São João de Aroeras dia 23

PERNAMBUCO: Show de Wesley Safadão no São João de Carpina vai custar R$ 450 mil

Apresentação vai ocorrer no dia 28 de junho, no Pátio de Eventos da cidade

Informações sobre o show do cantor foram publicadas pela prefeitura do município na edição desta quinta-feira (15) do Diário Oficial / Foto: Facebook/Divulgação
Informações sobre o show do cantor foram publicadas pela prefeitura do município na edição desta quinta-feira (15) do Diário Oficial
Foto: Facebook/Divulgação
JC Online

Marcado para o dia 28 de junho, o show do cantor Wesley Safadão dentro dos festejos juninos de Carpina, cidade de pouco mais de 80 mil habitantes situada na Zona da Mata pernambucana, custará R$ 450 mil aos cofres públicos. A informação foi publicada pela prefeitura do município na edição desta quinta-feira (15) do Diário Oficial.

No texto, a gestora da Secretaria de Educação, Turismo, Cultura e Esportes de Carpina, Milca Maria da Silva, "torna público que ratifica a inexigibilidade de licitação para contratação do artista/banda Wesley Safadão junto a seu empresário exclusivo, a empresa Luan Promoções e Eventos LTDA (...), para apresentação da mesma nesta cidade, no dia 28 de junho de 2017, no Pátio de Eventos, no valor de R$ 450 mil".

O anúncio do show e do valor pago por ele ocorre no momento em que diversos forrozeiros se posicionam contra a contratação de cantores e bandas de outros estilos musicais para tocar em festas no São João de Pernambuco. Artistas como Elba Ramalho, Alcymar Monteiro, Targino Gondim e Joquinha Gonzaga (sobrinho de Gonzagão) são alguns dos que aderiram à mobilização. Eles acreditam que estes ritmos descaracterizam a tradição cultural e a identidade nordestina na festa junina.


CARUARU

Em 2016, Wesley Safadão se viu no centro de uma grande polêmica neste mesmo período do ano, quando o valor cobrado pela sua apresentação no São João de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi divulgado: R$ 575 mil. Na época, a Justiça suspendeu o show por considerar o cachê caro demais. Um detalhe do caso que chamou a atenção é que o cantor cobrou R$ 310 mil para se apresentar na mesma cidade em junho de 2015 e R$ 195 mil para tocar em Campina Grande, na Paraíba, em 1º de julho de 2016.

Mesmo com a repercussão negativa, o show foi mantido, mas pago por patrocinadores. Quando subiu ao palco, Safadão anunciou que tocaria em Caruaru "até de graça" e disse que doaria o seu cachê para instituições beneficentes da cidade, o que ocorreu cerca de um mês depois.
Do JC
Reacções:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

AO VIVO SÃO JOÃO DE AROERIAS