Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

PARAÍBA: Águas da transposição estão a caminho de Boqueirão, diz Aesa

Águas da transposição estão a caminho de Boqueirão, diz Aesa
Água começou a sair do açude de Camalaú, nesta quinta-feira (30).
Apesar do avanço, Aesa mantém previsão de chegada até 22 de Abril.

Do G1 PB


As águas da transposição do Rio São Francisco estão a caminho do açude Epitácio Pessoa, conhecido como açude de Boqueirão, no Cariri paraibano. A informação foi confirmada pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). Por volta das 10h40 desta quinta-feira (30), a água começou a passar pelas comportas de vazão da barragem de Camalaú. Cerca de 100 quilômetros de rio dividem os açudes de Camalaú e Boqueirão. Em 5 horas, a água já passou por 3 quilômetros, segundo a Aesa

A água que vai de Camalaú para Boqueirão está passando pelo Rio Paraíba. Apesar do avanço, Aesa ainda não tem uma previsão mais precisa de quando a água deve chegar ao açude de Boqueirão, por causa de uma instabilidade na vazão que chega da transposição, mas mantém a estimativa de que ela chegue até o dia 22 de abril deste ano, podendo ocorrer antes.

Segundo o presidente da Aesa, João Fernandes, por enquanto, a água está passando apenas pela comporta normal no açude de Camalaú, em uma vazão de 650 litros de água por segundo. Esta é a mesma vazão que sai atualmente do açude de Boqueirão para abastecer a população de Campina Grande e outras 18 cidades do Agreste paraibano.

Ainda de acordo com João Fernandes, nesta quinta-feira, a água da transposição do Rio São Francisco eixo leste está chegando a cidade de Monteiro em uma vazão de 3 m³ de água por segundo. Esta vazão deveria ser maior, mas foi reduzida por causa de um problema em uma das duas bombas que ficam na estação elevatória EBV-6, da transposição, no município de Sertânia, em Pernambuco.

Sobre o problema na EBV-6, João Fernandes disse que a bomba já foi reparada e está sendo instalada nesta quinta-feira (30). O Ministério da Integração Nacional informou que deve ativar a segunda bomba ainda nesta sexta-feira (31). João Fernandes disse que, com as duas bombas, a vazão liberada para Monteiro deve aumentar para 9 m³. “Acredito que na segunda-feira teremos uma certeza maior de qual dia a água chega a Boqueirão”, disse João Fernandes.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados