dribles antes de rolar para Luizão. Ao contrário de Mateus Issa, ele completou com categoria para fazer o terceiro gol e sacramentar a vitória.

Ficha do jogo – Central x Náutico

Central
Murilo; Dudu Gago, Danilo Quipapá, Vitão e Charles; Eduardo Erê, Douglas Carioca, Graxa e Júnior Lemos (Mateus Issa)(Lucas Silva); Luizão (Itacaré) e Leandro Costa. Técnico: Mauro Fernandes.

Náutico
Jefferson; Medina, Samuel, Rafael Ribeiro e Gabriel Araújo; Hygor, Negretti, Júnior Timbó (Luiz Henrique) e Wallace Pernambucano; Fernandinho (Tharcysio) (Clebinho) e Daniel Bueno. Técnico: Roberto Fernandes.

Local: Lacerdão. Árbitro: Luiz Cláudio Sobral (PE). Assistentes: Gilberto Freire e Charles Rosas (ambos de PE). Gols: Douglas Crioca, aos dois minutos do primeiro tempo. Graxa, aos quatro; e Luizão, aos 35 do segundo. Cartões amarelos: Danilo Quipapá, Medina, Wallace Pernambucano e Eduardo Erê.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados