Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Advogados de Lula sugerem afastamento de Moro de ''todas as suas funções''

Ex-presidente foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão no caso triplex

Lula foi condenado por Sérgio Moro nesta quarta-feira (12) / Helia Scheppa/Acervo JC Imagem
Lula foi condenado por Sérgio Moro nesta quarta-feira (12)
Helia Scheppa/Acervo JC Imagem
JC Online

Em nota publicada nesta quarta-feira (12), os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins, afirmaram que o ex-presidente Lula tem sido vítima de uma investigação "politicamente motivada". Alegando que o processo foi um enorme "desperdício do dinheiro dos contribuintes" e que "envergonhou o Brasil internacionalmente", a defesa do petista sugeriu que o juiz Sérgio Moro se afaste de todas as funções.

"O juiz Moro deixou seu viés e sua motivação política claros desde o início até o fim deste processo. Seu julgamento envergonhou o Brasil ao ignorar evidências esmagadoras de inocência e sucumbir a um viés político, ao mesmo tempo em que dirige violações contínuas dos direitos humanos básicos e do processo legal. O julgamento prova o que argumentamos o tempo todo - que o juiz Moro e a equipe do Ministério Público na Lava Jato foram conduzidos pela política e não pela lei", afirma o documento.

Os advogados reiteram que Lula é inocente e denunciam produção de culpa. "Por mais de três anos, Lula tem sido objeto de uma investigação politicamente motivada. Nenhuma evidência crível de culpa foi produzida, enquanto provas esmagadoras de sua inocência são descaradamente ignoradas. Este julgamento politicamente motivado ataca o Estado de Direito do Brasil, a democracia e os direitos humanos básicos de Lula. É uma grande preocupação para o povo brasileiro e para a comunidade internacional".


Ainda segundo a defesa, o petista "sempre cooperou plenamente com a investigação, deixando claro para o juiz Moro que o local para resolver disputas políticas são as urnas, não as cortes de justiça". Para Cristiano e Valeska, "a investigação teve um impacto enorme na família de Lula, sem deixar de mencionar sua esposa Marisa Letícia, que morreu tragicamente este ano".

Por fim, os advogados sugerem que para "reconstruir a confiança nas leis brasileiras", o juiz Moro deveria se afastar de todas suas funções. "Nós provaremos a inocência de Lula em todas as cortes não tendenciosas, incluindo as Nações Unidas".
Condenação

Lula teria recebido propinas de R$ 3,7 milhões da OAS através de três contratos com a empreiteira e a Petrobras, por meio de um triplex no balneário do Guarujá e através do armazenamento de bens do petista, entre 2011 2016, recebidos na época em que era presidente, em troca de "vantagens indevidas". Mesmo sendo condenado a 9 anos e meio de prisão, o ex-presidente poderá recorrer em liberdade

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados