Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Alckmin busca fortalecimento da pré-candidatura em visita ao estado


Quando questionado sobre a presidência, Alckmin adiantou que defende um projeto de governo para o país com o Nordeste no centro

 Diário de PE


O governador de São Paulo e líder do PSDB, Geraldo Alckmin, está em Pernambuco para costurar possíveis aliados na corrida em direção à Presidência da República. Com uma agenda discreta, o tucano tem feito viagens pelo Brasil e é considerado o pré-candidato que mais avançou nas articulações para montar seu palanque. No Recife, ele se reuniu na manhã deste domingo com a cúpula do PSDB. Em seguida participou de uma missa na Igreja Madre de Deus e depois seguiu para Comunidade do Pilar, ambas no Recife Antigo. Ainda hoje, ele deve se encontrar com Jarbas, Raul Henry e Renata Campos.

A visita do governador foi articulada pelo então ministro das Cidades, Bruno Araújo, que deixou o cargo na última segunda-feira. Amanhã, o pré-candidato fará uma visita à Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) e participa da palestra "Gestão Pública e Desafios do Brasil Contemporâneo", no Paço Alfândega. A agenda será encerrada com uma visita ao Porto Digital.

Durante o encontro com a cúpula do partido, o governador de São Paulo esteve com Bruno Araújo, Teresinha Nunes, Raquel Lyra, Betinho Gomes, Elias gomes e Joaquim Francisco. O deputado federal Daniel Coelho não compareceu. Quando questionado sobre a candidatura à presidência, Alckimin adiantou que defende um projeto de governo para o país que tem o Nordeste no centro, rebatendo críticas de ausência de um programa para a região.
Alckmin foi apresentado a moradores da Comunidade do Pilar por aliados políticos como Bruno Araújo e Elias Gomes. "Esse eu conheço da televisão", disse uma moradora. O governador de São Paulo visitou moradores, conversou com comerciantes e conheceu uma igreja no local. Após a visita, seguiu para almoço no Mercado da Madalena. "Esse é meu presidente", recepcionou um cliente.

Ainda na agenda, Alckmin se encontrará com Renata Campos, viúva de Eduardo Campos. De acordo com matéria do Estado de S. Paulo, ontem, ela é um dos nomes cogitados para a vaga de vice-presidente em 2018. "Claro que nós queremos ter uma aliança com o PSB. Eu tenho um grande respeito pelo partido. Tinha uma amizade com governador Eduardo Campos. Cada partido, é natural, que queira ter candidato próprio. Claro que nós queremos ter uma aliança com o PSB. Mas isso não depende só de nós. Em relação a Pernambuco, cabe aos diretórios essa discussão", comentou.

AGENDA
Em disputa com o prefeito de São Paulo, João Doria, pela vaga de candidato do PSDB à Presidência da República, Alckmin tem cumprido um roteiro discreto mas constante de viagens pelo país. Em setembro, ele esteve em Brasília, quando se encontrou com representantes do agronegócio. No dia 18 do mesmo mês, foi a Belo Horizonte (MG), para atos com lideranças tucanas e empresários. No final de setembro ele passou dois dias na região Sul, participando de eventos em Curitiba e Florianópolis.

A fim de diferenciar-se do seu afilhado político João Doria, ele tem programado suas viagens para os finais de semana ou para horários fora do expediente.
No Recife, a presença de Alckmin visa fortalecer sua pré-candidatura dentro do PSDB e também aumentar a sua visibilidade numa região que representa cerca de 30% do eleitorado nacional e que tem favorecido, nas quatro últimas eleições presidenciais,  os candidatos petistas.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados