São João de Aroeras dia 23

PARAÍBA: Emissora árabe cita corrupção e má gestão da água em reportagem sobre seca



Al Jazeera, considerada a 'CNN do mundo árabe' foi à Região Metropolitana de Campina Grande narrar casos e mostrar a transposição como parte da solução
Mundo | Em 11/03/17 às 12h19, atualizado em 11/03/17 às 13h10 | Por Alisson Correia
A emissora Al Jazeera, conhecida como uma ‘CNN do mundo árabe’ foi até a comunidade Chã do Marinho, em Lagoa Seca, e a Boqueirão, ambas cidades da Região Metropolitana de Campina Grande, para relatar os dramas enfrentados pela seca no interior da Paraíba e mostrar a inauguração do eixo leste da Transposição do São Francisco. A reportagem está em inglês; assista abaixo.


O repórter Daniel Schweimler abre mostrando o céu carregado, mas explica que, quando as chuvas chegam, não são suficientes. Ele toma como exemplo a jornada de Dona Noêmia, que não lembra a última vez que viu água nas torneiras e depende de carros-pipa para o abastecimento da comunidade Chã do Marinho, com 2 mil moradores.






Daniel explica que os problemas com a falta de água não decorrem só da instabilidade climática, mas do uso irracional, pouco investimento e da corrupção no país.

Uma das fontes da reportagem é o secretário de Planejamento de Campina Grande (PB), André Agra. O gestor diz que essa dificuldade enfrentada com a seca vai fazer com que população, governos e empresas aprendam lições para que não voltem a ter problemas hídricos novamente.

O repórter segue o vídeo mostrando o caso de Cecílio, em Boqueirão, que lembra quando a irmã teve que se mudar de uma área para escapar da água do açude Epitácio Pessoa quando ele estava cheio.

A reportagem relata ainda que pescadores passaram a se dedicar à agricultura após a seca no reservatório e depois dessas narrativas, Daniel chega à solução dos problemas, que está na entrega do eixo leste da transposição. A inauguração da obra ocorreu nessa sexta-feira (10), com a presença de autoridades políticas e do presidente Michel Temer (PMDB).

A produção da Al Jazeera na Paraíba termina com mais uma fala do secretário André Agra. Ele afirma que o uso da água do São Francisco deverá ser consciente e empresas poderão ser forçadas a trabalhar com o reuso para que os problemas não se repitam.
CORREIO PB

Reacções:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário