Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Bom Jardim lidera o maior número de assassinatos registrados na região, números ultrapassa Surubim e Limoeiro em 2017

Bom Jardim lidera  28 homicídios em 2017 o maior número registrados na região de Surubim em 2017, em seguida Surubim registrou 27 crimes de morte. Em seguida vêm Limoeiro, Taquaritinga do Norte e Vertentes. Confira as cidades mais violentas  da região de Surubim segundo dados divulgados pela SDS

1º  Bom Jardim 28
2º  Surubim 27
3º  Limoeiro 27
4º  Taquaritinga do Norte 27
5º  Vertentes 25

Santa Maria do Cambucá 14
Casinhas 13
João Alfredo 12
Vertentes o Lério 07
Orobó 08
Passira 08
Frei Miguelinho 4

O Município de Bom Jardim liderou em 2017 o maior número de homicídios já registrados , segundo dados divulgados pela SDS Secretaria de Defesa Social do Estado de Pernambuco. O número registrado como  a maior marca registrada em toda a sua história. 
Bom Jardim 
Ano      2004         12    homicídios
Ano      2005         08    homicídios
Ano      2006         10    homicídios
Ano      2007         11    homicídios
Ano      2008         15    homicídios
Ano      2009         10    homicídios
Ano      2010          8     homicídios
Ano      2011          7     homicídios
Ano      2012         11    homicídios
Ano      2013         06    homicídios
Ano      2014         12    homicídios
Ano      2015         18    homicídios
Ano      2016         13    homicídios
Ano      2017         28    homicídios o maior recorder já registrado na história da cidade de Bom Jardim

Surubim 

Segundo o Site Correio do Agreste O município de Surubim teve um aumento de 42% no número de homicídios em relação a 2016, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (15), pela Secretaria Defesa Social (SDS) do Estado. A quantidade de assassinatos registrados, pulou de 19 em 2016, para 27 em 2017. Ainda segundo as informações apresentadas, os meses mais violentos foram maio e novembro, cada um contabilizando cinco mortes.  2017 foi o segundo ano com mais assassinatos desde 2004, quando a contagem começou a ser realizada pela SDS. Na série histórica, 2008 foi o campeão de homicídios com 29 ocorrências.

Das nove cidades que fazem divisa com Surubim, a quantidade de assassinatos cresceu em cinco delas e diminuiu em quatro. Dois municípios (Salgadinho e Cumaru) não registraram nenhum crime de morte no ano passado. Por outro lado, Bom Jardim, teve um acréscimo de 115% em relação ao ano anterior, ocupando o patamar de cidade mais violenta entre as que se limitam com Surubim.

Confira os números destes municípios em 2016 e 2017, respectivamente: Casinhas (11-13), Vertente do Lério (3-7), Orobó (2-8), Bom Jardim (13-28), João Alfredo (14–12), Salgadinho (1–0), Cumaru (2–0), Riacho das Almas (12–9), Frei Miguelinho (3–4) e Santa Maria do Cambucá (11–14).

Assaltos e Furtos

Os chamados Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP), que incluem os roubos e furtos, saltaram em Surubim de 501 em 2016, para 759 em 2017, um acréscimo de 51%. O número dessas ocorrências é muito maior, já que parte das vítimas deixa de comparecer à Delegacia para registrar o fato e as estatísticas da SDS consideram apenas os crimes para os quais a polícia foi acionada.

Das nove cidades vizinhas, duas (Salgadinho e Riacho das Almas), tiveram redução nos CVPs e uma (Casinhas) permaneceu com o mesmo número de 2016, as demais tiveram aumento.Veja os dados da região: Casinhas (35-35), Vertente do Lério (23-36), Orobó (43-69), Bom Jardim (124-179), João Alfredo (65-102), Salgadinho (17-13), Cumaru (36-71), Riacho das Almas (143-84), Frei Miguelinho (44-101) e Santa Maria do Cambucá (62-95).




Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados