Responsive Ad Slot

Últimas Notícias

latest

No Mês da Mulher, mais um feminicídio é registrado em Pernambuco

Polícia investiga informações concedidas por parentes da vítima de que ela estaria grávida. Em 2016, mais de 350 mulheres foram assassinadas no Estado
Por: Portal FolhaPE  
O feminicídio foi tipicado como crime hediondo em março de 2015
Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

A quatro dias do Dia Internacional da Mulher, mais uma vítima do sexo feminino foi registrada em Pernambuco. Deise Janaína Almeida dos Santos, 28 anos, foi assassinada com uma facada na manhã deste sábado (4) no município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR). As informações são do 18º Batalhão da Polícia Militar.

Um homem com quem Deise tinha um relacionamento amoroso foi preso e encaminhado para o Departamento de Homicidios e Proteção a Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste da Capital. A polícia está investigando informações concedidas por parentes da vítima de que ela estaria grávida.

Leia mais:

Polícia investiga crime passional na morte de personal trainer, no Janga

Personal trainer é assassinada a tiros no Janga

Feminicídio: menos da metade dos casos investigados virou processo na Justiça

Estudos mostram que, desde que foi sancionada, a Lei nº 11.340/06 (Lei Maria da Penha), houve uma redução nos registros de óbitos de mulheres por morte violenta na RMR. Os números, porém, ainda são equivalentes aos de países em conflitos, como a Síria, por exemplo.

Em todo o Brasil, a taxa de feminicídio é de 4,8 para cada 100 mil mulheres - a quinta maior do mundo, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). No ano passado, foram mais de 350 mulheres assassinadas em Pernambuco. Entre março de 2015, quando o crime foi tipificado como hediondo, e novembro de 2016, foram 3.213 inquéritos de investigação registrados no país, mas apenas 1.540 (47,93%) tiveram denúncia oferecida à Justiça.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Veja também
© Todos os Direitos Reservados