Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

Polícia Civil prende grupo acusado de vários assaltos e até latrocínio, em João Alfredo


A Polícia Civil prendeu, na madrugada desta segunda-feira (06), cinco pessoas acusadas de vários assaltos na zona rural de João Alfredo, e do latrocínio, ou roubo seguido de morte, que teve como vítima um comerciante, e até estupro. A polícia também apreendeu dois menores acusados de participação no grupo.

As prisões foram efetuadas em cumprimento de mandados judiciais, nas localidades do Sitio Bultrins, Alto de Neco e Loteamento Asa Branca.

Foram presos: Wellington José da Silva e Edilson Paimeira de Andrade, acusados de vários roubos na zona rural.

José Marques de Andrade, 72 anos, foi preso acusado de estupro. A vítima seria uma sobrinha dele.


José Lino de Sousa Filho, conhecido como Nego, e Angélica Ferreira Duarte, são acusados de latrocínio, ou roubo seguido de morte, que aconteceu em fevereiro. A vítima foi o comerciante, José da Silva Lira, que além de ter R$ 17 mil roubados, foi assassinado. A polícia apreendeu uma espingarda soca-soca na casa do acusado. 

Os dois menores também estariam envolvidos no latrocínio.

Os presos foram encaminhados para Penitenciária Enio Pessoa Guerra, em Limoeiro. A acusada, para a Colônia Feminina do Bom Pastor, no Recife. Os adolescentes foram para Funase de Caruaru.

A "Operação Bultrins" foi comandada pelos delegados José Raimundo e Jean Rockfeller e contou com a participação de 20 agentes , três escrivães e equipes especializadas.

Fonte: da Redação, com informações do Blog Giro Norte.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados