Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Audiência Pública discute risco de rompimento da Barragem de Jucazinho

 As obras de reparo da Barragem de Jucazinho motivaram audiência pública realizada na Câmara Municipal de Limoeiro, no Agreste Setentrional, na última terça-feira. O encontro foi promovido em conjunto pela Comissão de Meio Ambiente e Frente Parlamentar pela Revitalização do Rio Capibaribe. Técnicos de órgãos públicos relataram a situação do terceiro maior reservatório de Pernambuco, que está completamente seco desde o ano passado. A estrutura oferecia riscos de rompimento em caso de chuvas fortes, mas o DNOCS – Departamento Nacional de Obras Contra a Seca – realizou reparos no início do semestre.
 Responsável pelas obras emergenciais, Jackson Oliveira explicou que as intervenções asseguram a integridade do reservatório, por enquanto. Ele alertou que a segunda etapa ainda está pendente e pode sofrer com cortes orçamentários.
 “Para a segunda etapa está sendo previsto iniciar as licitações e, no início de 2018, nós fazermos a contratação. Agora, tem que ficar alerta com relação ao contingenciamento, porque o Governo Federal, anualmente, está tendo problemas de fluxo de caixa, problemas econômicos e isso pode afetar essa segunda etapa”.
 Prefeitos e vereadores locais destacaram dificuldades no abastecimento de água por causa do colapso do reservatório. O gerente da COMPESA, Mário Heitor, disse que o problema pode ser amenizado com o término de obras de abastecimento em Caruaru, no Agreste Central, previsto para o final do ano.
 A necessidade de recuperação do Rio Capibaribe, que abrange a região, também foi levantada durante o encontro. O coordenador da Frente pela Revitalização do Capibaribe, deputado José Humberto Cavalcanti, do PTB, demonstrou preocupação e prometeu lutar para despoluir o curso d’água.
 “Nós vamos procurar no processo, no curso desse trabalho, envolver prefeituras, ONGs, igrejas, Câmaras de Vereadores, enfim, todos aqueles que, de um certo modo, vivem nessa região e que precisam de ter uma bacia tratada do rio para poder ter o benefício decorrente desse tratamento que será dado à bacia do Rio Capibaribe”.
 Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Zé Maurício, do PP, também frisou a necessidade de despoluir o manancial.
 “O Rio cada vez mais está indo para a sua mortalidade. O que nós queremos é a perenização do Rio Capibaribe”.
 Também participaram da audiência os deputados Eriberto Medeiros, do PTC, Henrique Queiroz, do PR, e Priscila Krause, do Democratas.

Do: Blog Agreste Notícia

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados