Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Caixa Econômica pode virar sociedade mista


Segundo o Sindicato dos Bancários, mudança pode ir para votação no Conselho de Administração nesta quinta-feira (7)

Por: Marina Barbosa, da Folha de Pernambuco 
Foto: José Cruz/Agência Brasil
O futuro da Caixa Econômica Federal (CEF) pode estar em jogo nesta quinta-feira (7). É que, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), o Conselho de Administração do banco tem reunião marcada para votar seu novo estatuto. E, entre as pautas, pode estar a possível transformação da Caixa em uma sociedade mista, o que levaria a iniciativa privada para dentro da instituição, pondo fim ao conceito de banco público.

“Tudo indica que esse ponto vai para votação”, denunciou o presidente da Contraf-CUT, Roberto von der Osten, lembrando que a Caixa é o único banco público que resta no País. “O Banco do Nordeste e o Banco do Brasil já são sociedade mista”, explicou a secretária geral do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Sandra Trajano, alegando que isso abre espaço para a privatização da Caixa e coloca em risco a continuidade de políticas públicas como o Minha Casa, Minha Vida, o Bolsa Família e o Fies. 



Os sindicalistas explicaram que a sociedade mista prevê a venda de ações no mercado financeiro, que, por visar ao lucro, não deve privilegiar as questões sociais tratadas pela Caixa. “Se o capital for aberto, o setor privado vai entrar no banco querendo lucro. Só que, por ser o veículo de implantação das políticas públicas, a Caixa tem um atendimento voltado para a população mais carente, com juros mais baixos que o do setor privado”, disse Sandra. 

Por conta disso, os bancários vão realizar protestos contra a possível mudança nesta quinta-feira. A ideia é ficar na frente dos prédios de administração do banco, além de realizar reuniões e pequenas paralisações nas agências de todo o Brasil. 
Procurada pela reportagem, a Caixa preferiu não comentar o assunto.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados